Software possui interface simples e promete agradar bastante os gamers de plantão.

De nada adianta você ser um bom jogador e possuir pessoas de talento te apoiando em um determinado jogo online caso o seu próprio time não consiga realizar uma boa comunicação. Equipes que possuem poucos recursos acabam muitas vezes conseguindo bater outros times superiores, pelo simples fato de conseguir conversar bem e ter suas táticas coordenadas tanto de defesa quanto de ataque.

Sendo assim, é melhor ter softwares com grande qualidade no momento de contatar sua equipe pela rede. Ainda são usadas as opções como TeamSpeak e Skype por diversas pessoas com tal objetivo, porém, um software chamado Curse Voice está conquistando seus espaço e parece ser mais apropriado para os jogadores online.

Possui Interface acessível

Recentemente seus desenvolvedores modificaram a interface do Curse ficando ainda mais bonita e ainda sem exigir muitos recursos de seu computador. Por meio de um clique único você consegue iniciar uma chamada de voz, conferir lista de amigos online e iniciar conversas através do chat.

A aplicação permite também o acesso rápido aos textos que possuem detalhes com relação as suas atualizações recentes e certas dicas referentes a jogos que possam lhe interessar. Além disso, o mesmo ainda aponta de forma simples quais foram os perfis que você conectou ao sistema e também apresenta contatos que talvez o usuário conheça e queira adicionar.

Recompensas nos jogos

Uma das maneiras que seus desenvolvedores acharam para conseguir chamar a atenção dos outros jogadores foi através de parcerias firmadas com desenvolvedoras de games. Já pode ser visto o primeiro resultado de um acordo realizado em Smite, que oferta skins e gemas extras para os que fizerem certa partidas utilizando o Curse Voice.

Os itens que são ofertados possuem características estéticas e não acabam desequilibrando o jogo, o que pode ser visto com bons olhos. Apesar de ainda não existir qualquer outro título que ofereça benefícios parecidos, acredita que será ampliado este sistema de recompensas muito em breve, isto é, você pode ser recompensado por utilizar o software e ainda acaba não pagando nada por isso.

Se você joga na rede, comece a fazer uso do Curse Voice e tenha acesso a esses benefícios.

FILIPE R SILVA


Software inova ao ser compatível com a Língua Portuguesa.

O Data Bucket STT trata-se de uma API voltada exclusivamente para quem deseja fazer a transcrição de áudio para texto. O melhor de tudo é que ao contrário de outros programas já conhecidos no mercado, o Bucket faz essa transcrição para o nosso português. O software vai além desse recurso básico. Ele possibilita, por exemplo, o auxílio no trabalho com projetos, já que conta com módulos de indexação com o objetivo de facilitar a união de banco de dados com aplicações, a exemplo do Lotus Notes, Documentum ou Sharepoint. Além disso, ele também pode fazer comparações de textos e OCR.

O Data Bucket STT foi criado pela E-Storage. O programa trabalha basicamente com gamas de lotes de dados já pré-definidos ou ainda com dados em tempo real. Ele pode ser perfeitamente utilizado, por exemplo, para fazer closed caption. Uma curiosidade é o fato de ele permitir que o usuário navegue pelo vídeo usando apenas o texto e a calibragem da transcrição feita por injeção de texto. Essa funcionalidade, apesar de parecer simples, é muito útil uma vez que garantirá uma maior confiabilidade no momento de se fazer a transcrição para texto.

Softwares dessa espécie, ainda mais quando contam com suporte para o português brasileiro, merecem um destaque. Basta lembrarmos do fato que grande parte do conhecimento, informações e dados relevantes, em especial no mercado profissional, ainda carregam o “pecado” de serem em sua maioria desenvolvidos em áudio. Seja pela segurança ou pela simples comodidade para a reprodução e distribuição aos interessados.

Levando isso em consideração, os desenvolvedores do Bucket STT deixaram claro que o programa foi criado com a finalidade de ser uma ferramenta com o foco para os ambientes corporativos. Um dos principais pontos que justificam isso é o fato de que nesses setores há uma grande demanda de conteúdo que podem e às vezes precisam ser transcritos.

O Bucket STT deve conseguir muitos adeptos que necessitam de um software assim com uma relativa qualidade e uma boa gama de aplicações. Um dos grandes atrativos é a possibilidade de ser incorporado em qualquer tipo de aplicação. A calibragem por texto, por exemplo, dispensa até mesmo um possível treinamento para o locutor. Além disso, ele ainda conta com uma customização que amplia ainda mais os setores onde pode ser usado, tais como vocabulários específicos para uso no setor jurídico, científico e até médico.

Já a comercialização do Data Bucket STT é feita em dois tipos de formatos. Há a opção dele ser instalado dentro de um servidor Linux do próprio cliente. Ou poderá ser usado como serviço, nesse caso, o cliente deverá pagar por período de uso da ferramenta.

Para fechar ainda temos algumas dicas para você que costuma usar muito smartphones com o Android ou iOS. Nesses casos, há alguns aplicativos bem populares como Dragon Dictation, Google Keyboard e o Speech To Text Notepad. Com eles é possível, além da transcrição, gravar aulas, mandar o áudio por email e mensagens em muitas redes sociais como o WhatsApp, Twitter e Facebook.

Fica a dica!

Por Denisson Soares


Confira aqui o que fazer para usar o Windows Photo Viewer no Windows 10.

O aplicativo de foto oficial do Windows 10 não vem se mostrando como um recurso muito popular entre os usuários da Microsoft. O antigo Windows Photo Viewer é considerado melhor que Foto for Windows 10 atual, então seria possível obter o Photo Viewer de volta?

O aplicativo Fotos for Windows 10 vem com vários recursos, ele é capaz de classificar automaticamente suas fotos em álbuns, também vem com ferramentas de edição de imagem para melhorar e aumentar suas fotografias. Mesmo assim não parece fazer sucesso. Alguns usuários do Windows 10 ainda preferem o antigo Windows Photo Viewer. Caso você seja uma destas pessoas, saiba que será possível reutiliza-lo.

Se você atualizou seu computador a partir do sistema Windows 7 ou Windows 8.1 operacional, o Windows Photo Viewer pode ainda estar escondido fora da vista no computador depois de ter sido trocado pelo aplicativo Photos.

Uma maneira de verificar se você ainda tem o Windows Photo Viewer é através do botão direito do mouse em um arquivo de foto, selecione o comando Abrir no menu contextual e verifique se o Windows Photo Viewer está na lista de programas para usar em vez do aplicativo padrão. Se estiver disponível, você poderá usá-lo para abrir o arquivo neste momento ou ir para a área de sistema no Windows 10 em aplicativos, Configurações e selecionar Windows Photo Viewer como aplicativo padrão para fotos.

Se você instalou uma nova versão do Windows 10 no computador e não fez o upgrade de uma versão mais antiga do Windows, o Windows Photo Viewer não estará disponível e desta forma ficará mais difícil de obter o aplicativo. Vários sites direcionados para Windows publicam instruções para restaurar o Windows Photo Viewer em seu computador, mas para isso você precisa alterar seu Registro do Windows. A partir deste ponto, caso queira se arriscar a recomendação é fazer um backup do sistema no caso de haver erros. Se mesmo assim desejar proceder os sites informam que você estará a seu próprio risco, sem garantia de sucesso.

Mas se você decidir seguir em frente sem o Windows Photo Viewer, a loja de aplicativos da Microsoft Windows tem vários programas de edição de imagem, incluindo o Fhotoroom e o Adobe Photoshop Express, que estão livres e com algumas extensões pagas para recursos adicionais. Se você preferir um programa de foto viewer mais ágil, poderíamos recomendar aplicativos como o XnView, Imagine Picture Viewer, IrfanView e FastStone Visualizador de Imagens, todos tipicamente usados para abrir e ver imagens em uma ampla variedade de formatos de arquivo.

Roberto Linck Pontes


Nesta quinta-feira, dia 13 de dezembro de 2012, o IBGE apresentou pesquisa sobre o uso de softwares pelas microempresas do Brasil.

Segundo o estudo no ano de 2010 cerca de 48,3% destas empresas usavam softwares livres e 96,6% das microempresas utilizam programa já prontos para uso.

Além disso, apenas 3,3% destas pequenas empresas criaram seus próprios programas sendo que este percentual sobe para apenas 8,5% em empresas com maior porte.

Ao considerar o uso de tecnologias, no ano de 2010 cerca de 78% das microempresas utilizaram computador em suas atividades e 73,7% fizeram uso da internet para atender às demandas do trabalho.

Por Ana Camila Neves Morais


A semana do dia 10 de dezembro de 2012 promete muitas novidades no mundo eletrônico a começar pela atualização de diversos programas da Microsoft.

Nesta leva serão feitas 07 mudanças nas versões de diversas extensões dos programas Office, Exchange Server, Windows e Office Web Apps integrantes da Microsoft.

Estas atualizações serão feitas na famosa Patch Tuesday com o objetivo de resolver pontos fracos nestes programas e melhorar o seu desempenho em computadores e dispositivos móveis.

Por Ana Camila Neves Morais


Spotify é um programa que, atualmente, é considerado o melhor serviço de streaming do mundo.

Trata-se de uma rede de músicas que disponibiliza muito conteúdo online, sendo que qualquer música lançada na indústria internacional está disponível na rede do programa. Mas ele é limitado por questões legais e só pode ser acessado de sete locais: Espanha, Finlândia, França, Holanda, Noruega, Reino Unido e Suécia.

De acordo com o Daily Mail, Sean Parker, dono do Spotify, afirmou que o programa tem tudo para superar o iTunes em dois anos se mantiver a taxa de crescimento atual.

Sean iniciou a vida no ramo quando atuou no Napster, e para ele “O iTunes hoje é muito lento”. Atualmente, o empresário já investiu cerca de US$ 15 milhões da sua estimativa de US$ 2 bilhões no seu novo bebê, o programa de serviço de streaming Spotify.

Sean Parker já foi consultor e também diretor do Facebook, e atualmente conquistou o número expressivo de 10 milhões de usuários para o streaming de músicas, coincidentemente após fazer uma parceria entre Spotify e o próprio Facebook.

Esse programa não está disponível no Brasil.

Por Guilherme Marcon


Armazenar os arquivos de seu computador em um drive virtual não é novidade. Porém, além de ser um serviço demorado, qualquer dano causado ao servidor onde você confiou seus dados pode prejudicá-lo. Por esse motivo, muitas pessoas que utilizam o sistema de drive virtual tendem a criar contas em mais de um servidor, o que faz com que percam ainda mais tempo.

Diferente de um drive virtual, o Bdrive possibilita que você acesse as pastas de seu computador de qualquer outro dispositivo online, sem correr o risco de comprometer seus arquivos.

O serviço funciona da seguinte maneira: no site da Bdrive você baixa e depois instala um programa servidor no computador em que deseja ter acesso ao conteúdo. Depois, você escolhe os outros equipamentos como tablets e netbools que terão direito a acessar esse conteúdo e instala neles o programa cliente. Depois, basta você cadastrar no programa servidor  as pastas que poderão ser acessadas. 

Assim, só os dispositivos em que você instalou o programa cliente tem acesso ao conteúdo do seu computador, o que exclui os riscos de outros serviços como o drive virtual, onde um ataque hacker ao servidor  pode afetar e comprometer seus arquivos. Além disso, você economiza tempo por não precisar transferir seus dados para um servidor.

Por Davi Pizelli





CONTINUE NAVEGANDO: