Aparelhos contam com processador dual-core e tela touchscreen. Preços variam de 5.999 a 7.999 rupias indianas.

A DataWind é conhecida mundialmente por fabricar dispositivos eletrônicos e distribuí-los em países em desenvolvimento. No início do mês, a empresa anunciou o lançamento de dois Netbooks de 7” e 10” com preço de lançamento de 5.999 e 7.999 rupias indianas, respectivamente.

O Netbook DroidSurfer 10” conta com tela sensível ao toque e resolução de 1024×600 pixels, além de sistema operacional Android 4.4.2 KitKat, processador Cortex A9 dual core de 1.6 Ghz e 1 GB de memória RAM.

Já o modelo de 7 polegadas conta com ecrã tátil com resolução máxima de 800×600 pixels, sistema operacional Android 4.4.2  e o mesmo processador utilizado no modelo de 10 polegadas. No entanto, o dispositivo possui apenas 512 MB de RAM.

Em geral, a grande diferença de ambos os dispositivos está no tamanho e resolução da tela, além da capacidade de armazenamento interno, que conta com 4 GB ou 8 GB, expansível por meio de cartão MicroSD. É possível acoplar mouse, teclado, disco rígido externo e pendrive por meio de conexão USB.

Ambos os modelos contam com conexão Wi-Fi e suporte ao Wi-Fi Hotspot, que permite ao usuário compartilhar sua rede com outros dispositivos por meio de conexão sem fio. Além disso, os modelos contam com câmera frontal de qualidade e bateria de boa duração com capacidade de 4000 mAh.

Os modelos estarão disponíveis através de diversas lojas do varejo indiano ainda esse ano. Além disso, os dispositivos chegarão ao mercado com acesso à internet gratuita e ilimitada por um ano.

O navegador utilizado em ambos os dispositivos é UbiSurfer, o qual não é capaz de reproduzir streaming de vídeos, áudio e realizar download. A DataWind adverte que o usuário que desejar liberar esses recursos deve contratar planos de internet separados, especificamente para isso.

Segundo a DataWind, toda criança tem direito a tecnologia, educação e informação, independente de seu nível social. E é exatamente por esse motivo que a empresa lançou seus portáteis na Índia, que possui a segunda maior população mundial.

Vale lembrar que a DataWind foi pioneira no lançamento de dispositivos móveis de baixo custo. Em 2012 a empresa lançou seu primeiro tablet, o Aakash, que podia ser encontrado com preço entre 35 e 45 dólares.

Além dos modelos de netbook, a empresa lançou no mês passado dois smartphones de entrada no mercado indiano: O  PocketSurfer 2G4X e o PocketSurfer 3G4Z, com preço de 2499 e 3999 rupias indianas, respectivamente.

Por Wendel George Peripato


Os netbooks foram uma febre quando lançados. Hoje se tornaram um problema aos proprietários. Primeiro porque costumam dar muitos problemas depois de um certo tempo de uso. E isso não é conversa fiada de 1 ou 2 clientes insatisfeitos.

Eles foram projetados para serem mais simples de carregar e para ocupar menos espaço. Para isso tiveram que ter seu hardware diminuído numa experiência que não deu muito certo. Alguns modelos, como os da Asus, até que se saíram bem, porém a maioria não.

Para começar, um dos problemas que eles começam a ter logo depois de alguns meses de uso é travar devido ao aquecimento e uma engenharia mal pensada de resfriamento. Eles travam. Só voltam a funcionar depois de certo tempo de deligados quando já esfriaram. Modo certo de usar? Numa câmara fria ou na frente do ar condicionado.

Depois vem o teclado, que já é ruim porque é muito pequeno. Eles adoram dar problema, porque os flats (cabos) que são ligados na placa mãe simplesmente são frágeis e se quebram com facilidade. A manutenção não é tão simples e geralmente custa caro.

Muitos técnicos têm ojeriza daqueles aparelhos e simplesmente negam pegar para realizar manutenção.

Abrir é complicado e a estrutura é muito frágil. Piora de modelo para modelo. E hoje estão desvalorizados. Vemos anúncios diversos com preços entre R$ 150,00 e R$ 300,00.

Vender é tarefa difícil, pois os tablets e smartphones estão ganhando mercado a cada dia, pelo custo benefício que têm perto de um netbook. Não possuem espaço suficiente de armazenamento e geralmente a memória é fraca, fazendo com que o uso simultâneo de muitos aplicativos também os façam travar. Não tem leitor de DVD e pouca entrada USB. O jeito é usar uma coisa de cada vez e com paciência.

Não adianta jogá-lo no chão. Pode ser pior. A dica é: use-o até o limite de suas forças, explore ao máximo suas potencialidades e depois aposente-o, ou use de peso para papel.

Por Luciana Viturino

Netbooks

Netbooks

Netbooks

Fotos: Divulgação


Quando pensamos em um notebook que apresenta um desempenho de ponta não podemos esquecer-nos do MacBook Air da Apple.

Um notebook que para aqueles acostumados em ficar horas e horas trabalhando, estudando ou senão curtindo os mais diversos tipos de sites chega a ser indispensável, pois consegue manter uma capacidade de bateria superior aos modelos convencionais apresentados no mercado.

O MacBook Air apresenta dois tipos diferentes de modelos nos quais um possui 11 polegadas e outro tem 13 polegadas, mas que tem uma bateria com duração de até 9 horas e também de 12 horas respectivamente. Outro ponto interessante é que esses dois modelos conseguem reproduzir de filmes através do já conhecido iTunes em um período que vai de 8 horas para o primeiro modelo, enquanto que o outro faz o mesmo processo por 10 horas.

Notebooks.

Outro item que não deve ser deixado de lado é o processador que fica por conta do Intel Core i5 e também do i7 de quarta geração que faz com que a parte gráfica fique com uma performance 40% mais rápida dos padrões normais.

Quando reunimos bateria com maior durabilidade, um processador de alto desempenho não podemos esquecer o Wi-fi e no caso do notebook ele acaba operando com a tecnologia Wi-fi 802.11 ac que produz um desempenho do wireless três vezes superior ao que foi utilizado pelo modelos anteriores e que também consegue ser eficiente também quando comparamos o acesso ao Bluetooth.

Podemos verificar que outro ponto interessante é referente ao tipo de armazenamento que agora é em flash, no qual consegue ser 9 vezes mais rápido que um simples disco rígido de  5400 rpm e que podemos encontrar disponível com uma capacidade que dependendo do modelo pode chegar até 512GB, além de também apresentar nesse mesmo tipo de armazenamento uma rapidez 45% superior aos modelos anteriores de MacBooks.

Thunderbolt, USB 3, monitor, câmera, microfones e outros itens tornam esse um dos melhores notebooks do mercado e para obter maiores informações a respeito acesse o site http://www.apple.com/


Normalmente algumas pessoas demonstram um certo desprezo pelos netbooks. Dizem que eles não têm muita eficiência, reclamam da dificuldade de leitura durante a navegação na internet, etc.

O fato é que a funcionalidade dele é relativa, ou seja, tudo depende do objetivo de quem deseja utilizá-lo.

Geralmente a configuração para esses modelos é composta de processador de 1,6GHz com 1 GB de memória RAM, utilizando um chipset Intel 945 e o sistema operacional Windows XP. Percebe-se que não são itens que o tornam uma máquina fantástica, mas fazem dele o suficiente dependendo da finalidade para a qual ele será utilizado.

Rodar games para PC, criar vídeos de 1080p linhas ou editar imagens são funções ainda não disponíveis para os netbooks.

Em um futuro muito próximo podemos contar com melhorias nesse aspecto, já que há rumores de que a AMD vai criar um chip móvel, o processador NEO, e a NVIDIA deve lançar sua plataforma de placas gráficas íon. Essas duas novidades virão para acelerar de forma significativa o desempenho desses compactos computadores portáteis.

Quanto à resolução e tamanho da tela já existem modelos maiores com 8 polegadas e 800 pixels de resolução, diferentes do Asus Eee PC, o primeiro netbook lançado que tinha 7 polegadas.

Em sua maioria os netbooks possuem configuração de 1024 por 600 pixels, que é o suficiente para que a maioria dos softwares funcione bem, porém existem softwares que pedem uma configuração diferenciada e por isso é necessário, no momento da escolha do modelo, levar em consideração que tipo de aplicativo se pretende executar e ver se o mesmo possui suporte para isso.


Depois de parar a produção dos tablets Streak 7 e Streak 5, a Dell agora está no caminho para parar com a produção da linha de netbooks Mini.

Enquanto os usuários procuravam por um dispositivo de 10 polegadas na loja virtual da empresa, nenhum dispositivo era exibido.

Na lista de netbooks, apenas o Latitude aparecia e em sua página trazia à tona uma variedade de mensagens informando aos usuários que a Dell não irá mais produzir netbooks novos.

Outros dispositivos que são mostrados como não disponíveis na loja da Companhia são: Inspiron Duo (um híbrido entre tablet e notebook), bem como todos os netbooks de 10 polegadas.

No entanto, o netbook Inspiron 11z está disponível, porém com sua tela de 14 polegadas, ele já pode ser considerado um notebook. A Companhia estadunidense também está oferecendo netbooks para os clientes empresariais, como o chamado de Latitude 2120, porém eles estão disponíveis a um preço muito alto (cerca de US$ 470).

Com a parada da produção do netbooks, a Dell também deve lançar uma nova linha de laptops, com base na plataforma da Intel Ultrabook. Então, os amantes dos leves e compactos netbooks da Dell terão que se contentar com os convencionais Notebooks, ou então aguardar até o lançamento de um Ultrabook.

Por Junior Beluzzo


O iPad já substitui os netbooks como gadget mais quente da tecnologia. A queda do netbook vem acontecendo há pouco tempo, desde que a Apple lançou seu tablet em abril de 2010, especialistas em tecnologia têm alertado para a morte do netbook.

Em janeiro, a fabricante de computadores Acer anunciou que vai eliminar gradualmente os seus netbooks e lançar, ainda no primeiro semestre de 2011, seu tablet em versões de 7 e 10 polegas, com sistema Android e chips Intel.

Quando o netbook foi introduzido no mercado em 2009, 7,5 milhões de unidades foram vendidas só nos Estados Unidos e 34 milhões no mundo inteiro. As vendas começaram a cair em 2010. Durante o Natal recente, as vendas de netbooks no varejo caíram 38% em comparação ao ano anterior.

A queda dos netbooks na preferência se deve por causa da capacidade e facilidade dos iPads nos serviços de busca e e-mail, duas das funções mais populares nos netbooks. Segundo estudo realizado por um monitor do mercado, mais de 90% dos proprietários de tablet usam prioritariamente serviços de busca e de e-mail em seus dispositivos.

Por A. Garcia

Fonte: All Headline News


A Asustek continuará a fabricar seus netbooks sem medo de ter poucas vendas devido a grande procura pelos tablets. A empresa tem a confiança em vender seus aparelhos, e a expectativa para a comercialização é que se mostrem em uma quantidade estável esse ano de 2011.

Segundo o gerente geral da empresa, os tablets e os netbooks são para diferentes clientes, e são produtos que ainda rendem bastante dinheiro.

A empresa ainda pretende vender 6 milhões de netbooks até o final deste ano, ou seja, a mesma quantidade vendida em 2010. O primeiro tablet da Asus, ainda sem nome, vai ser lançado em março e vem com o sistema operacional Android 3.0 feito pela Google.

Por Oscar Ariel


Funcional, fino, elegante e atualmente o máximo em sofisticação e tecnologia, os Tablets chegaram com força total ao mercado de tecnologia e o sucesso do Ipad da Apple vai alavancar as vendas deste novo aparelho, que como todos os aparelhos tecnológicos se tornará indispensável principalmente por sua funcionalidade.

De acordo com recente pesquisa da Consultoria Gartner as vendas destas maquininhas fantásticas devem alcançar a marca de 19,5 milhões de aparelhos vendidos neste ano de 2010. E o sucesso, segundo as previsões, deverá se estender pelos próximos anos, pois para 2011 deverão ser vendidas, de acordo com as estimativas, 54,8 milhões de unidades. Atualmente o grande mercado consumidor é a América do Norte, responsável por 61% das vendas de tablets em 2010. Com a disseminação dos aparelhos pelo resto do mundo, conforme as estimativas da consultoria, a participação da América do Norte caia para 43%, ou seja, mesmo assim alcançando quase a metade dos tablets a serem vendidos no mundo.

Segundo os especialistas da Gartner o fato de reunir em um só aparelho uma série de aplicações que hoje são executadas por outros dispositivos eletrônicos como games portáteis, tocadores de vídeo e música e e-readers fará com que os tablets ganhem cada vez mais espaço por trazer a funcionalidade e a rapidez de todas as aplicações em um só aparelho eletrônico. Ainda de acordo com a Consultoria Gartner os netbooks serão os atuais aparelhos que mais perderão espaço com a queda do preço médio dos tablets, o que deverá ocorrer nos próximos dois anos.

Por Mauro Câmara

Fonte: Tecnologia IG


O fim deste ano está reservado para lançamentos de novos notebooks e netbooks da Samsung. Os aparelhos da marca que foram apresentados na IFA 2010, na cidade de Berlim, têm previsão de chegada nas lojas para o mês de outubro.

A primeira linha a ser lança é a série Shark. Ela obtém este nome devido a sua estrutura curvilínea de seus equipamentos. Desta linha serão dois modelos, o netbook NF-210 e um notebook SF-210.

Este último tem acabamento em prata ou marfim, e apresenta processadores Intel Core i3 ou i5, tela de 14 polegadas, 4 GB de RAM, 500 GB ou ainda 640 GB de disco rígido e a plataforma Windows 7 Home Premium. Já o netbook apresenta uma nova geração do processador Intel Atom N455, conexão Wi-Fi, Bluetooh 3.0 e tela de 10,1”. A sua configuração traz modelos com 2 GB de RAM, 320 GB de HD ou 1GB de RAM e 250 GB de HD. O custo deve ser R$1.199,00.

Por Oscar Ariel


A Associação de consumidores Pro Teste avaliou modelos de netbooks de várias marcas existentes no mercado e constatou que o segmento pode ter pouca utilidade para o consumidor. Segundo eles, os equipamentos tem muitas limitações de memória e performance e conectividade, e são indicados apenas para uso eventual. Principalmente em viagens, quando não é possível levar um notebook, por exemplo.

No entanto, o que mais me chamou a atenção no teste foram os problemas enfrentados com a Dell, uma das maiores fabricantes de computadores do mundo. O modelo encomendado pela internet apresentou problemas, incluindo um erro na configuração. A empresa havia encomendado um modelo com Windows 7 e recebeu com o Windows XP instalado. Outro detalhe: a entrega demorou 30 dias.

Apesar do resultado negativos nos testes, nem tudo está perdido. Com um pouco de pesquisa dá para comprar um bom modelo de netbook. Os modelos da Sony Vaio, por exemplo, são mais caros, mas costuma ter configurações superiores.

Por Maximiliano da Rosa


Imagine poder comprar um netbook por apenas 67 reais. Por incrível que pareça isso existe. E está à venda no Ebay. É claro que para conseguir um valor equivalente ao de um smartphone as configurações não são muitos superiores. Na verdade, dependendo do modelo, há smartphones com mais memória e processador bem mais rápido.

Rodando o sistema Windows CE, o laptop tem tela de 7 polegadas, trabalha com um processador ARM de 300 Mhz, conta apenas 128kb de memória RAM e HD de 2GB. Apesar do desempenho limitado, o laptop tem quase todas as conexões encontradas em qualquer netbook. São duas portas USB, sendo uma 2.0 e outra 1.1, além de conexão de rede, entradas para microfone e fone de ouvido e wi-fi.

Para quem se interessar, o Ebay aceita pagamento via Paypal (é preciso ter um cartão de crédito internacional).

Mas o site Wired alerta que o produto é originário de Hong Kong, e pode conter peças que não passaram no controle de qualidade.

Por Maximiliano da Rosa


A primeira coisa que dá para dizer desse netbook da Asus é que não se trata de mais um modelo com aquela configuração padrão. Ou seja: Intel Atom N270 de 1.6 Ghz, HD de 80 ou 160GB, memória RAM de 1GB, tela de 10 polegadas.

Na verdade, esse EeePc é até um pouco inferior a outros modelos, se levarmos em conta apenas o clock do processador, pois o Atom Z520 tem velocidade de apenas 1.3 Ghz. No entanto o que perde-se em desempenho ganha-se em autonomia da bateria devido á voltagem mais baixa do processador.

Outra diferença do Seashell em relação a seus congêneres está no teclado, muito mais espaçoso, e no tamanho da tela, de 12 polegadas, o que torna a tarefa de assistir filmes bem agradável. Não só o tamanho do vídeo é maior, como a performance da placa de vídeo é capaz de rodar vídeo (com ressalvas) em Full HD.

O Asus EeePC 1201HA Seashell é pequeno, leve e tem bom acabamento. Ideal para quem pode pagar um pouco mais caro e deseja sair da mesmice dos netbooks padrão.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Zumo Blog


Quem anda por aqui regularmente já deve ter lido alguns dos meus posts falando dos netbooks, esses computadores ultraportáteis. E já deve saber que eles tem suas limitações, sendo indicados para quem precisa realizar tarefas básicas como escrever, ler e-mails, navegar na internet, estudar.

Atualmente há uma chuva de modelos nas lojas, e todos são mais ou menos iguais, sendo baseados no mesmo chip da intel, o Atom N270. Pois bem, navegando pela internet esta semana, encontrei uma oferta muito boa. Trata-se de um netbook Acer por apenas R$ 699,00. Não resisti, comprei.

Quem leu minhas matérias anteriores sabe que pode encontrar preços até mais baixos, mas são de marcas não confiáveis, principalmente vindas da China. E nunca é demais lembrar: esse netbook não vem com leitor de CD/DVD, o HD tem apenas 8GB, tem 512MB de RAM, e o sistema é o Linux.

Por Maximiliano da Rosa


O Netbook é uma boa escolha?

A pergunta é:  Qual é a sua necessidade?

Se você precisa de uma máquina para poder se conectar na internet e usar o pacote office. Para estudar ou trabalhar, ver e-mails, acessar as redes sóciais como orkut, twitter e blogs além de realizar pesquisas na internet, desenvolver textos e guardar arquivos e fotos.

Então, o ideal para você é um ultraportátil, que em geral pesa 1 kg cabe em mochilas e bolsas, da para levar para qualquer lugar, são mais baratos e costumam ter recursos embutidos como a webcam.

Agora se você quer jogar jogos pesados que exijam muita memória e placa de vídeo, trabalhe com hardware avançado e precise de bateria com alta durabilidade, não é ideal a compra de um minibook.

Para você que se identificou com o netbook, a indicação é para o mini 10 da Dell, oferece mobilidade com modem 3G, produtividade com HD 160GB e memória de 2 GB.


Vaio X111KB – Netbook metido

Sim, metido. Ou eu que enxerguei errado. Afinal seu preço gira em torno R$ 7.000, 00. Não, não trata-se de um automóvel popular. Nem de uma Scooter. Estou falando de um netbook com processador Atom de 1,6 Ghz, 2GB de RAM, e disco SSD de 128GB rodando o Windows 7 Home Premium. Tudo bem que é um Sony. Que ele pese menos de 800 gramas. Que seu design seja muito bonito. Que seja considerado o notebook mais fino do mundo.

E daí? Basta uma navegada rápida pela internet para descobrir que há equipamentos com configuração muito mais avançada e que custam um terço do preço. E não é nem preciso citar a concorrência. A própria Sony tem à venda em várias lojas, virtuais ou não, um dúzia de modelos com configurações superiores e preços abaixo de R$ 2.000.

Ah, mais uma coisa. Trata-se de um notebook ou de um netbook? Segundo a revista INFO de Março (vide página 115) é um netbook. Já no site da Saraiva o equipamento é vendido como sendo um notebook. Afinal, quem está certo?

Por Maximiliano da Rosa


Parceria HP e Tim

Na compra do Netbook HP Mini 3G 1150BR com modem 3G integrado nas lojas Tim ou virtual Tim você ganha até R$400 reais  de desconto. Também ganha desconto os clientes que tiverem o Tim Web ilimitado, por mais de 10 meses.

O mini notebook tem modem 3G interno, processador Atom de 1,6 GHz, 1 GB de RAM, HD de 80 GB, tela de 10,1 (1024 x 600), Wi-Fi, Bluetooth, Ethernet e 2 portas USB, designer simples com vantagem no tamanho da máquina pois  proporciona facilidade de transportar para qualquer lugar.

O netbook custa R$1799,00  mas com a parceria HP e Tim o cliente pode comprar por R$1.399,00 e dividir em até 10 vezes sem juros. Vale a pena comprar um netbook quem não precisa usar muitos recursos, ou seja,  ele serve para quem  não necessita de aplicativos pesados bastando apenas  ter acesso a internet e utilizar os programas da Microsoft Office.


Os notebooks surgiram para facilitar nossas vidas de forma compacta, portátil e com as mesmas funcionalidades de um desktop, mas é necessário avaliar a sua necessidade particular e opção de manuseio, uma vez que os custos podem ser equivalentes.

E qual a melhor opção de escolha quando se têm outras modernidades tecnológicas no mercado? Além dos SmartPhones, Mobile Internet Device (MID) temos os Netbooks e nessa situação devemos avaliar os prós e contras de sua aquisição. Uma das principais vantagens em adquirir um Netbook é com relação ao peso e o tamanho. Eles pesam  em torno de 900 gramas a 1,5kg e podem ser carregados com mais tranquilidade nas bolsas e pastas, diferente dos Notebooks que pesam em média 2,5 a 3kg e necessitam de uma atenção maior na hora de transportá-los.

Mas quando o assunto é o bolso, as opiniões podem ser diferentes. No mercado brasileiro, o custo de um Net não apresenta tanta vantagem com relação ao Note e, além disso, o primeiro aparelho não apresenta um hardware tão potente e completo quanto o segundo e também não possui drive de CDs e DVDs. Sendo assim, é necessário avaliar sua necessidade e interesse pelos modelos portáteis existentes no mercado e boa sorte na sua escolha.


AMD, fabricante de processadores e rival da Intel, liberou algumas informações sobre seu novo produto: o AMD Fusion, também chamado de Llano.

A versão melhorada do Phenom II tem previsão para chegar ao mercado apenas em 2011, mas já vem despertando a cobiça de vários consumidores.

O processador terá quatro núcleos. Três serão dedicados à CPU (Unidade de Processamento Central) e um exclusivo para a GPU (Unidade de Processamento Gráfico). A velocidade do processador pode chegar a 3 GHz, uma ótima marca.

Para dar show no processamento de gráficos, o AMD Fusion traz suporte ao DirectX 11, presente na maioria dos games de última geração. Com foco no usuário comum, o Fusion pretende equipar os computadores domésticos, principalmente a nova leva de netbooks.

No entanto, uma versão para Desktops mais modestos também será lançada.

Por Camila Porto de Camargo





CONTINUE NAVEGANDO: