Utilizar um teclado externo e outros periféricos no notebook prolonga a vida útil do aparelho e traz benefícios até mesmo para a saúde.

A grande vantagem do notebook é a sua facilidade de ser transportado e além de ser tão mais prático que um computador desktop, o notebook apresenta um ótimo processamento, principalmente os notebooks atuais que contam com muito espaço em disco para armazenamento, ótimo poder de processamento e também, muita memória RAM.

Mas quem utiliza um notebook para trabalho sabe que às vezes faz falta adicionar um teclado externo e fazendo isso as vantagens são muitas!

O primeiro benefício em usar um teclado externo para notebook está justamente no fato de evitar o desgaste no teclado do notebook e se adicionar um mouse ao aparelho, melhor ainda, pois assim você irá "poupar" o notebook, utilizando somente o teclado externo.

Para quem trabalha digitando muito, vai sentir ainda uma melhora considerável, pois erra menos, já que evita inconvenientes esbarrões no mouse pad do notebook que acontecem quando se utiliza o teclado do próprio aparelho.

Outra vantagem no teclado externo para notebook está na distância que o usuário ficará da tela, já que é preciso respeitar uma distância mínima de 40 centímetros entre o monitor e os olhos. Digitando diretamente no teclado, não há como respeitar este limite e os olhos ficam muito próximos da tela, mas com um teclado externo você conseguirá manter o notebook a uma distância razoável, não prejudicando sua visão.

E com um teclado externo em seu notebook você estará reduzindo bastante o risco de que aconteçam lesões, pois irá ficar mais confortável, evitando aquelas posições que tão prejudiciais são para nosso corpo. Com isto você não vai mais sentir dores nos ombros ou pescoço e até mesmo no braço, depois de utilizar o notebook por um tempo mais prolongado. E há periféricos que ajudam a melhorar as posições do notebook, reduzindo inclusive o risco de lesões em tendões e até em nervos.

Um dos motivos que levam as pessoas a não comprarem um teclado externo para seu notebook é o fato delas quererem economizar, mas vamos analisar por outro lado: se você utiliza o teclado de seu notebook e ele estragar, o conserto ficará muito mais caro do que se acontecer com um teclado externo.

Os benefícios são muitos, pense bem que certamente você vai querer adquirir o quanto antes um teclado externo para o seu notebook.

Por Russel

Teclado externo no notebook

Foto: Divulgação


K480 Bluetooth Multi-Device é um novo teclado, que foi lançado pela Logitech, que pode ser conectado de forma simultânea em até 3 gadgets

A Logitech lançou o "K480 Bluetooth Multi-Device" que nada mais é que um teclado, só que com um grande diferencial, pois ele pode ser conectado de forma simultânea em até 3 gadgets. O lançamento foi na Eletrolar 2015 conta com tecnologia Bluetooth para possibilitar a conexão em até 3 aparelhos ao mesmo tempo e para que o usuário possa escolher qual dos aparelhos vai receber os dados digitados. No teclado há um botão que ao ser girado, aponta a transmissão dos dados para uma das conexões feitas.

O novo teclado da Logitech pode ser utilizado com smartphones, tablets e até com computador desktop e outra grande vantagem é o fato dele ser compatível com vários sistemas operacionais, entre eles: Windows, Android, iOS e Mac OS.

Jairo Rozenblit, presidente da Logitech aqui no Brasil, informou que o objetivo da empresa ao lançar este teclado é conseguir maior comodidade para os usuários dos modernos aparelhos, uma vez que eles estão sempre alternando entre computador, tablet e smartphone.

O número de pessoas que possuem um computador, um tablet e um smartphone, ou pelo menos dois destes três aparelhos, vem crescendo muito e ter um teclado compatível com todos estes aparelhos era o sonho da grande maioria destas pessoas.

Vamos supor que a pessoa está no computador e recebe uma mensagem no smartphone pelo WhatsApp. Basta ela girar o botão apontando a conexão do teclado para o smartphone, responder a mensagem e voltar o botão para que o teclado volte a ficar conectado ao computador.

O teclado possui uma parte de encaixe que é para dar suporte aos dispositivos e pesa 820 gramas. O novo lançamento da Logitech tem 29,9 cm de largura por 19,5 cm de comprimento o que facilita o seu transporte, pois cabe até em uma mochila comum ou uma bolsa de tamanho médio.

O teclado está disponível  nas cores preta e branca e já pode ser adquirido aqui no Brasil pelo valor médio de R$ 299,00.

Um ponto que certamente não vai agradar os usuários é o fato de que o teclado usa pilhas, ao invés de baterias que poderiam ser recarregadas, como é feito com smartphones e tablets.

Por Russel

Teclado K480 Bluetooth Multi-Device

Teclado K480 Bluetooth Multi-Device

Teclado K480 Bluetooth Multi-Device

Fotos: Divulgação


Teclado virtual dará a sensação de estar digitando em um teclado físico

A Apple é uma empresa que está sempre trazendo novidades tecnológicas para o mercado, foi assim no seu início e é assim até os dias atuais. E uma das mais recentes novidades da empresa é o "toque real em teclado virtual" uma tecnologia que a empresa vem desenvolvendo, pois sabe que este mercado já vem sendo explorado pelas concorrentes e que a empresa quer sair na frente, certamente vai conseguir excelentes vendas.

O teclado virtual não é uma novidade em si, pois outras empresas já trabalham em seu desenvolvimento, mas a Apple quer mais, para a empresa o usuário precisa sentir o "toque real" ao manipular este teclado, tendo realmente a sensação ao tocar nas teclas.  

Apesar da novidade estar sendo anunciada agora, já faz alguns anos que a empresa vem trabalhando neste projeto ambicioso.

A tecnologia utilizada é a "Taptic", que permite a criação de teclas virtuais que oferecem a sensação do toque físico, quando manipuladas. O novo Macbook já conta com essa tecnologia e sempre que o usuário "clica" o trackpad, tem esta sensação do toque, ainda que não haja o movimento físico.

O mercado tecnológico está chegando a um ponto que os aparelhos não precisam se desenvolver muito mais em relação ao hardware, pois os modelos que estão no mercado atendem perfeitamente as necessidades dos usuários.

Lançar aparelhos mais poderosos, fará com que eles custem mais e definitivamente não contarão com boas vendas, pelo alto preço. O que os usuários querem agora é novidade! Podemos observar que todo lançamento sempre traz algum botão ou função nova e a realidade virtual seria a novidade mais bem-vinda no momento e que iria alavancar as vendas de todos os aparelhos, seja tablet, smartphone, relógio inteligente ou notebook.

No pedido da patente feito pela empresa, pode-se perceber que a tecnologia poderia ser incorporada em um teclado virtual que ficaria disponível na superfície do Mac, na parte metálica. O usuário iria ter a nítida sensação de ter pressionado uma tecla física, quando na verdade estaria pressionando é uma tecla virtual.

Por Russel

Teclado da Apple

Foto: Divulgação


Antes de falar especificamente do OneBoard PRO+ temos que voltar um pouco no tempo e ir lá para os anos de 1980. Nesse período os computadores eram fabricados baseados no conceito de terem um teclado embutido. Como exemplo dessa era temos o ZX Spectrum, Apple II e diversos modelos que foram produzidos pela MSX.

Pois bem, agora com a chegada  do OneBoard PRO+ esse conceito parece estar reaparecendo e isso graças a originalidade – e criatividade – de uma empresa chamada Acooo.

No meio disso podemos nos perguntar: “Por que voltar aquela coisa estranha?”. É aí que entra o “X” da questão. Atualmente a tecnologia nos permite fazer coisas que naquela época eram impossíveis.

O OneBoard PRO+ é um “dispositivo” sem fio e o atrativo é que funciona com o Android. Mas não é apenas isso.

A sua utilidade que nos apresenta um produto com dupla função também convence. Isso quer dizer que além de teclado ele pode ser usado sim como um computador portátil quando for conectado a um monitor via VGA ou HDMI. Isso porque em outras palavras ela nada mais é do que um computador Android com a forma de um teclado.

Esquisito ou não o fato é que a ideia foi interessante.

Falando um pouco do que o OneBoard PRO+ traz em seu interior podemos chamar a atenção para o processador Rockchip RK3288 que conta com quatro núcleos Cortex – A17. Além disso, temos ainda a GPU ARM Mali-T764.

Além das especificações apontadas ainda temos diversas outras como:

– Saída de áudio: HDMI e saída de fone de 3,5 mm;

– Conectividade com fio: uma porta USB para Android e uma porta USB 2.0 para mouse;

– Armazenamento interno: 16 GB e MMC flash + SD card slot up to 32GB;

– Cartão de memória: cartão SD com até 32 GB.

Algo que também não pode ficar de fora é o estilo do OneBoard PRO+. São 83 teclas completamente iluminadas nas mais variadas cores.

E já dá para comprar o OneBoard por US$ 299 o que daria algo em torno de R$ 823.

Por Denisson Soares

OneBoard PRO+

OneBoard PRO+

Fotos: Divulgação


Os usuários de diferentes tipos de plataformas já devem ter sofrido com a quantidade de periféricos de entrada, todos diferentes uns dos outros. Por exemplo, computadores e smartphones possuem teclados bem distintos (físico e touch screen), e a adaptação de um para o outro costuma levar um tempo.

A vantagem dos teclados touch screen é que eles são versáteis e podem servir para diversos fins, além de podermos configurar comandos, aplicar temas e instalar recursos. A desvantagem é a ausência de uma resposta tátil aos comandos, mas é bem provável que essa necessidade que às vezes sentimos seja devido ao costume com teclados físicos.

Se assim for, em futuras gerações, as pessoas sentirão cada vez menos falta disso, acostumando-se a telas sensíveis ao toque.

Para avançar rumo a essa realidade, vamos imaginar: e se essa tecnologia fosse aplicada aos teclados de computador? Pois bem, não é mais preciso usar a imaginação para isso, pois é essa a ideia que o grupo 101touch pretende tornar realidade, com seu projeto no Kickstarter. Eles estão arrecadando fundos para lançar um teclado para computadores que seja totalmente touch screen.

O produto tem o formato de um teclado comum, mas é espécie de tela na qual são exibidos as teclas. Mas as vantagens é que poderemos personalizar, exibir caracteres especiais, e configurar para interagir como controlador para diversas finalidades, desde softwares de edição de vídeos a jogos.

Tudo isso porque nele há uma memória interna de 16 GB, e pode-se instalar temas e aplicativos. Imagine configurar seu teclado para as funções que você desejar, sem estar limitado às teclas físicas dos teclados tradicionais.

Se a plataforma for aberta a outros desenvolvedores para criar seus apps, as possibilidades podem ser infinitas. Quem sabe, com algumas adaptações no formato, o produto também possa substituir o mouse?

O dispositivo tem 18,3 polegadas, e o projeto precisa arrecadar 180 mil libras esterlinas até a metade de Janeiro.

Por Daniel Cavalcante

Foto: divulgação


É muito comum encontrarmos pessoas nos dias de hoje que passam horas a fio na tela do computador, trabalhando ou estudando. E, você já pensou em começar a redigir e sentir aquela dor inconfortável na região do pulso? E se o teclado estiver muito duro para escrever? É uma situação extremamente indelicada, pois isso pode causar algumas lesões musculares nas regiões do antebraço. Por isso, preste bastante atenção, pois vou revelar a você o momento que o seu teclado precisa ser trocado.

Primeiramente, é importante destacar que assim como qualquer outro tipo de aparelho o teclado também possui um tempo de vida. Hoje é cada vez mais comum os modelos compactos e versáteis. Contudo, esse alto investimento precisa ser avaliado e o consumidor tem de ter alguns cuidados para não se decepcionar no curto prazo.

O teclado pode não estar em bom funcionamento devido a um líquido derramado ou até mesmo pela força com que o usuário digita. Mas, pode haver outros motivos também. Essas são apenas hipóteses. Diante disso, ao identificar a demanda por teclados de qualidade, foi criada uma empresa que atende a esse público-alvo e assim, é possível verificar os mais diversos modelos que são de marcas como HP, Dell, Acer, entre outras. Os interessados em adquirir podem acessar www.bbbaterias.com.br e verificar os diferentes modelos.

A empresa BB Baterias é especializada em dispositivos portáteis e através do site você pode obter informações sobre os tipos de baterias, diferenças de capacidade, compatibilidade, entre outros dados. Os produtos são 100% novos, testados e lacrados. Ressalte-se que você tem a garantia do produto caso não tenha ficado satisfeito com o que lhe foi proposto. E lembro, ainda, que todos vêm diretamente da fábrica com a melhor qualidade. Por isso, se você precisa de algum dispositivo portátil, entre agora em contato e a empresa irá mostrar a você o melhor conceito em tecnologia de tais dispositivos.

Por Luciana Viturino

Teclado

Foto: Divulgação


Com uma infinidade de marcas, modelos e design de teclados, não é fácil definir qual o melhor modelo que você deve levar para casa. Isso depende da utilidade do seu periférico; para cada tipo de usuário, um tipo de teclado. Tentamos resumir aqui alguns conselhos que nortearão você na compra do seu teclado.

Teclados leves e planos: Prefira teclados leves e silenciosos (há alguns que emitem sons ao pressionar as teclas) – seja qual for a utilidade, esta é a melhor opção. Também, escolha teclados planos, tendo em vista que isso exigirá menos esforço na hora de usar as teclas (tanto na digitação, quanto em jogos, entre outros aspectos).

Design simples: Quanto mais simples for o modelo, melhor a sua produtividade. Muitas vezes a estética é bonita, mas a funcionalidade deve ser prioridade na escolha do melhor teclado. Teclado deve ser simples, prático e agradável de trabalhar.

Teclado numérico destacável: Se esse tipo de teclado é destacável, fica mais fácil na hora de trabalhar com números, principalmente se você trabalha bastante com números em planilhas eletrônicas. Tecnicamente é muito mais difícil, por exemplo, trabalhar nos notebooks, pois esses teclados são integrados, com relação às outras teclas. Os teclados de desktops saem na frente, nestes casos.

Botões de programação de funções: Algumas funções têm suas teclas exclusivas, pelo menos nos desktops essas teclas são mais presentes (isto é até óbvio, por questão de espaço). Por exemplo, temos as funções de stand-by, desligar e captura da área de trabalho.

Teclados com e sem fio: Depende de cada tipo de usuário. Por exemplo, se você utiliza a máquina para jogar, é melhor que esse teclado seja com fio, já que você emprega muitas teclas simultaneamente em algumas ações. Se você é daquele tipo prático, vai optar pelo teclado sem fio (é aconselhável para todos os usuários, exceto o primeiro aqui mencionado). Talvez a única desvantagem do teclado sem fio seja a utilização de baterias.

Após analisar esses itens na escolha de seu teclado, você já pode comprar o seu periférico. Nunca compre por compulsão, ou só porque é “bonitinho”, pois poderá se arrepender depois. Pode ser caro um produto, mas se ele for de boa qualidade, isto valerá a pena. É igualmente importante cuidar do seu teclado, para que ele tenha uma duração significativa.

Por Cristiane Gusmão

como escolher o melhor teclado

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: