Tudo se centraliza nela. Tudo é conectado e todos os pulsos elétricos circulam por ali. Neste artigo iremos nos aprofundar um pouco na placa mãe.

Muitos associam este importante item de hardware apenas aos tradicionais PCs, porém ela está presente em todos equipamentos eletrônicos, sendo ele que conecta todos os demais itens e dispositivos dos equipamentos.

Dentro de um PC tradicional, temos itens como HD (Hard Disk, responsável pelo armazenamento dos dados) conectados nela. Temo a fonte de energia, que recebe a energia alternada da tomada e transforma na corrente continua necessária ao funcionamento de cada item de hardware do computador. Na placa mãe ainda é conectado o processador, o cérebro de qualquer equipamento. Ainda encontramos a memória, que serve para exibir, através da tela, tudo o que é processado no computador. Na placa mãe ainda são conectados todos os demais dispositivos, través das entradas USB que ficam na placa mãe. Saídas de som, vídeo e dispositivos de CD/DVD também são conectados nesse indispensável item de hardware. Em ela não existe equipamento. Por isso a importância de termos em nosso equipamento uma placa mãe de qualidade. Não adianta um processador Top e uma placa mãe de segunda. A qualidade do seu processador ficará comprometida. Ele não renderá o máximo para que foi produzido.

Uma placa mãe é um dispositivo eletrônico, com circuitos eletrônicos, que lembram estradas, muitas estradas, onde os pulsos eletrônicos fluem. A qualidade da placa interfere na velocidade de todos os demais tens de hardware do computador. Temos no mercado uma infinidade de marcas e modelos de placa mãe. Elas possuem valores que oscilam de R$ 200,00 a R$ 3.000,00, para se ter uma ideia da qualidade do dispositivo de que encontramos. As marcas mais confiáveis no mercado são: Asus, que é uma marca top e referência em placa mãe, suas placas são duráveis e todos os itens conectados nela respondem perfeitamente ao que esperamos; placas da Intel também são boas; marcas como AsRock e Gigabyte oferecem peças mais baratas, porém, mais sujeitas a defeitos.

Por Luciana Viturino

Placa m?e

Foto: Divulgação


Alguns de nós estávamos esperando em um iPad 5 – assim como foi esperdao com o iPhone 5S –  um sensor de impressões digitais, um botão Home redesenhado e uma outra forma de navegação por meio de toque. E foi isso mesmo que encontramos? Veja as comparações entre o iPad 4 e iPad Air.

O Ipad Air mede 240 x 169,5 x 7,5 milímetros em comparação com a 241,2 x 185,7 x 9,4 milímetros iPad 4. Usando as próprias estatísticas da Apple, o novo Air iPad é 28% mais leve, 20% mais fino e  possui 24% menos volume. A iPad  Air também possui dois microfones na borda inferior para capturar som mais claramente e reduzir o ruído de fundo durante as chamadas. Com uma resolução de 1536 x 2048 pixels e uma densidade de pixels de 264 pixels por polegada, o painel Retina atual ainda oferece nitidez.O grande foco de venda do  Air é o seu aspecto mais fino.

Na câmera, o núcleo de 5 megapixels, lente de cinco elementos é essencialmente a mesma tecnologia. Ele tem a mesma abertura f/2.4 grande angular e o mesmo sensor de iluminação traseira (BIS) que capta mais luz para lhe dar melhores resultados quando tirando fotos em condições de pouca luz.

Como o iPad 4, antes disso, a iPad  Air é um dispositivo para ir a qualquer lugar que tenha conexão Wi-Fi disponível. O iPad 4 foi baseado em torno de um A6X dual core com um chip gráfico quad-core. Já o  iPad Air foi construído em torno A7 novo chip da Apple de 64 bits.

Se isso não bastasse, o chip A7 também bate o A6X graças à presença de M7 novo coprocessador movimento da Apple, que monitora todos os dados recolhidos a partir do movimento do iPad built-in acelerômetro, giroscópio e bússola digital. Nenhuma  mudança real em questões de processamento

Apesar do tamanho reduzido do iPad Air e as demandas do processador A7, a Apple manteve as mesmas 10 horas de uso da bateria usando vídeo.

Por Jaime Pargan


Você sabe a diferença entre os Sistemas Operacionais Surface RT e Windows RT da Microsoft? Pois é, você não é o único que  tem essa dificuldade e a empresa inclusive foi alertada diversas vezes de que os nomes adotados em seus diferentes sistemas causavam confusão no consumidor e não auxiliavam em nada no processo de escolha.

Tanto o Surface RT quanto o Windows RT foram um fracasso comercial e acabaram por causar um prejuízo milionário à companhia. As versões RT são mais leves, otimizadas especialmente para funcionarem em tablets com processadores ARM e não executa programas que funcionavam em outros SO como o Windows 7, por exemplo.

Já o WIndows 8 é o SO padrão da Microsoft com arquitetura x86 e roda aplicativos de sistemas mais antigos. Entretanto, a interface metro e os blocos dinâmicos típicos são exatamente os mesmos, o que dificulta a diferenciação.

Com isso, a empresa resolveu abandonar o nome RT no anúncio do Surface 2, de forma a deixar mais claro para o consumidor qual é o sistema presente em cada aparelho e qual é público ao qual ele é destinado.

Segundo notícias recentes, a Microsoft pretende abandonar aos poucos o sistema RT e manter apenas um SO em todos os seus dispositivos de forma a recuperar o mercado perdido. A Nokia também é uma peça chave da Microsoft para recuperar o mercado perdido, principalmente em smartphones.

Por Ebenézer Carvalho


Um dos aplicativos de correio eletrônico mais populares do mundo, o Outlook Express (hoje apenas apelidado de Outlook) pretende ganhar cada vez mais espaço nos tablets e smartphones Android. Trata-se de uma missão bastante difícil, haja vista os concorrentes que o app da Microsoft precisará desbancar para conseguir tal façanha, porém, nada pode ser considerado impossível nesse mercado.

Embora o Outlook já não seja tão popular assim até mesmo para os ainda mais ligados aos computadores domésticos ou de trabalho, a companhia norte americana, promete oferecer uma versão para Android que proporcionará uma “melhor experiência de mobilidade” para os que já adotam o Oulook.com como plataforma de envio e recebimento de emails.

Há dados que fazem a Microsoft cada vez mais acreditar no potencial do Outlook. A empresa assegura que uma fatia considerável de pessoas  (68% dos 400 milhões usuários do seu serviço de correio) acessa o Outlook a partir de aparelhos móveis. Esta semana mesmo foi liberada a nova versão do Outlook.com para Android que promete recursos extras e 150 ajustes que se faziam necessários, principalmente os relacionados a problemas de segurança e bugs.

A nova interface traz 11 opções de cores, embora o azul continue sendo a opção padrão. A função de buscas, segundo os desenvolvedores, ficou, por assim dizer, mais “funcional” do que antes, podendo o usuário procurar de formas que tentava procurar antes, mas não conseguia, a exemplo, das buscas a busca por qualquer mensagem da conta do usuário, mesmo as que não estiverem arquivadas no armazenamento do aparelho móvel. Portanto, a sincronização está mais potente.

Confira outras novidades do novo Outlook.com para Android no Google Play.

Por Michelle de Oliveira


A Intel lançou os primeiros tablets voltados para o ambiente educacional, os Intel Education Tablets.

Os novos dispositivos para fim educativo possuem telas de 7 e 10 polegadas e rodam o sistema operacional Android além de possuir processador Atom. Os tablets possuem câmera frontal de 0,3 MP e traseira de 2 MP, conexão Wi –Fi e suporte à caneta Stylus.

As principais características do tablet com tela de 7 polegadas são: peso de 355 gramas, 9,55 mm de espessura, resistente a água e quedas de alturas de até 60 cm e bateria com capacidade de 8 horas. Quanto ao processador, é Intel Atom Z2420 1,2 GHz. O sistema operacional é Android 4.1 Jelly Bean.

O Intel Education Tablet com tela de 10 polegadas possui 689 gramas de peso além de uma espessura de 13, 22 mm. A bateria tem duração de 6,5 horas e o tablet contém 16GB de memória.

O sistema operacional que roda no tablet é Android 4.0 Ice Cream Sandwich e o processador é Intel Atom Z2460 1,6 GHz. Da mesma forma que o Intel Education de 7’’, ele é resistente às quedas de até 50 cm de altura e à água.

A Intel não se manifestou acerca da data de disponibilização dos produtos para venda.

Por Melina Menezes.

 


Para os que já aderiram à leitura em formato digital, um dispositivo específico para leitura é  algo necessário. Há quem faça opção pelos tablets, que servem como e-readers e têm outras muitas possibilidades. No entanto, os e-readers tradicionais específicos para leituras oferecem algumas vantagens que são essenciais aos leitores mais assíduos.

A bateria dos dispositivos para leitura é muito superior às poucas horas que um tablet ou um celular oferece, além da tela ser específica para se passar grandes períodos lendo, gerando assim menos fadiga visual.

No incipiente mercado brasileiro só temos duas opções mais populares, o Kindle (da Amazon) e o Kobo (da Rakuten). Escolher entre essas duas opções pode não ser tão simples, deve-se levar em conta onde você irá adquirir seus e-books.

Caso você seja um fã do imenso catálogo de livros da Amazon, o Kindle torna-se sua escolha mais óbvia, no entanto, ele lê exclusivamente arquivos no formato gerado pela Amazon, tornando usuário refém da livraria virtual, tendo seu aparelho necessariamente vinculado à sua conta no site. Apesar disso, o Kindle é um dispositivo estável e esta no mercado há bastante tempo, adequando-se às necessidades dos consumidores.

O Kobo é também uma ótima opção e seu diferencial principal é ser mais democrático, ele lê arquivos no formato EPUB, utilizados por muitos outros sites como a Google Play, Saraiva, Cultura e disponíveis aos montes por diversos sites de livros gratuitos. Seu principal defeito é não ler os arquivos de seu principal concorrente, o Kindle.

Se você já se acostumou a utilizar a Amazon, o Kindle é o e-reader certo para você. Se você for mais inquieto e costuma pesquisar mais antes de comprar os e-books, o Kobo passa a ser sua melhor opção.

Por Bruno Hardt


Os serviços de e-mail utilizados irão receber uma atualização no início de 2013.

Esta decisão partiu do Comitê Gestor da Internet no Brasil o qual resolveu que configurações antigas não irão funcionar a partir do próximo ano para este tipo de mensagem.

Deste modo, o comitê pretende reduzir o número de mensagens consideradas spam (lixo eletrônico).

A restrição será feita apenas para os programas que enviam e-mail pela chamada “porta 25” do dispositivo e para este mecanismo será preciso atualizar as configurações do serviço de e-mail mudando para a porta 587 em um padrão SMTPS.

Esta mudança teve o aval da Anatel e de outros órgãos do ramo de internet e telefonia que considera esta alteração essencial para conexões mais seguras.

Nesta situação, a porta de envio 25 deve ser fechada pelas operadoras de telecomunicações no dia 31 de dezembro de 2012 e a notificação desta mudança deve ser feita pelos provedores de e-mails existentes no Brasil.

Por Ana Camila Neves Morais


O IBGE divulgou nesta última sexta-feira, dia 14 de dezembro de 2012, os resultados de um estudo feito sobre o Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação nas Empresas.

Segundo a pesquisa no ano de 2010 aproximadamente 80% das empresas que possuíam ao menos 1 funcionário fizeram uso de computador, enquanto 76,9% usaram a internet e 83,3% usaram o celular para resolver questões do trabalho.

Ao considerar as microempresas – com até 09 funcionários – 78% tiveram que utilizar o computador, 73,7% se conectaram a internet com um maior uso de opções tecnológicas em empresas do ramo de informação (85%) e seu menor uso no ramo da indústria com 73%.

Já para empresas maiores, com até 19 empregados, o uso de computador ocorreu em 94,1% das vezes e o uso da internet foi registrado em 91,5% dos momentos de trabalho; nestas empresas com maior porte, naquelas voltadas para atividades técnicas e científicas o uso de computador e internet foram de 99,3% enquanto que naquelas voltadas para o ramo de alojamento e alimentação este uso foi de apenas 83% no período analisado pela pesquisa.

Fonte: Estadão

Por Ana Camila Neves Morais


Um momento histórico aconteceu no mundo da informática nesta última semana, pois o primeiro computador do mundo com o nome de “A Bruxa” foi religado no Reino Unido.

Esta máquina gigante com mais de 2 toneladas de peso passou por consertos durante três anos e agora pode ser vista no Museu Nacional do Computador na cidade inglesa de Buckinghamshire.

O computador “A Bruxa” foi criado na década de 1950 para o Programa Britânico de pesquisa em energia atômica para facilitar o trabalho dos cálculos matemáticos chegando a ser utilizada por até 80 horas semanais.

A máquina se tornou obsoleta em 1957 com o surgimento de computadores menores e mais velozes e foi transferida para a Universidade de Wolverhampton para o ensino de alunos de informática.

Seu próximo destino foi o Museu de Ciência e Indústria de Birmingham e foi desmontada no ano de 1997.

Em 2009, um membro do conselho de administração do Museu Nacional do Computador recuperou todas as suas peças e iniciou a remontagem.

Por Ana Camila Neves Morais


Uma das formas mais garantidas de proteger uma invenção na atualidade são as patentes que resguardam não apenas o título da criação como também limitam os concorrentes no mercado.

Por isso, a OMPI (Organização Mundial da Propriedade Intelectual) divulgou nesta última semana que o setor que mais solicita patentes é o de tecnologia da informação.

Para a sua análise, esta entidade reuniu informações sobre pedidos de patentes em escritórios especializados em todo o mundo no período de 2006 a 2010.

O estudo indicou que neste período analisado foram registrados 2% a mais de pedidos na área de tecnologia da informação com um pico de 129.952 solicitações apenas no ano de 2009.

Outro dado interessante apresentado pela OMPI dizia respeito aos pedidos de patentes de desenhos industriais que são os grandes envolvidos em processos judiciais como os que envolvem as grandes marcas Apple e Samsung.

Por Ana Camila Neves Morais


A Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) divulgou nesta semana dados sobre o faturamento nacional do setor de informática.

Segundo a organização, os fabricantes de produtos do ramo de informática terão um faturamento no ano de 2012 no valor de R$43,56 bilhões.

No entanto, este valor ficou idêntico ao obtido no ano de 2011 e contrariou as expectativas do setor de um faturamento no valor de R$47,9 bilhões.

Além disso, a indústria de eletroeletrônicos de forma geral também teve um desempenho fraco com faturamento de R$145,4 bilhões; sendo que este valor representou um aumento de 5% mas que ficou bem abaixo dos 13% de aumento esperados anteriormente.

Ao considerar as razões para este fraco desempenho do setor de informática, a Abinee atribui a situação a uma diminuição nos investimentos para produção em decorrência da crise econômica mundial, maior endividamento dos consumidores que reduz as compras e uma queda no comércio com a Argentina pelas barreiras para a importação.

Fonte: Valor Online

Por Ana Camila Neves Morais


A era de brinquedos digitais teve mais um avanço, pois a Estrela apresentou nesta quarta-feira, dia 12 de dezembro de 2012, o seu novo lançamento.

A novidade do momento é a Estrela Digital que consiste no ramo da empresa de brinquedos destinadas a jogos eletrônicos.

Inicialmente serão fornecidas versões digitais dos jogos Banco Imobiliário, Pula Macaco, Autorama e Cilada; já em 2013 serão lançados novos jogos como Jogo da Vida, Detetive e Caixa Encaixa.

Segundo a empresa, a Estrela Digital oferecerá cerca de 100 jogos da marca com a possibilidade do jogo em multiplataformas que serão compatíveis com diversos sistemas operacionais como Android, iOS, Apple além do uso em redes sociais e Google Chrome.

Com relação ao modo de jogar, os interessados devem acessar o site da Estrela e obter “Estrelinhas” que é a moeda criada para comprar os jogos que custam cerca de 2,5 mil “Estrelinhas”.

Além disso, os cartões serão vendidos em lojas de brinquedos e bancas de jornais de todo o país.

Por Ana Camila Neves Morais


Com o início do ano chegando começa a corrida dos pais pelos melhores preços em materiais escolares para seus filhos.

Para atender a este público sazonal foi criado no site Sua Lista Escolar um recurso que personaliza a lista de materiais para estudos.

Para isso é preciso o envio da lista de materiais escolares e em no máximo 24 horas o usuário terá uma lista personalizada com diversas opções de produtos e preços para a escolha.

Deste modo, a compra dos materiais escolares dos filhos ficará mais fácil com a identificação do melhor preço e maior qualidade.

Fonte: IDGNOW


Nesta sexta-feira, dia 07 de dezembro de 2012, houve mais um lançamento no ramo de eletrônicos, pois a Intel apresentou a versão beta do Graph Builder.

Este programa consiste em uma biblioteca em formato digital com muitos dados que podem se tornar gráficos.

Com isso, ele permite estabelecer relações entre muito dados criando, assim, imagens gráficas com bilhões de vértices.

A partir destas funcionalidades, o Graph Builder tem usos variados para pesquisas e no comércio como para a interpretação do Big data que são conjuntos enormes de informações com processamento em alta velocidade.

Por Ana Camila Neves Morais


O Carrefour Brasil divulgou nesta sexta-feira, dia 07 de dezembro de 2012, que irá desativar as vendas da empresa pela internet no país.

Esta ação consiste em parte integrante do plano de reestruturação da marca no país.

Com as mudanças, as suas lojas físicas e virtual serão inseridas no modelo Carrefour Planet com melhor distribuição dos produtos, mais recursos tecnológicos e melhor Serviço de Atendimento ao Consumidor.

As primeiras lojas neste novo formato serão no interior de São Paulo, mas sem previsão de inauguração até o momento.

Fonte: EFE

Por Ana Camila Neves Morais


Se você possui uma internet banda larga de 10 Mb/s e acha que a sua conexão é muito veloz, então se prepare para a decepção, pois sempre existe um japonês para ser melhor do que você. A prova disso é a criação de uma conexão wireless de 3GB por segundo, a mais rápida do mundo, de acordo com especialistas.

Como se não fosse suficiente uma taxa média de transferência de 150Mb/s, ou seja, 20 vezes mais rápida que a velocidade média dos brasileiros, os japoneses inventaram uma conexão absurda, capaz de transferir dados via wireless a uma velocidade de 3GB/s.

De acordo com o artigo publicado na revista IET Electronic Letters, os pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Tóquio criaram um hardware que pode efetuar a transmissão de dados a uma velocidade muito superior aos aparelhos atualmente existentes. Isso acontece devido a um dispositivo do tamanho de uma formiga, conhecido como “diodo de tunelamento ressonante”, capaz de criar tensões menores com maiores correntes. Esse aumento de corrente cria uma ressonância capaz de enviar o sinal desejado.

Com essa velocidade de conexão, não haveria mais limites para a quantidade de dados que poderiam ser transferidos em uma rede, o que acabaria viabilizando mais ainda a transmissão de vídeos em alta definição e acabaria de vez com as mídias menores como CD’s e DVD’s.

O único problema é que a tecnologia é extremamente cara e totalmente inviável de ser utilizada para uso comercial, portanto ainda não é dessa vez que você vai poder baixar um filme em HD num piscar de olhos. Mas vale a pena sonhar.

Por Ebenézer Carvalho


O brasileiro está cada vez mais conectado. Bom, ao menos é isso o que afirma um estudo recente do Interactive Advertising Bureau,o IAB Brasil.

De acordo com a organização o estudo tinha como objetivo fornecer uma visão mais clara sobre a audiência online do brasileiro. Ou seja, sobre seu grau de envolvimento com a internet e outros aspectos que giram em torno dessa área.

A pesquisa foi realizada com 2.075 usuários de internet entre os dias 6 e  14 de fevereiro de 2012, via e-mail.

De acordo com os resultados obtidos mais de 40 usuários participantes passam pelo menos duas horas por dia na internet. A pesquisa também mostrou que além de ser o meio mais importante para 80% deles ela também é a atividade preferida, seja por  faixa etária, renda, gênero ou região.

A pesquisa apenas comprovou o que todos nós já sabemos: brasileiro adora internet. E por isso que a audiência gerada por aqui é disputada “dente por dente” pelas principais empresas digitais em atividade atualmente.

Todos lembram que lideramos no uso do Orkut e já estamos caminhando para os 50 milhões de usuários no Facebook.

Pelo visto, internet é conosco mesmo!

Por D. Soares

Fonte: Portal Comunique-se


Quase ninguém se preocupa com o backup. E não estamos nos referindo somente aos usuários domésticos. Pequenas, médias e grandes empresas ignoram esta prática e quando ocorre um problema com o HD do computador precisam pagar caríssimo para ter os dados importantes recuperados.

Backup nada mais é do que salvar nossos arquivos importantes em outro local, além do nosso HD, para que em caso de algum problema no computador, mais especificamente no HD, tenhamos uma cópia do arquivo perdido.

Recuperar arquivos  de HD danificado é possível, mas pode custar caro, muito caro!

Acontece que nem sempre temos um ou alguns arquivos para fazermos backup, temos muitos. São fotos, músicas, documentos digitalizados, e-mails, etc.

Não existe uma forma única de backup que possa ser aplicado a todos, cada um deve fazer o backup de acordo com suas necessidades.

Por exemplo, se você tem fotos em seu computador, basta salvá-las em um pendrive também. Pronto, seu backup está feito. Quando adquirir novos arquivos de fotos, copie-os também para o pendrive, mantendo seu backup sempre atualizado.

Empresas que têm informações atualizadas a todo momento, como os bancos de dados, precisam fazer backups diários. Alguns precisam ser feitos várias vezes ao dia. Para estes casos o mais indicado é utilizar um software exclusivo para esta tarefa. Você programa o software e ele automaticamente faz o backup. Pode ser na hora do almoço, no início da manhã ou no final da tarde, varia de acordo com suas necessidades e possibilidades.

Podemos dizer que o backup é como um “plano de saúde” que pagamos na intenção de nunca precisar dele, mas caso algum dia precisarmos ele deve estar em dia. O backup também é assim. Precisamos mantê-lo atualizado, não é uma tarefa agradável, pelo contrário, mas é importantíssima e só quem já perdeu dados importantes sabe como é complicado perder os arquivos que estavam teoricamente, salvos no HD.

Veja quais são as suas necessidades e comece a fazer seu backup ainda hoje.

Mantenha uma cópia de seus arquivos salvos em outro local, além do HD de seu computador e se for arquivos pessoais lembre-se de manter sua segurança, ou seja, se fizer seu backup em um pendrive, não deixe ele em qualquer local nem o empreste, mantenha-o sempre em local seguro e reservado.

Por Russel


Na semana passada, alguns rumores surgiram sobre o Google Drive e, de acordo com eles, o lançamento do novo serviço da gigante das buscas estaria bem próximo, e todos que possuírem conta Google poderiam usufruir do serviço.

Para quem não lembra, o Google Drive é uma ferramenta para armazenamento online, que surgiu para auxiliar na liberação do espaço em disco de computadores e notebooks, além de ser um método de backup para estes equipamentos.

Para confirmar os rumores em volta do Google Drive, o site Mashable conseguiu uma imagem que mostra o novo sistema e, de acordo com a foto, o novo serviço já começou a ser disponibilizado aos funcionários da empresa Mountain View.

O diretor do Google, João Itaqui, esteve no Rio Grande do Sul e, durante sua apresentação na FEEVALE, ele abriu um documento no Docs em sua conta Google e quem estava presente pode perceber que, na hora que o diretor abriu a página do Google, apareceu ao lado de Calendar uma ferramenta diferente, levando o nome de Drive.

Sendo assim, ficou claro que alguns executivos do Google já estão testando a nova ferramenta da empresa. Apesar de não haver nenhuma informação sobre o lançamento, é bem provável que logo o serviço esteja disponível para todos os usuários com conta Google. 

Por Guilherme Marcon


De acordo com o site BR-Linux, a empresa de segurança NQ Mobile conseguiu descobrir um malware que se aloja no sistema Android durante a inicialização dos aparelhos. Trata-se do primeiro vírus para o sistema operacional da gigante das buscas que tem essa capacidade. Seu nome é DKFBootKit e, conforme a pesquisa, ele é uma espécie de variação do DroidKungFu, um dos malwares mais conhecidos no Android, desde 2011.

O recém descoberto DKFBootKit atua disfarçado de um aplicativo que libera o programa pago chamado de ROM Manager, que faz o gerenciamento de ROMs personalizadas e backups no Android.

O novo vírus só é capaz de atuar em aparelhos de acesso root, ou seja, com sistema desbloqueado, e modifica a inicialização dos dispositivos sendo capaz de infectar o “ifconfig” e o “mount”, que são utilitários do Linux. O grande problema que o malware causa é fazer com que um smartphone passe a realizar tarefas comandadas remotamente pelos invasores.

A dica para que o seu aparelho não seja infectado é evitar aplicativos que exijam acesso root ao sistema Android e que só se faça download de apps de fontes confiáveis, como a loja Google Play.

Por Guilherme Marcon


Paulo Bernardo, ministro das Comunicações, fez uma série de promessas e sugestões sobre internet e conexões móveis, na Campus Party, evento que foi realizado em São Paulo. De acordo com ele o Governo pretende criar internet 0800, que funcionária da seguinte forma: o usuário entraria no site, mas não geraria nenhum custo para ele e sim para empresa responsável pelo site.

O assunto que mais despertou a curiosidade dos que estavam presentes no evento foi quando Paulo falou sobre a conexão 4G.

De acordo com ele, em 2013 as cidades que irão sediar a Copa das Confederações terão disponível a internet 4G LTE, e no próximo ano, que acontecerá a Copa do Mundo, o benefício se estenderia para as cidades com mais de 500 mil habitantes.

As redes 4G são uma tecnologia móvel que tem como prioridade a transmissão de dados e não a transmissão de voz. O resultado disso é uma internet muito mais rápida e estável.

Na teoria uma rede 4G alcança 300 Mbps de download e 75 Mbps de upload, mas na prática esses números ficam em 100 Mbps para download e 50 para upload. Mesmo assim ainda não é para ficar desapontado, pois atualmente seu smartphone consegue em média 7.3 Mbps de downstream e 348 Kbps de upstream com a atual 3G, isso quer dizer que a conexão 4G é pelo menos 10 vezes mais rápida e eficiente.

Por Guilherme Marcon


Antes do lançamento do novo sistema operacional da Microsoft, o Windows 8, a empresa anunciou que seria removido do sistema, de forma definitiva, o botão iniciar e em seu lugar ficaria a Start Screen.

Após está divulgação, houve muita polêmica e apareceram diversos rumores de que a Microsoft iria voltar atrás com esta decisão, e que no final acabaria colocando o botão que já é tradicional em seu sistema operacional. Mas tudo leva a crer que isso não irá acontecer.

É possível que a Microsoft coloque alguns tutoriais para orientar o consumidor nos primeiros passos com o sistema operacional. 

O tutorial terá dicas para ajudar a interagir com a nova interface Metro, pois os comandos serão feitos através de atalhos no teclado e combinações de movimento via mouse. O objetivo é oferecer aos consumidores orientação em um sistema completamente novo, para que de maneira alguma os usuários se sintam perdidos em um primeiro contato com o produto.

Mesmo com a Microsoft ignorando a opinião dos usuários que se opõem à retirada do botão iniciar, algumas alternativas para suprir essa “carência” já se encontram disponíveis na internet.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: