Laptop possui tela de 13 polegadas e conta com configurações bastante potentes.

Com os olhos voltados para o mercado corporativo, a HP anunciou o lançamento de um novo notebook que traz uma bateria que garante até 13 horas de autonomia.

O EliteBook 1030 é destinado para os usuários que precisam de uma longa jornada com o laptop longe de uma tomada. Na versão com tela QHD a autonomia fica em torno de 9 horas, o que também é uma excelente marca. O laptop conta com uma tela de 13 polegadas, ideal para ser portátil, conforme o conceito. Para conseguir uma autonomia tão acima da média, a HP preferiu combinar desempenho com consumo de energia. Sendo assim, o EliteBook 1030 não apresenta especificações de hardware similares aos notebooks mais potentes do mercado. No entanto, vale ressaltar que a HP disponibilizou algumas configurações que podem ser alteradas, com o objetivo de deixar o laptop mais potente.

Por exemplo, é possível substituir a tela de Full HD por uma touchscreen QHD. Além disso, é possível aumentar em 2 vezes o armazenamento interno SSD e alterar o processador. Em resumo, o notebook da HP apresenta configurações intermediárias que podem melhorar de acordo com o gosto e o bolso do usuário, tendo em vista que as alterações encarecem o produto. Sua tela é de 13,3 polegadas (com proteção Gorilla Glass) e há duas opções de resolução (Full HD e QHD). Ele conta com a sexta geração do Intel Core M, rodando a 1,1 GHz. É possível trocar pelo Core M7 de 1,2 GHz. A memória RAM disponível é de até 16 GB, enquanto o armazenamento fica em 256 GB SSD, tendo 512 GB SSD como opcional.

Na área de conectividade, o EliteBook 1030 conta com WiFi, Miracast, Bluetooth 4.2, MicroUSB 3.0 (2x), USB Type-C e HDMI. Ele ainda conta com um conjunto potente de alto-falantes da Bang & Olufsen.

O laptop também possui aplicativos exclusivos como Intel vPro, Dynamic Protection e LANDesk. Como era de se esperar, ele vem equipado com o Windows 10, da Microsoft. Em relação à aparência do laptop, o visual é bastante limpo e lembra outros produtos da marca. A carcaça do computador é totalmente em metal e é incrivelmente fina, tendo em vista que conta com uma bateria de extrema potência.

Segundo a HP, o EliteBook 1030 estará disponível no exterior a partir de US$ 1.249. Ainda não há qulquer informação sobre a chegada do laptop no mercado brasileiro.

Por William Nascimento


Novos computadores estão 14% mais finos que as versões anteriores.

O mês de maio será especial para a HP, haja vista o lançamento de uma nova linha de notebook da já conhecida série Pavilion. Uma das principais características desses lançamentos é quanto a sua espessura, pois os mesmos foram projetados para serem ainda mais finos que suas gerações anteriores, bem como mais leves. Os mesmos são equipados com bateria de lítio prismático, que possuem maior direção e velocidade de carregamento superior às baterias normais.

Vale ressaltar que a HP buscou trazer uma variedade de customizações para este lançamento. Dessa forma, os usuários terão a sua disposição certa variedade de configurações para sua escolha.

O primeiro modelo da série Pavilion trata-se da nova geração do hibrido Pavilion x360. Um dos principais destaques deste lançamento é, sem sombra de dúvidas, a sua tela que pode ser dobrada, o que deixa o aparelho funcionando como um tablet. A tela é de 13,3 ou 15,6 polegadas e pesa apenas 1,32kg. Sua espessura pode variar, chegando ao máximo a 19,8 mm. Tal espessura significa uma redução de até 14% em relação aos modelos da geração anterior.

Como já destacado, a bateria dos lançamentos da HP Pavilion é um dos principais destaques dos novos equipamentos. A série x360, por exemplo, conta com baterias de até 9 horas de duração. Além disso, esses modelos ainda contam com telas HD ou Full HD com até 16 GB de memória RAM. O armazenamento interno pode ser expandido via SSD até, no máximo, 512 GB. Por meio do HD, o armazenamento pode chegar a 1 TB. Em relação ao processador, é possível escolher entre Celeron, Pentium ou Core i7 de sexta geração.

Os novos notebooks HP Pavilion x360 devem chegar às lojas a partir de 15 de maio. Seu preço sugerido é de US$ 379, em suas versões mais básicas.

Além disso, a HP também destacou o lançamentos de novos notebooks da série Pavilion com telas variando entre 14 e 17,3 polegadas, peso a partir de 1,49 kg e espessura mínima de 19,5 mm. Tais aparelhos dispõem de processador Intel Core i7 e placa de vídeo adicional da NVIDIA GeForce 940MX, GTX 950M ou GTX 960M.

Também existe outra versão que é acompanhada do AMD A12-9700P quad-core e placa de vídeo Radeon R7. A memória RAM é de até 16 GB, sendo que o armazenamento interno pode ser expandido via SSD para até 512 GB ou através de HD de até 2 TB.

Vale destacar que ainda não há previsão de chegada destes aparelhos no mercado brasileiro.

Por Bruno Henrique


Tablet híbrido custará R$ 6.999 no mercado brasileiro.

A HP confirmou no dia 25 de novembro o lançamento brasileiro de seu tablet híbrido, o HP Elite x2. O aparelho é voltado ao público empresarial e custará ao redor de R$ 6.999,00.

Sem dúvida o preço é alto para um tablet. Ele é feito inteiramente em alumínio e pode ser utilizado com um teclado (igual ao Surface Pro da Microsoft, que no Brasil tem o preço sugerido de R$ 2.888,45 no site de vendas Buscapé). Há dois tipos de teclados disponíveis para os consumidores, ambos virão equipados com iluminação auxiliar. Um deles é o teclado avançado, que garante maior segurança ao usuário, o outro é o teclado para viagens que é mais fino e leve.

O equipamento vem com o sistema operacional Windows 10 e pesa 1kg, peso não muito diferente daquele dos tablets vendidos no mercado. Caso compararmos com o concorrente da Microsoft ele é um pouco mais pesado, o Surface Pro tem 903g.

Existem duas versões que estarão disponíveis no mercado, uma com 4 GB de memória RAM e outra com 8 GB. A tela é de 12 polegadas com resolução HD, nesse caso ela é maior que aquela do Surface Pro, de 10,6 polegadas.

Apesar de apresentar uma capacidade de processamento superior à maioria dos tablets, o HP Elite x2 terá um preço alto demais para o mercado. Se continuar na faixa dos R$ 7.000,00 estará competindo com notebooks e ultrabooks de alta qualidade, isso deixa seu nicho de mercado extremamente baixo. Especialmente nessa época de alta do dólar na qual o Brasil se encontra, as vendas de tablets começaram a cair, o que não dá um futuro promissor à novidade da HP.

Somente um número pequeno de usuários que deseje uma combinação entre a praticidade do tablet e o desempenho de um notebook comum sentirá a necessidade de comprar o produto cujo lançamento está marcado para março do próximo ano.

Por Gizele Gavazzi

HP Elite x2

HP Elite x2

Fotos: Divulgação


Modelo é um híbrido entre notebook e tablete com ótimas características que foi lançado pela HP.

Quanto mais o tempo passa, mais incrível o mundo da tecnologia vai se tornando. Dos microcomputadores, aos notebooks, aos tablets… E finalmente, ao híbrido entre notebook e tablet.

Um modelo extremamente atraente por sua funcionalidade é o notebook 2 em 1 da Hewlett Packard (HP), o Pavillion x360.

Nesse dispositivo, a HP desenvolveu um produto totalmente inovador, capaz de girar a tela em 360 graus, mantendo os benefícios de um notebook com a portabilidade de um tablet.

O design do híbrido é impressionante, com um toque moderno e minimalista, capaz de atrair olhares por onde passa.

O monitor do dispositivo é touchscreen, ou seja, funciona por toques na tela, é perfeito para o uso no dia a dia. A qualidade HD em um monitor de 11,6 polegadas é capaz de transmitir uma sensação de nitidez incrível.

Não basta apenas a tela ser de qualidade. Para quem está acostumado com uma experiência multimídia, também é preciso de um bom som. Sendo assim, o HP Pavillion x360 é perfeito para estes usuários, pois possui alto falantes beats áudio, adaptados para o uso em qualquer posição.

Quanto às especificações técnicas, o aparelho utiliza processador Celeron Dual Core e vem de fábrica com Windows 8.1, Webcam Full HD, 4GB de memória RAM e 500 GB de disco rígido. Além disso, o notebook 2 em 1 possui Bluetooth, o que facilita muito na hora de passar arquivos de um celular para o dispositivo – ou vice-versa – e não tem nenhum cabo USB por perto.

Como se não bastasse, a HP disponibiliza gratuitamente 25 GB de espaço na nuvem por toda a vida, disponibilizado através do serviço BOX.

Pensado para trabalhar bem tanto como tablet quanto como notebook, a HP utiliza tecnologia CoolSense, uma engenharia capaz de manter o dispositivo frio e, principalmente, confortável para uso em qualquer modo.

Se você busca algum híbrido entre notebook e tablet, ou algo do tipo, vale a pena conferir o HP Pavillion x360.

Por Júnior Beluzzo

HP Pavillion x360

HP Pavillion x360

Fotos: Divulgação


A HP divulgou uma grande série de tablets Android que são disponibilizados para satisfazer vários públicos este ano. Entre eles, dois aparelhos particulares são bem ressaltados, tendo tudo para serem propícios para empresários.

Os modelos HP Pro Slate 8 e 12, da forma como são denominados, possuem um hardware com nível médio. Eles têm especificações bem semelhantes, com um processador Snapdragon 800 quad-core de 2,3 GHz, memória RAM de 2 GB e sistema operacional Android 4.4 (KikKat). A distinção dos dispositivos está presente somente no tamanho e na resolução das telas, da forma como a denominação dos aparelhos se identificam.

O grande fator que chama a atenção dos Pro Slates, entretanto, está na existência da Duet Pen. Ele é, de forma geral, a união de uma caneta com uma stylus, proporcionando que o usuário realize desenhos no papel e digitalize suas anotações com o auxílio do aplicativo HP Paper Folio.

Sobre o design do dispositivo, portanto, a parte frontal do tablet é exageradamente semelhante com os modelos HTC One, no momento que sua carcaça possui uma textura limpa e comum. É importante ressaltar o detalhe do Pro Slate ter pequena espessura, com somente 8 mm, e também atrai por ser resistente de forma interessante, devido a utilização do Gorilla Glass 4 em sua tela.

O HP Pro Slate 12 possui uma tela de 12,3 polegadas, resolução de tela de 1600×1200 pixels, sistema operacional Android 4.4 (KitKat). Seu processador é o Qualcomm Snapdragon 800 quad-core de 2.3 GHz, conta com uma memória RAM de 2 GB LPDDR3 DE 800 MHz, armazenamento interno de 32 GB, armazenamento externo com cartões micro SD de até 32 GB, sua câmera traseira possui 8 MP, enquanto sua câmera frontal possui 2 MP.

O HP Pro Slate 8 possui tela de 7,9 polegadas, resolução de tela Full HD QXGA (20148 x 1536 pixels) com Corning Gorilla Glass 4 e seu sistema operacional é o Android 4.4 (KitKat).

Por Felipe Couto de Oliveira

HP Pro Slate 8

HP Pro Slate 12

Fotos: Divulgação


Nesta semana a HP anunciou novos tablets ElitePad e Pro equipados com o sistema operacional da Microsoft, o Windows 8.1. Entre eles estão alguns modelos híbridos que podem tanto ser utilizados como tablets ou como notebooks.  

Um dos tablets novos da HP é o Pro Tablet 408 G1. Este modelo possui uma tela de 8 polegadas e vem equipado com um processador da Intel de modelo Atom. Sua capacidade de armazenamento interno é de 64 GB e sua câmera traseira é de 8 megapixels, segundo a fabricante informou. Este modelo estará disponível com preços a partir de 299 dólares.  

Outro modelo interessante e que é voltado para uso em escolas e outras instituições de ensino é o HP Pro Tablet 10 EE. Trata-se de um modelo que contém uma caneta Stylus e uma capa com teclado para transformá-lo em um notebook. Este modelo deverá competir no seguimento educacional com outros aparelhos como os Chromebooks e iPads que dominam este mercado.  

O terceiro produto que a HP apresentou foi o tablet HP Elite x2 1011 G1. Este híbrido possui características de alta durabilidade e uma tala de 11,6 polegadas. Há suporte para caneta Wacom, dock WiGig e estará disponível no mercado com valores a partir de US$ 899.   Por fim temos o HP ElitePad 1000 G2. Este tablet conta com dois modelos, o Healthcare e o Rugged. O primeiro foi desenvolvido para melhorar a interação com os pacientes. Além disso, ele é consideravelmente leve e durável. Sua estrutura possui um acabamento antimicrobiano e leitor de código de barras 2D. 

Já a versão Rugged é direcionada para o uso em escritórios como para trabalho de campo. Seu corpo resistente contra poeira e água é ideal para que o produto seja durável em um ambiente corporativo. Sua bateria, segundo a fabricante conta com duração de até 20 horas.  

As versões Healthcare e Rugged estarão disponíveis no mercado com preços a partir de US$ 1.499 e US$ 1.599, respectivamente.  

Mais especificações sobre todos os tablets lançados pela HP serão divulgadas em breve.

Por William Nascimento

HP Elite x2 1011 G1

HP Pro Tablet 408 G1

Fotos: Divulgação


O mercado de laptops de baixo custo deve crescer ainda mais no próximo ano. Essa é uma das expectativas de uma das principais fabricantes do mundo tecnológico, a HP. A empresa está investindo consideravelmente no mercado de Chromebooks de baixo custo. Os Chromebooks são laptops equipados com o sistema operacional do Google, o Chrome OS. Suas configurações são mais modestas, mas visto que suas aplicações trabalham em nuvem, o laptop é bastante eficiente.

A HP anunciou um novo modelo, o mais recente da família de Chromebooks. Trata-se do Chromebook 14-X050NR, que acaba de ser lançado no mercado americano por US$ 439,99, cerca de R$ 1.150 pela cotação atual do dólar, sem impostos.

Em resumo, ele apresenta uma configuração até atraente pela sua faixa de preço. Sua tela é de 14 polegadas, com resolução Full HD e tecnologia touch. Certamente a tela é o que mais chama a atenção no eletrônico. Para se ter noção de como essa tecnologia é bastante atraente nesta faixa de preço, o concorrente da categoria mais próximo, que também apresenta uma resolução 1080p e capacidade multitoque, é o Chromebook Pixel, cuja a versão mais barata custa US$ 1.299, quase três vezes mais que o modelo da HP. Outros Chromebooks na mesma faixa de preço, como os da Toshiba e Acer, não possuem capacidade touch.

A leveza e a finura do Chromebook 14 também chamam a atenção. Ele pesa apenas 1,6 kg e tem uma espessura de 1,7 cm. Isso o deixa muito fácil de transportar, dando mobilidade única para o usuário. A traseira na cor branca contrasta com o teclado prata fumê. Tais características deixam o laptop bastante atraente visualmente e com certeza uma jogada de muito bom gosto da HP.

O baixo preço é possível por causa das especificações de hardware intermediárias. O X050NR traz um processador Nvidia Tegra K1, GPU Kepler de 192 núcleos, 4 GB de memória RAM (característica interessante pela sua faixa de preço) e 32 GB de HD.

Já a conectividade fica a cargo do Wi-Fi (nos principais padrões atuais), Bluetooth 4.0, portas USB (2.0 e 3.0), HDMI e leitor de cartão de memória microSD, além de uma entrada para fones de ouvido e microfone.

Não há informações sobre quando o HP Chromebook 14 chegará ao Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo. Ele, por enquanto, está disponível apenas no mercado americano.

Por William Nascimento


Computadores portáteisvoltados para empresários requerem algumas características diferentes do que os modelos destinados ao mercado de massa.

Os laptops corporativos devem aliar bom desempenho para agilizar a produtividade e uma mobilidade adequada para possibilitar o trabalho remoto. Pensando nisso, a HP resolveu lançar o EliteBook Folio 1020, um notebook de linha empresarial.   

O novo notebook da empresa está dividido em dois modelos diferentes, o Standard Edition e o Special Edition. A diferença é que no primeiro a tela apresenta resolução Full HD com touchscreen opcional, já a outra versão traz uma resolução de tela excepcional QHD com 2560 x 1440 pixels, além de uma estrutura mais leve, pesando apenas 1 kg.  

A bateria é algo que os empresários levam muito em conta ao comprarem um laptop para trabalho. Por isso, o Folio 1020 aposta em uma bateria bastante potente que, conforme informa a HP, consegue durar 9 horas de utilização contínua sem precisar ser recarregado. Além de uma bateria de excelente autonomia, o laptop corporativo tem um leitor de digitais para reforçar a segurança da máquina.

Para conseguir aliar mobilidade e bom desempenho, a HP optou por utilizar um processador Intel Core M, que poupa bastante energia, mas é menos potente que a linha Core i. No entanto a escolha proporcionou a ausência de um cooler para resfriamento.  

Junto com o processador, o Folio 1020 possui 8 GB de memória RAM e 128 GB de SSD (ou até 256 GB, conforme o modelo escolhido). É de se esperar que o modelo do processador, que ainda não foi anunciado, seja compatível com as boas especificações que o notebook já apresenta. O sistema de fábrica do notebook é o Windows 8. O preço de ambas as versões ainda não foi anunciado.  

Já o design do EliteBook Folio 1020 é bem semelhante ao Macbook Air. Ele aparenta uma estrutura bastante resistente, capaz de passar nos padrões mais exigentes de quedas, temperatura, impactos, entre outros.

Abaixo você pode notar as principais especificações técnicas do laptop:  

– Tela: 12,5 polegadas com tela de toque opcional na Standard Edition;

– Resolução de tela: 1920×1080 pixels (2560×1440 pixels na Special Edition);

– Processador: Intel Core M;

– Memória RAM: 8 GB;

– Câmera: 720p;

– Armazenamento: SSD de 128 a 256 GB;

– Bateria: autonomia de até 9 horas de uso;

– Peso: 1,17 kg (1 kg na Special Edition).

Por William Nascimento

HP EliteBook Folio 1020

HP EliteBook Folio 1020

HP EliteBook Folio 1020

Fotos: Divulgação


Os Chromebooks são computadores portáteis que se concentram apenas nas tarefas mais rotineiras da computação desde o final dos anos 90: navegar na web, edição e criação de textos, planilhas e slides.

O mercado de Chromebooks está crescendo há alguns anos, e diversas empresas têm criado seus próprios modelos com o sistema Chrome OS embutido. HP, Toshiba, Samsung, Acer, entre outras já estão com seus modelos disponíveis para os seus clientes.  

A maioria dos notebooks com o Chrome OS usa componentes com pouca potência, visto que o sistema operacional requer um baixo consumo de hardware para funcionar bem. Isso explica o motivo do baixo custo que estes computadores portáteis apresentam no mercado, principalmente americano.  

Visto que as tarefas executadas em um Chromebook são de baixo impacto, os processadores normalmente são razoáveis e as telas giram em torno de resoluções com 1366 x 768. As baterias desses modelos são acima da média. Em testes é possível notar que alguns modelos chegam de 7 a 10 horas de autonomia em pleno funcionamento.  

À medida que o mercado amadurece é possível desfrutar de melhores modelos desta linha de notebooks. Por isso elaboramos uma lista com os três melhores modelos de Chromebooks do mercado atual. Veja abaixo:  

– Dell Chromebook 11:

No mercado norte-americano ele custa em torno de US$ 299, tornando-se uma máquina bastante acessível, como é a ideia inicial da linha Chromebook. A Dell, distinta de suas concorrentes na questão de assistência, oferece aos seus consumidores especificações já estabelecidas por outros laptops com Chrome OS no mercado. O Dell Chromebook 11 tem duas portal USB 3.0 e uma autonomia na bateria impressionante, perfeito para quem quer mobilidade e ficar distante de uma tomada. Pelo que parece este modelo é o melhor e com futuro mais longo nesta linha de notebooks.  

Dell Chromebook 11

– HP Chomebook 11:

Outra fabricante que seu deu bem com a linha de computadores do Google foi a HP. Seu modelo, o Chromebook 11 apresenta um design suave e elegante. Ele custa 20 dólares mais barato (US$ 279) que o seu concorrente, o Dell Chromebook 11. Visto que o sistema Chorme OS está amadurecendo, certas limitações estão deixando de ser realidade, dando lugar para soluções atraentes e claro, na nuvem. Ele apresenta detalhes em diversas cores para satisfazer o gosto da maioria dos consumidores. A máquina da HP oferece aos usuários uma experiência adequada em mobilidade e facilidade de uso, atendendo até os mais exigentes referente ao que se espera dos Chromebooks. O laptop da HP mostra que é possível criar um produto de qualidade com baixo custo para os consumidores.  

HP Chromebook 11

– Acer Chromebook C720:

Se você já considerava os outros modelos baratos, o Chromebook da Acer o deixará admirado. Ele custa a partir de US$ 199, o que o torna muito atraente em relação ao seu valor. Se você procura um notebook para fazer tarefas rotineiras como enviar e-mail, assistir vídeos online, editar planilhas e textos, armazenar arquivos na nuvem e acessar as redes sociais, este certamente será o melhor notebook custo benefício do mercado.  

O sistema do Google permite a troca de usuários, o que pode fazer do Acer Chromebook C720 uma ótima máquina pública para sua família ou ambiente de trabalho. Definitivamente seu preço agressivo é o principal ponto forte do aparelho da Acer.

Acer Chromebook C720

Fotos: Divulgação

Por William Nascimento


A Hewlett-Packard, conhecida mundialmente pelas inicias HP, é uma empresa americana de tecnologia com diversos produtos espalhados no mercado, entre impressoras, tablets, desktops e laptops. O nome se refere aos sobrenomes de seus fundadores, Bill Hewlett e David Packard, que criaram a empresa em 1939.

Dentre os produtos de destaque da empresa estão os seus notebooks, conhecidos por alta qualidade e durabilidade, o que garante que esses laptops estejam entre os mais indicados no mercado.

A seguir, estão as especificações técnicas de alguns dos melhores modelos da HP atualmente disponíveis.

Pavilion 14-n030br

Processador Intel® Core™ i5-4200U, 1.6 GHz, memória RAM de 4 GB DDR3L SDRAM, HD de 500 GB, gravador de DVD/CD, 2 portas USB 3.0 e 1 porta 2.0, placa de vídeo AMD Radeon™ HD 8670M, placa de som integrada com DTS Sound+, bateria de 4 células ,Webcam, tela HD LED de 14 polegadas e resolução de 1366 x 768.

Pavilion 14-n040br

Processador Intel® Core™ i5-4200U, 1.6 GHz, memória RAM de 8 GB DDR3L SDRAM, HD de 1 TB, gravador de DVD/CD, 2 portas USB 3.0 e 1 porta 2.0, porta HDMI, placa de vídeo AMD Radeon™ HD 8670M, bateria de 4 células, Webcam, tela HD LED de 14 polegadas e resolução de 1366 x 768 e Bluetooth.

Pavilion 14-n050br

Processador Intel® Core™ i7-4500U, 1.8 GHz, memória RAM de 8 GB DDR3L SDRAM, HD de 1 TB, gravador de DVD/CD, 2 portas USB 3.0 e 1 porta 2.0, placa de vídeo AMD Radeon™ HD 8670M, porta HDMI,  placa de som integrada com DTS Sound+, bateria de 4 células ,Webcam, tela HD LED de 14 polegadas e resolução de 1366 x 768.

Pavilion 14-n060br

Essa versão trata-se de um ultrabook, com processador Intel® Core™ i5-4200U, 1.6 GHz, memória RAM de 8 GB DDR3L SDRAM, HD de 1 TB, Memória Flash (SSD) de 32 GB com tecnologias Intel® Rapid Start e Intel® Smart Response, gravador de DVD/CD, 2 portas USB 3.0 e 1 porta 2.0, placa de vídeo AMD Radeon™ HD 8670M, porta HDMI,  placa de som integrada, com DTS Sound+, bateria de 4 células com 48Wh ,Webcam e tela de 14 polegadas.

Pavilion 14-n070br

Esse também é um ultrabook, com processador Intel® Core™ i7-4500U, 1.8 GHz, memória RAM de 8 GB DDR3L SDRAM, HD de 1 TB, Memória Flash (SSD) de 32 GB com tecnologias Intel® Rapid Start e Intel® Smart Response, gravador de DVD/CD, 2 portas USB 3.0 e 1 porta 2.0, placa de vídeo AMD Radeon™ HD 8670M, porta HDMI,  placa de som integrada, com DTS Sound+, bateria de 4 células com 48Wh ,Webcam, tela de 14 polegadas e Bluetooth.

Foto: divulgação

Split 13

Esse é um notebook touch, mais parecido com um tablet, com processador Intel® Core™ i5-4200Y, 1.4 GHz, memória RAM de 4 GB DDR3L SDRAM, HD de 500 GB, Memória Flash (SSD) de 64 GB, 1 porta USB 3.0 e 1 porta 2.0, placa de vídeo Intel® HD Graphics 4400, porta HDMI, dois alto-falantes Beats Audio™, bateria de 3 células com 33Wh ,Webcam e tela de 13,3 polegadas.

Por Rannier Ferreira Mendes


Os ultrabooks estão conquistando principalmente os usuários que precisam de um equipamento com mais poder de processamento e mais espaço para armazenamento e com a concorrência aumentando a cada dia, está cada vez mais em conta comprar um ultrabook. E mesmo pagando menos é possível encontrar modelos com uma boa configuração.

O Asus S400CA-CA194H é um excelente ultrabook e seu preço fica na média de R$ 1.500,00. Apesar deste valor reduzido, ao comprar um Asus S400CA-CA194H você estará levando um excelente ultrabook, confira só a configuração do modelo: Processador Intel Core i5 1,7GHz, 4GB de memória, 500GB de espaço em disco, tela sensível ao toque de 14", câmera HD com excelente qualidade, conectividade HDMI e vem com o Windows 8.

A LG também está disputando este mercado e para garantir melhores vendas disponibilizou o LG U460-G.BK32P1 por apenas R$ 1.600,00. O processador é um Intel Core i3, com 4GB de memória, espaço em disco de 500GB mais 32GB de armazenamento SSD. O LG U460-G.BK32P1 conta com tela de 14" e roda o Windows 8.1. É uma excelente opção tanto para o usuário comum, como também para quem precisa de um ultrabook para o trabalho.

A Lenovo também está apostando no mercado brasileiro de ultrabook e por apenas R$ 999,00 disponibilizou o Lenovo LNV L40-30, um ultrabook com processador Intel Dual Core, 2GB de memória, 500GB de espaço em disco e tela de 14". O sistema operacional é o Windows 8.1 e o Lenovo LNV L40-30 vem com câmera HD, além de reproduzir conteúdo em formato 3D! Já vem com os óculos. Não é um ultrabook top de linha mas consegue atender boa parte dos usuários, principalmente aqueles que não precisam trabalhar com gráficos pesados.

E tem o ultrabook da HP, um excelente modelo que custa somente R$ 1.600,00. O HP Pavilion 14-b060br é um ultrabook com design arrojado, processador Intel Core i3, 2GB de memória e espaço em disco de 500GB mais 32GB de SSD. Um modelo que atende perfeitamente os usuários que precisam acessar internet, conferir e-mails, assistir a vídeos e rodar games e programas que não sejam muito pesados.

Por Russel

Asus S400CA-CA194H

LG U460-G.BK32P1

Lenovo LNV-L40-30

HP Pavilion 14-b060br

Fotos: Divulgação


A HP começou na quarta-feira (29/10) a pré-venda de um novo produto que pretende reanimar o interesse por computadores desktop. O Sprout é o resultado da união de um computador pessoal com uma espécie de mesa digitalizadora, um scanner 3D e um projetor. O resultado é um equipamento inovador que custará US$ 1,9 mil.

O Sprout realmente inova incluindo duas telas: a principal vem com 23 polegadas e 10 pontos touchscreen. A segunda, chamada Touch Mat, tem 20 polegadas e 20 pontos touchscreen. É uma espécie de mouse touc screen gigante, mas com a função de interagir com imagens com as mãos, sem necessidade de mouse ou teclado. O usuário poderá simplesmente arrastar as imagens da tela "principal" para o Touch Mat e manipulá-las manualmente. A HP chama isto de "plataforma de computação imersiva”. Imagine as aplicações para artistas e designers!

A superfície do Touch Mat foi projetada para ser durável, indo na contra-mão da obsolescência programada, sendo à prova de arranhões e pode ser limpa até mesmo de canetas de tinta permanente.

Sobre a tela principal, ergue-se o Illuminator, a união inovadora de projetor com scanner 3D. O conjunto conta com um projetor DLP e uma câmera digital de 14,6MP com tecnologia RealSense 3D da Intel. Essa câmera permite que o Illuminator capture imagens 3D, que podem ser manipuladas com o Touch Mat. Lembra que mencionei que o Sprout dispensa teclado? Um teclado digital é projetado no Touch Mat também.

Ademais, o hardware do computador conta com processador Intel Core i7 com Intel HD Graphics 4600 e NVIDIA GeForce GT 745A, 8 GB de RAM, e 1 TB de armazenamento interno.

A HP, empresa que está tentando se inovar, tem um pensamento a longo prazo para o Sprout. "Esse é apenas um produto; temos uma visão", afirma Eric Monsef, VP de Sistemas Imersivos da HP. Como qualquer empresa que procura um reposicionamento no mercado, a HP sabe que precisa aprender sobre seu potencial novo publico. Por isso, ela tem cautela no lançamento e enviará o Sprout em algumas centenas de unidades para “fabricantes, desenvolvedores, pessoas do mercado de TI, educadores”, a fim de realizar testes beta e, assim, receber feedback necessário para aprimorar suas ideias.

Resta saber se o novo conceito cairá nas graças do público geral, com novas propostas de aplicação, ou ficará restrita a um nicho, como artistas, designers gráficos e afins.

Por Alexandre S.T.


Enquanto algumas empresas estão desistindo do mercado de notebooks, devido ao crescimento na venda de tablets, a HP vai na contramão e traz para o mercado 2 novos notebook, o HP Stream 11.6 e o HP Stream 13.3 que são fortes candidatos a se tornarem os mais vendidos, por dois motivos: além de serem baratos, contam com uma série de novidades que prometem conquistar o consumidor.

Ambos rodam o sistema operacional Windows e isto já faz toda a diferença, principalmente ao serem comparados com os Chromebooks que rodam o sistema operacional do Google. É que a grande maioria dos consumidores continua preferindo ter o Windows em seus computadores e entre um notebook com o Windows e um com o SO do Google, já pesa muito para a escolher ser pelo notebook com o Windows.

Além da comodidade de contar com o Windows, os consumidores poderão pagar um preço bem mais acessível e terão 2 opções de cores para escolher, podendo optar pela cor azul ou magenta e a parte de baixo poderá ser na cor prata ou na mesma tonalidade escolhida. E o modelo com tela de 13,3" conta com outra grande vantagem, que é a opção de poder configurar a tela para ser sensível ao toque.

Tanto o HP Stream 11.6 quanto o HP Stream 13.3 oferecem 32GB de memória flash e vêm com o processador Intel Celeron, sendo este um problema para quem precisa de um notebook mais robusto, pois a linha de processador Celeron custa menos mas não atende os requisitos de quem precisa de um equipamento que rode jogos e aplicativos mais pesados. Mas para os usuários que precisam usar o notebook para acessar internet, redes sociais, e-mail e programas padrões do mercado, os novos modelos da HP atendem perfeitamente.

E durante 1 ano, os usuários poderão acessar gratuitamente o serviço de memória na nuvem, oferecido pela Microsoft em parceria com a HP, que oferece de espaço 1TB. Os notebooks também trazem o Office 365 Personal que poderá ser utilizado gratuitamente pelo período de 1 ano.

A principal diferença entre o HP Stream 11.6 e o HP Stream 13.3 está no tamanho da tela e no fato do modelo maior oferecer tela sensível ao toque. Em novembro estes modelos chegam ao mercado dos Estados Unidos e aqui no Brasil ainda não há previsão para recebê-los.

Por Russel

HP Stream

HP Stream

HP Stream

Fotos: Divulgação


Muitas pessoas se queixam dos valores atribuídos aos computadores e aparelhos eletrônicos em geral, principalmente aqueles aficionados por tecnologia, que estão sempre em busca de novidades e produtos com mais especialidades e novidades no mercado.

Para os geeks de plantão a boa novidade veio da HP, considerada uma das melhores empresas neste quesito tecnológico, e conhecida também como uma das mais “careiras”.

A informação veio em parceria com a Microsoft, que disse por meio do COO, Kevin Turner, pretender competir com os Chromebooks, do Google, já no final deste ano. Essa ideia veio pelo fato da HP lançar a sua linha de notebooks mais baratos neste período.

Os concorrentes não irão deixar barato e a disputa promete uma movimentação alta nas vendas de notebooks, facilitando o acesso à compra da classe média. De acordo com Turner, empresas como a Toshiba e a Acer já projetam o lançamento de seus aparelhos bem mais baratos, na faixa de R$ 550, com boa qualidade de processadores.

A declaração do executivo também se remeteu ao desenvolvimento da HP em um modelo de sete ou oito polegadas, com o sistema operacional Windows, que vem se destacando recentemente. O valor sugerido do dispositivo será de R$ 220. Segundo ele, a companhia vem com tudo na competição contra os Chromebooks e não pretende perder espaço para ninguém.

Tanto que as estratégias da Microsoft vão além, e suas cabeças pensam em medidas fortes como a redução do preço da licença do Windows, o que torna mais vantajoso na questão de oferta e procura do consumidor. Este por sua vez, sairia bem mais vitorioso com um leque de oportunidades acessíveis e de qualidade, a um valor bem camarada.

Não foi divulgada, ainda, nenhuma informação com o valor final deste notebook que a HP pretende lançar. Entretanto o que se sabe é que o valor sugerido até o momento para a comercialização do dispositivo é de R$ 440.

Resta agora aguardar as novidades e esperar mais revelações das empresas. A única certeza que se tem é que cada vez mais, o mercado tecnológico vai abrindo brechas e cria oportunidades para outras camadas sociais, que antes nem imaginavam usufruir de um produto de qualidade por um valor considerável baixo pelos padrões que temos hoje. 

Por Juliana Alves de Souza

HP

Foto: Divulgação


No ano passado o Google e a HP fecharam uma parceria para a produção dos novos Chromebooks que trariam o sistema operacional do Google aliado à qualidade de produção de componentes de hardware da HP. Dessa união, surgiu o Chromebook 11, um notebook de 11,6 polegadas com configuração relativamente modesta, mas capaz de rodar a maior parte dos programas e aplicativos comuns no dia a dia.

Agora, a HP anuncia a nova geração do Chromebook, chamada de Chromebook PC, também com 11,6 polegadas, resolução de 1366p x 768p, 16 GB de armazenamento e 2 GB de memória RAM. Em comparação com outros modelos lançados por Dell e Acer, essa versão parece não ser tão robusta, já que o tempo de bateria de pouco mais de 6 horas de funcionamento é um dos mais baixos da categoria. Apesar disso, o preço pode ser um diferencial. O Chromebook 11 da HP custará 250 dólares na versão com Wi-Fi, além de ter uma versão com suporte ao 3G já em desenvolvimento.

Além do Chromebook PC, a HP também anunciou oficialmente o Slatebook PC, um laptop de 14 polegadas com o sistema operacional Android que já havia vazado no próprio site da HP no mês de abril. Esse modelo possui um processador Tegra 4 da Nvidia com 2 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno. O display é sensível ao toque e possui uma resolução de 1080p, consideravelmente boa para o tamanho da tela. De acordo com a HP, o Slatebook PC deve ser lançado no dia 6 de agosto e custará 430 dólares.

Dentre as maiores críticas ao dispositivo está o fato de utilizar o Android como sistema operacional padrão ao invés do Chrome OS. Embora seja excelente para smartphones e tablets, muitos usuários ainda têm receio de utilizar um laptop com sistema Android, justamente pelas limitações do sistema que é restrito apenas às aplicações existentes na Play Store. 

Por Ebenezer Carvalho

Chromebook PC

Foto: Divulgação


Na última sexta-feira (7 de março), a HP revelou apenas com uma única imagem o seu novo tablet de baixo custo, o HP 8. A divulgação foi silenciosa, já que não houve textos, apenas uma imagem divulgadora. O aparelho é servido com uma tela de oito polegadas, com um design chamativo, por ser desenhado em cor branca com detalhes prateados. A diferenciação se deu para destacar do preto escolhido pela marca para sua linha Slate. O preço do aparelho é bem razoável para o mundo dos tablets: o gadget tem preço sugerido de US$ 169,99, algo em torno de R$ 400, fazendo a conversão para o dólar atual.

As configurações, no entanto, são modestas, assim como o preço. O HP 8 é barato em comparação com outros tablets, mas é simples para o uso mais complexo e é limitado em possibilidades. O aparelho possui o sistema Android 4.2.2 Jelly Bean e utiliza um processador de quatro núcleos da empresa chinesa Allwinner, que daí se consegue visualizar como a HP possibilitou o barateamento do equipamento, já que a Allwinner oferece preços mais em conta. Entretanto, a escolha não é a mais comum no mercado tecnológico. O tablet tem 1 GB de memória RAM e possui 16 GB de armazenamento interno, com o tradicional slot para cartão SD, que possibilita a extensão para até 32 GB de memória.

A bateria, que é de 3.800 mAh, também é outro fator que deve ser considerado na apresentação do tablet. A configuração da bateria não é suficiente para aguentar a necessidade de energia exigida pela tela LCD de oito polegadas do produto. O destaque do aparelho vai mesmo para a tela, que consegue se diferenciar em comparação aos outros tablets de baixo custo. A resolução do display é de 1024 x 768 pixels e o equipamento só possui o Wi-Fi como método para se conectar a internet.

A HP também possibilita ao consumidor um armazenamento de 25 GB online no Box, serviço na nuvem que permite o compartilhamento de arquivos e a colaboração em tempo real.

Por Carolina Miranda


Um dos produtos mais procurados do mercado tecnológico são sem sombra de dúvidas os notebooks. Além de serem um aparelho de última geração, eles podem realizar uma grande quantidade de tarefas, sejam elas mais simples ou mais complexas, tudo irá depender das configurações do mesmo. No Brasil não é diferente, os brasileiros adoram este tipo de produto e sempre estão em busca de um lançamento de acordo com suas necessidades.

Uma das marcas mais importantes em relação a notebooks é a HP, marca consagrada mundialmente e que dispõe de uma grande quantidade de modelos e linhas de notebooks a disposição de seus clientes. Para aqueles que buscam um lançamento recente da marca, seja para trocar seu atual notebook ou até mesmo para quem vai comprar o seu primeiro, saiba que uma boa sugestão é o HP Pavilion 14. Mais informações a respeito do notebook você as encontra na continuação deste artigo.

O notebook HP Pavilion 14 é muito recomendado para aqueles que buscam um computador com alto desempenho, ou seja, uma máquina capaz de editar vídeos, editar fotos em alta definição, rodar games pesados, entre outras atividades. Tudo isso é possível através do HP Pavilion 14, já que o mesmo dispõe de uma placa de vídeo de 2GB. Além disso, vale ressaltar que o processador utilizado é o poderoso Intel Core i5, que pertence à quarta geração de processadores da Intel. Outro fator interessantíssimo são os 8GB de memória RAM, que lhe permite abrir mais de um programa sem nenhum problema.

O HP Pavilion 14 ainda dispõe de HD de 1TB de armazenamento, dois slots para cartão de memória e conectividades como o Bluetooth e HDMI. Você ainda encontra neste aparelho nada menos que três portas USB (sendo duas delas 3.0), leitor/gravador de CD e DVD, sistema operacional Windows 8 e tela de LED de 14 polegadas.

Você já pode encontrar o notebook nas melhores lojas do Brasil e principalmente em lojas virtuais onde o preço é a partir de R$ 2.630,43.

Por Bruno Henrique


O mercado tecnológico tem avançado cada vez mais, e paralelamente tem trago pessoas cada vez mais exigentes para este nicho.

Muitas pessoas desejam um notebook com um bom desempenho, mas que não precisam de muitos recursos, pois a grande maioria das funções não são muito complexas, como digitar textos ou ver filmes.

Este é o caso do Ultra book HP Pavilion 14-B060BR, que apesar do nome, possui configurações mais simples, mas que garantem vantagens que muitos notebooks mais modernos, como na hora de ligar, que é muito mais rápido do que muito notebook existente no mercado.

Esta vantagem é graças ao armazenamento de 32 GB, cujo armazenamento é feito em SSD, que faz com que os programas rodem com muito mais rapidez, um tipo de exigência que é bastante feita em por praticamente todos os usuários.

Foto: Divulgação

Outra vantagem deste tipo de aparelho é a tela de 14 polegadas, que é uma das maiores do mercado, além da tecnologia LED, onde a qualidade das imagens é muito boa.

Oprocessador Intel Core i3 apesar de não ser muito potente, mas possui uma boa Judá através da memória SSD de 32GB, que ajuda na abertura dos programas, que ficam muito mais rápida, além de um armazenamento muito bom de 500 GB  de disco rígido.

Por Jaime Pargan


HP Split x2A HP, fabricante americana de dispositivos eletrônicos, lançou no Brasil o modelo Split x2, um híbrido com tela de 13,3 polegadas sensível ao toque. O modelo touch de notebook pode ser transformado em tablet de acordo com o desejo ou necessidade do usuário. As configurações não surpreendem, contudo o aparelho dá conta do recado e pode ser usado por um usuário sem grandes pretensões, como edição de vídeos pesados ou jogos que exigem uma configuração elevada.

Equipado com Windows 8, o HP Split x2 possui um processador Intel Core i3 da quarta geração, um dos mais poderosos do mercado, além de memória interna de 64 GB SSD e memória RAM de 4 GB. O diferencial do modelo fica por conta do sistema Beats de áudio, que ainda apresenta dois alto-falantes de bom desempenho. Ideal para quem gosta de ouvir música com boa qualidade do áudio.

Outro ponto de destaque são as duas baterias, uma para quando ele for usado como notebook, que fica no teclado e outra para tablet, assim o aparelho pode ser acoplado de volta ao teclado, quando a energia do tablet estiver se esgotando.

O peso do Split x2 é de pouco mais de 2,22 quilos. Segundo a HP, o modelo será vendido por R$ 2,8 mil e começa ser vendido ainda em outubro

Por Robson Quirino de Moraes


Chromebook HP 11Possuir um notebook de qualidade e com a marca Google não deve ser tão difícil, já que a Gigante da Tecnologia acaba de anunciar que o Chromebook HP 11 deverá custar US$ 280, o que equivale a cerca de R$ 640, sem eventuais impostos. A revelação foi feita pelo próprio Google nesta terça-feira (8).

O notebook já está à venda em diversos países e um de seus principais atrativos é a bateria, que pode ser carregada por conectores via USB, assim como já acontece atualmente com smartphones ou tablets.

A parceria da empresa com a HP tem funcionado bem e a qualidade final do produto é inquestionável. O aparelho possui uma carcaça de plástico e pesa aproximadamente 1 kg. A tela possui o tamanho de 11,6 polegadas e tem tecnologia IPS.  Da mesma forma que seus antecessores, esse modelo também vem com o Sistema Operacional Chrome OS e diversos aplicativos do Google previamente instalados.

A parte de trás da tampa deve vir em diversas cores para atrair principalmente o público jovem. Já em termos de especificações técnicas, o Chromebook tem processador Samsung Exynos 5250, 2GB de RAM,  16GB de capacidade de armazenamento SSD, Bluetooth, Wi-Fi. Além disso, os usuários do HP Chromebook 11 terão direito a 100GB de armazenamento na nuvem, com a utilização do Google Drive por 2 anos e 60 dias de uso da loja Google Play Music All Access sem custos.

O notebook é a melhor opção para quem deseja ter um aparelho para trabalho de escritório e não pretende rodar aplicativos muito exigentes na máquina.

Por Ebenézer Carvalho


O sensor Leap Motion é um dispositivo que promete revolucionar a maneira como interagimos com nossos computadores e Sistemas Operacionais. Quem já assistiu ao filme Minority Report deve lembrar-se dos gestos que o personagem de Tom Cruise fazia com as mãos na hora de interagir com seu computador super moderno.

Pois é exatamente essa sensação que a HP vai proporcionar aos seus clientes com o lançamento do primeiro notebook no mundo a integrar o sensor de movimento Leap Motion. A nova versão do Envy 17 possui as mesmas especificações que o modelo original, porém, já vem com o sensor integrado, com o qual o usuário pode interagir com gestos e movimentos das mãos e dos dedos. O aparelho deve chegar ao mercado já no mês de outubro e com custo de cerca de 2.415 reais.

A tecnologia Leap Motion reconhece movimentos das mãos e de todos os 10 dedos, com velocidades de cerca de 290 quadros por segundo e um quadro de visão de 150 graus. Embora a tecnologia conte somente com o suporte de cerca de 100 aplicativos por enquanto, ela é bastante promissora. A cada dia surgem novas empresas interessadas em criar possibilidades para a utilização dos sensores e a HP deu o primeiro passo na frente das concorrentes. No Envy 17 ele fica abaixo do teclado e pode ser ativado e desativado pelo usuário a qualquer momento com a combinação entre a barra de espaços e a tecla Fn.

Além do Leap Motion, o hardware do Envy 17 é de causar inveja em muitos concorrentes. Ele possui processador Intel Core i3, i5 ou i7 de quarta geração, memória RAM de 8Gb e ainda gráficos dedicados com uma placa da Nvidia. Para fechar, a capacidade de armazenamento de 1Tb garante espaço de sobra para botar inveja em qualquer concorrente.

Por Ebenézer Carvalho


HP Slate 7 TabletA HP tenta se reestruturar após um período difícil. A empresa, que ainda não havia disponibilizado um tablet competitivo em relação aos preços de outros modelos de melhores características, lançou recentemente o Slate 7, um modelo acessível e com boas configurações.

O modelo vem equipado com um processador de 1,6 GHz e armazenamento de 8 gigabytes, podendo ser expansível até 32 GB usando cartão MicroSD. A câmera de 3 MP apresenta um bom desempenho, além da possibilidade de fazer vídeos em 720p em HD.

O diferencial do Slate 7 fica por conta do áudio desenvolvido juntamente com a Beats, fabricante de fones de ouvidos. O sistema operacional é o Android, na versão 4.1 Jelly Bean. Até então não haviam sido lançados modelos com essa plataforma no Brasil, somente como sistemas operacionais Windows. Somados ao Android, estão aplicativos como HP ePrint, para envio de imagens para uma impressora HP compatível.

O Slate 7 é vendido nos Estados Unidos por US$ 170, contudo ele foi lançado no Brasil pelo preço de R$ 699. O que representa R$ 200 a mais em relação aos diferentes modelos na faixa dos R$ 500. Contudo, vale a pena desembolsar um pouco mais pela qualidade da marca HP.

Por Robson Quirino de Moraes


A HP (Hewlett-Packard) informou os lucros do terceiro trimestre de 2013.

A empresa faturou US$ 1,39 bilhão revertendo o prejuízo de US$ 8,86 bilhões referente ao mesmo período de 2012. As ações da e HP também se valorizaram, apresentando o preço de US$ 0,71 a ação, frente à queda de US$ 4,49 por ação do mesmo período do ano passado.

O prejuízo ocorreu, principalmente, pela aquisição da Electronic Data Systems, em 2008. Contudo a boa fase da empresa oscila nos tempos atuais. O valor passou de US$ 0,86, para US$ 1 e depois registrou queda novamente.

A receita da empresa também recuou 8,2% entre o período de junho até agosto de 2013. O percentual já é o oitavo declínio trimestral da HP. Em maio a empresa havia previsto um lucro de US$ 0,84 a US$ 0,87 a ação, o que demonstra um positivismo da empresa, principalmente em relação às previsões dos analistas, entretanto o valor das ações estagnaram em US$ 0,71.

As coisas melhoraram para empresa americana também nos custos, que diminuíram 34%, sobretudo pelos valores gastos no ano passado para a reestruturação os quais chegaram a US$ 1,8 bilhão.

Por Robson Quirino de Moraes


Novo HP híbridoO tão esperado e especulado HP híbrido chega ao mercado com muitas expectativas. Ao que parece a HP não se conteve e adiantou em poucos dias o lançamento do aparelho, que oficialmente deveria ser lançado só na segunda quinzena de agosto.

O novo SlateBook x2 possui Tegra 4 e já pode ser comprado diretamente no site da HP. O valor do produto atendeu às expectativas de todos e se mantém na casa dos US$ 500.

Ao acessar a página oficial da HP você perceberá que existe uma dúvida acerca do dispositivo. É possível encontrar o mesmo aparelho listado tanto como um tablet quanto como um notebook, dúvida que só apimenta ainda mais o fantástico dispositivo da HP.

O SlateBook x2 vem com tela de 10,1 polegadas sensível ao toque e possibilita uma resolução máxima de 1930X1200. O modelo vem com Tegra 4 e pode alcançar os 32 GB de memória RAM. Visando aumentar sua autonomia, o SlateBook x2 vem com duas baterias, uma que alimenta o tablet e outra que alimenta o teclado, ambas se complementam a fim de proporcionar maior conforto e usabilidade ao usuário.

O dispositivo que mantém as duas partes unidas é extraordinariamente magnético, ou seja, teclado e tablet podem se desprender com facilidade.

Por Fernando Setoue


De acordo com a HP, o tablet Slate 7 deverá chegar às lojas do Brasil entre o mês de agosto e setembro deste ano. A informação foi divulgada pela própria companhia durante a HP Discovery, evento promovido pela empresa em Las Vegas, na segunda semana deste mês. A HP não informou o preço do aparelho. Entretanto, a empresa afirmou que o valor do dispositivo será bem competitivo.

O tablet Slate 7 chegará ao mercado com uma tela de 7 polegadas. A resolução do aparelho será de 600×1024 pixels. O processador será um dual-core de 1,6 GHz e a memória RAM será de 1GB. O sistema operacional do dispositivo será o Android  4.1 Jelly Bean. A câmera do aparelho não chama muito a atenção até porque é bem simples e conta com 3 megapixels.

Agora se tem uma coisa que merece destaque no aparelho da HP é o seu sistema de som. A expectativa é até bem justificada quando levamos em consideração que essa parte ficou a cargo da Beats, marca que na atualidade é uma das principais referências em tecnologia e qualidade de dispositivos sonoros.

Por Denisson Soares


Na última quarta-feira, dia 15 de maio, a HP anunciou dois computadores híbridos para a linha x2, que atualmente possui o Envy x2. Os aparelhos possuem sistemas operacionais diferentes, pois o Split x2 traz o Windows 8 como sistema, já o SlateBook x2 vem equipado com o Android 4.2.

O Split x2 contará com uma tela de 13,3 polegadas (com resolução de 1.366 x 7.668 pixels) e terá processador Core i3 ou i5. O tablet virá com portas USB (2.0 e 3.0), HDMI e entrada para cartões microSD. Além disso, o dock de teclado do aparelho ainda conta uma bateria secundária e espaço para um HD de 500 GB.

O SlateBook x2, por outro lado, contará com uma tela de 10 polegadas (com resolução de 1.920 x 1.200 pixels) e terá processador Nvidia Tegra 4. Da mesma forma que acontece com os híbridos de tablet e notebook, o teclado do modelo da HP conta uma bateria extra e um atalho para fazer buscas por voz no Google. Além disso, ele conta com um trackpad com suporte para multitouch, alto-falantes, leitores de cartões microSD e SD e entrada USB.

De acordo com a HP, os dois modelos estarão disponíveis para venda nos Estados Unidos a partir de agosto. O Split x2 custará US$ 800 (aproximadamente R$ 1.600) e o SlateBook x2 será vendido por US$ 480 (algo em torno de R$ 960). 

Por Felipe Santos Bonfim


O Slate 7 da empresa americana HP está sendo vendido a US$ 170,00 e promete aquecer mais a briga entre as principais fabricantes.

Com 7 polegadas de tela, o modelo da HP tinha previsão para lançamento o mês de junho, mas uma confusão nas datas fez com que a empresa alterasse a data de lançamento, para a sorte dos usuários.

Dentre as principais características do Slate 7 está o processador Cortex Cortex A9 Dual-Core de 1,6 GHz, memória de 1 GB, armazenamento de 8 GB expansível até 32 GB utilizando cartão de memória ou micro SD, tela de LCD HFFS com suporte para multitouch e resolução de 1024×600 pixels, duas câmeras, sendo a traseira de 3 megapixels e a frontal VGA,  conexão Wi-Fi, Bluetooth, EDR e DLNA (tecnologias para conectividade).

Disponível nas cores vermelha e prata, o modelo ainda apresenta bateria de íon-lítio que tem duração superior a 5 horas de acordo com o uso. As dimensões são 19,7 x 11,6 x 1,07 cm (L x A x E) e peso de 370 gramas. O sistema operacional é o Android Jelly Bean, como o modelo Nexus 7, do Google.

O principal diferencial do Slate 7 é o sistema de áudio Beats que dá mais qualidade às reproduções.

Por Robson Quirino de Moraes


Há pouco tempo, a HP anunciou o mais novo integrante da família Pavilion: o all-in-one Pavilion 20.

O novo dispositivo é nada menos que a nova opção de venda de aparelho com o sistema operacional Ubuntu da HP, que será o primeiro desktop da HP com a plataforma a ser vendido fora do mercado chinês.

Além disso, o Pavilion 20 possui display de 20 polegadas, tem processador com 1.4 GHz e utiliza APU E1-1200 com dois núcleos. Por ter essa APU, o dispositivo também possui uma GPU Radeon HD 7310, para a felicidade de muitos usuários.

Não bastasse isso, o tudo-em-um vem com memória RAM de 4 GB em DDR3, possuir capacidade interna de armazenamento de 500 GB, tem resolução de 1600 x 900 pixels, possui duas entradas USB 3.0, tem quatro entradas USB 2.0 e possui leitor de cartão de memória.

Mesmo que não tenha grandes potências de hardware, o novo Pavilion chamou a atenção por ser a aposta da HP na estreia do mercado de computadores com Linux em outros países. Com essa atitude, a HP consegue ficar um pouco mais próxima da Dell no setor de mercado de computadores com sistema operacional Ubuntu pré-instalado (ao invés de Windows).

A venda do novo computador já começou na Europa e lá ele custa cerca de US$ 500, o que equivale a R$ 1.000.

Por Guilherme Marcon


Os Ultrabooks estão ganhando cada vez mais espaço na hora das pessoas escolherem um PC portátil para utilizarem na realização das tarefas do trabalho ou para uso pessoal. A vantagem do ultrabook, além de do seu tamanho, está no fato de serem mais potentes, porém mais leves, utilizando outras formas de mídias removíveis como o cartão SSD, HD externo e também a transmissão de dados sem fio com grande rapidez. 

Olhando esse mercado a indústria de eletroeletrônicos  HP lançou o Ultrabook HP Envy 4, esse aparelho é um notebook potente, porém  ainda mais leve e prático que os notebooks comuns. 

Os diferenciais começam pelo seu design moderno e pela inspiração nos ares futuristas, assim ganham maior destaque. Na sua configuração ele vem com  processador Intel Core i5 de terceira geração, 4 GB de memória RAM, HD de 500 GB e 32 GB de armazenamento com catão de memória SSD. 

O HP Envy 4 vem com sistema operacional da Microsoft Windows 8 e a tela é de 14 polegadas. Por ter uma configuração potente o notebook leva somente 10 segundos para iniciar o Windows 8 e a navegação é ainda mais eficiente. 

O vem com um sistema de som de alta qualidade graças a tecnologia Beats Audio, que dá uma profundidade diferente ao som quando está utilizando os fones de ouvido mas não deixa a desejar quando é dispensado o uso dos fones, pois tem um bom equilíbrio de graves. 

Um dos pontos forte desse equipamento está na bateria de longa duração com uma autonomia de até 8 horas. 

Podemos dizer que um ponto negativo seria o seu preço que varia entre R$ 3.299 e R$ 3.499, mas se levarmos em conta o design e a sua performance, o alto investimento compensa.

Por Mariana Rodrigues


A empresa Americana HP (Hewlett-Packard) apresentou na CES 2013 (Consumer Electronics Show) dois novos notebooks o Pavilion TouchSmart Sleekbook que tem a tela sensível ao toque e o Pavilion Sleekbook que não tem a tela touchscreen, isso é o fator que melhor diferencia os dois aparelhos.

A HP está apostando nas telas de 15,6 polegadas (1366 x 768 pixels), baterias removíveis e o teclado grande para acomodar os teclados numéricos.

Os dois modelos são leves e finos o suficiente para serem considerados um ultrabook, mas mesmo tão parecidos não são, pois ambos possuem APUs da AMD e por isso não podem ser chamados de ultrabook.

O Pavilion TouchSmart Sleekbook terá o hardware mais potente com APU A8, 6 GB de RAM, 750 GB de espaço no disco rígido e terá somente 23 mm de espessura. Já o outro modelo Pavilion Sleekbook terá umAPU Trinity A6, 4 GB de RAM, 500 GB de espaço no disco e terá somente 21 mm de espessura.

Ambos os modelos terá a tecnologia HP CoolSense que melhora o rendimento do sistema de refrigeração do aparelho em varias condições de uso.

Por Mariana Rodrigues


Este mês, a HP anunciou sua nova geração de servidores da família ProLiant. Os Gen8, como serão chamados, têm a pretensão de serem os servidores mais auto-suficientes do mundo em desenvolvimento há mais de 2 anos.

Para empresas que dependem de seus sistemas funcionando integralmente, esse será um grande avanço, pois seu objetivo principal é reduzir as intervenções técnicas manuais na parte física dos servidores, reduzindo o tempo em que estes passam desligados, evitando prejuízos.

O Servidor se utilizará de tecnologia de ponta e fará apresentação inteligente de dados importantes, não só sobre seu funcionamento, mais como de todos servidores a sua volta conectados no mesmo rack.

Prometem através de ações inteligentes interligadas (mais de 150 inovações nessa nova plataforma) uma economia de até 90% no tempo de suporte segundo o fabricante.Através de relatórios automaticamente reportados ao administrador da rede, o novo sistema se propõe prever problemas antes que estes alcançem pontos críticos.

Os servidores irão ser comercializados sob diversas configurações a partir deste mês de março. Como em outros produtos deste tipo da HP, os servidores Gen8 continuarão com suporte para redes Windows e Linux.

Por Bruno Hardt


Mais um modelo de computador portátil está sendo oferecido no mercado mundial de eletrônicos e a novidade do momento é o notebook HP Pavilion g4-2117.

Dentre as principais características deste aparelho estão o processador AMD A6, tela de 14 polegadas, memória RAM de 2 GB, entradas para USB 2.0 e 3.0, sistema operacional Windows 7 e conexão para Bluetooth e Wi-Fi.

Mas o grande diferencial deste modelo fica mesmo em sua alta capacidade de áudio. O HP Pavilion g4-2117 vem com o sistema Dolby Advanced Áudio com som de alta qualidade e volume.

Fonte: Tecnologia.uol

 

Além disso, este notebook possui o sistema HP CoolSense que realiza o controle de temperatura e melhora a sua performance.

Para quem gostou das inovações deste novo modelo, ele pode ser adquirido com valores a partir de R$1.400,00 sendo ideal para atividades básicas do dia-a-dia.

Por Ana Camila Neves Morais


No evento anual da Discover, realizado em Frankfurt (Alemanha), a mundialmente conhecida HP, apresentou o seu mais novo produto, chamado de EliteBook Revolve. Pertencente da família híbrida da HP, o aparelho é chamado de híbrido por exercer duas funções, a de um notebook convencional e também de um moderno e funcional tablet. E o mais interessante disso tudo é o seu sistema operacional, pois o EliteBook vem equipado com o novíssimo Windows 8, que abre um leque enorme de interação entre você e o aparelho, juntamente com sua tela touchscreen. 

O novo produto da HP promete conquistar dois tipos de mercado, o doméstico e o empresarial, pois se trata de um aparelho leve com design elegante, tela giratória, além de permitir o uso de canetas touch.   

O HP EliteBook vem com uma tela de 11,6 polegadas, resolução máxima de 1366×768 e tecnologia Gorilla Glass, que permite uma durabilidade maior da tela.

O aparelho vai ser lançado em três versões diferentes. Sendo assim, você poderá optar pelos processadores Intel Core i3, i5 e i7 e até 256 GB de armazenamento.   

A data de lançamento e vendas do EliteBook Revolve está marcada para março de 2013, e ainda não teve seu valor divulgado pela empresa.   

Por Bruno Mathiuzzo


A HP vem inovando o mercado com suas tecnologias para tentar agradar a grande demanda que anseia por novidades. Sendo assim, recentemente a empresa revelou informações sobre sua nova impressora que fará parte da linha Envy.

A divulgação do novo periférico foi feita numa conferência global chamada Influencer Summit, que aconteceu em Shangai, na China.

De acordo com o site Engadget, que esteve presente na divulgação do produto, o aparelho terá um visual bastante atrativo e trará um grande apelo comercial. O dispositivo terá painel de controle em vidro e vários detalhes feitos de metal, como por exemplo, a barra de digitalização do scanner. Os detalhes presentes no design da nova impressora mostram como o mercado está cada vez mais preocupado com a importância da aparência de seus dispositivos. Além disso, o design que a impressora traz mostra a ideia da empresa de integração com seus outros aparelhos como, por exemplo, seu ultrabook Envy Spectre XT.

A impressora deverá substituir a Envy 100, que foi lançada há dois anos pela HP, mas até agora não foi divulgada nenhuma informação sobre quanto o gadget irá custar o qual a data em que ele será lançado.

Por Guilherme Marcon


A HP resolveu relançar o antigo Pavillion DM1, um netbook que conta com APU AMD E-420, mas desta vez todo acabamento externo e os wallpapers da nova versão foram criados pelo renomado estilista Alexandre Herchcovitch.

A máquina vem com tela de 11,6 polegadas, três portas USB, saída HDMI, Bluetooth, Wi-Fi e assim como a grande maioria dos netbooks, o DM1 não possui unidade de disco óptico.  O modelo é completamente estilizado, tanto na parte externa quanto na parte interna, e ainda vem acompanhado de uma capa dourada, o que mostra que o novo produto possui um foco maior no mercado feminino.

O netbook ainda traz um pacote de softwares totalmente customizado, que conta com dois editores de imagem, o Perfect365 e o Adobe Photoshop Elementes 10, e um jogo para aqueles que adoram moda e gostam de brincar de estilista, chamado It Girls, da Crowdstar.

Com as mudanças que foram feitas no aparelho, o valor sugerido pela HP para esta edição especial assinada pelo Alexandre Herchcovitch é de R$ 1.799, o que é um preço bastante salgado tendo em vista que na loja oficial da HP a versão mais básica do DM1 sem a assinatura do estilista, tem preço sugerido de R$ 1.099.

Por Guilherme Marcon


Quem acompanha as matérias de tecnologia que escrevo, já deve ter lido a frase “Guerra de Tablets” ou algo do gênero. Porque é exatamente esse o cenário atual. 2011 deverá testemunhar uma verdadeira explosão nesse tipo de computador portátil e ninguém quer perder espaço. Mas nos últimas semanas essa tal “guerra” ganhou contornos mais agressivos depois que a HP acusou a RIM de plágio.

Segundo a HP a interface QNX do tablet Blackberry Playbook traz muitas semelhanças com a interface do sistema operacional da antiga Palm, o WebOS, que hoje pertence à HP. Um executivo de marketing afirmou que essas semelhanças são “sinistras”. A RIM, claro, rebateu as acusações e afirmou que partiu do zero para definir sua experiência de usuário. De acordo com a companhia canadense não houve qualquer intenção de copiar a HP.

Por enquanto, não sabemos se a HP pretende processar a RIM. É bom lembrar que enquanto as duas empresas discutem, a Apple e o iPad vão, como se diz no Rio Grande do Sul, “patrolando” a concorrência. Em outras palavras, vão passando por cima de todo mundo.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: BGR


Nos próximos meses serão lançados pelo menos 2 tablets de fabricantes de peso. A Apple deve lançar o seu iPad 2 possivelmente no mês seguinte, e a HP deve antecipar o lançamento do TouchPad para abril. Segundo o site da empresa, o tablet deve começar a ser vendido ainda no verão (americano). Porém, o portal Digitimes informou em nota que é bem provável que o HP TouchPad comece a ser vendido ainda em abril.

O Touch Pad é o primeiro tablet que vem embutido com o sistema operacional WebOS e será bem similar ao iPad, com as mesmas dimensões e resolução de tela.

Especulações à parte, o que se tem certeza é que muitas novidades no segmento de tablets chegarão em breve nas lojas, como o Xoom da Motorola, além de outras fabricantes como a LG, Samsung e Toshiba, que também estudam possibilidades em lançar seus tablets.

Por Andrea Gomes


No mundo da informática, a praticidade é o que mais conquista clientes. Por isso, os tablets fazem tanto sucesso. Sem o uso do mouse ou do touch pad, eles trazem muitas facilidades para o usuário, além de seu design moderno.

O mundo da tecnologia gira rápido, pois ela se inova a cada ano. Se a empresa não surgir com novos produtos, ela se torna obsoleta. Por isso, a HP adquiriu a Palm, criadora do Palmtop, e juntas, lançaram recentemente, em São Francisco, um tablet que utiliza o sistema operacional WebOs, desenvolvido pela Palm que, segundo especialistas, é melhor que o iOS da Apple, atualmente com a maior parte do mercado com o iPad.

No entanto, para superar sua concorrente, a HP terá que começar a vender seu produto em grande escala, pois assim conquistará os desenvolvedores de aplicativos, fundamentais para o sucesso da tecnologia móvel.  

Por Flávia Yoshitani


Fornecedores asiáticos se tornaram importantes rivais das empresas americanas no mercado de computadores. Se há alguns anos atrás os grandes fabricantes de Taiwan e China eram somente unidades de baixo custo para a fabricação para as grandes empresas dos EUA, hoje o negócio é diferente. Diversos fabricantes de Taiwan se tornaram marcas internacionais e a China se torna um jogador competitivo ao se portar como cliente e fornecedor.

A marca chinesa Lenovo é um exemplo disso: hoje é o quarto maior fornecedor de PC no mundo. E o número dois do ranking fica com a marca de Taiwan Acer.

O topo do ranking mundial ainda pertence à Hewlett-Packard (HP), cabendo o terceiro lugar a Dell, mas os asiáticos não cansam de se aproximar, como a Asus, marca de Taiwan também jogando pesado na sexta colocação.

Por A. Garcia


Poucos dias depois de deixar escapar que vários dispositivos com o sistema operacional WebOS seriam lançados em breve, surgem detalhes dos tablets da HP. Aliás, os aparelhos deverão vir com a marca HP Palm e deverá ter dois tamanhos: 7 e 9 polegadas. Eles atendem pelo codinome de Opal e Topaz.

Segundo os rumores, o modelo menor deverá ser lançado por volta de Setembro nos EUA através de grandes redes de varejo como Best Buy e Amazon. Por enquanto não há informações sobre preços. No entanto, a Palm marcou para o dia 9 de Fevereiro um evento misterioso em São Francisco que pode por mais luz sobre os lançamentos.

Para terminar, eis mais alguns detalhes sobre os tablets da Palm: eles devem contar com porta microUSB e duas câmeras. E mais: eles não devem contar com um botão Home como o iPad. Em seu lugar deve haver uma espécie de área sensível como nos antigos Palmtops, que servirá para controlar diversas funções nos aparelhos.

Por Maximiliano da Rosa


O recém inaugurado filão dos tablets que nasceu com o lançamento do Ipad da Apple parece se descortinar como um ótimo caminho para os computadores portáteis. Tanto é assim que a Hewlett-Packard, a mundialmente conhecida HP, está lançando um novo tablet, conforme matéria do site Tecnologia UOL que além de ter boa portabilidade, qualidade fundamental de um tablet se aproxima mais do desempenho de um computador portátil adequado ao formato de um tablet.

De acordo com avaliações, o Slate 500 da HP diferentemente dos seus concorrentes que possuem um jeitão de celulares inteligentes, aposta em um desempenho e funcionalidades mais próximas de um computador voltado principalmente para clientes empresariais. Na definição dos próprios diretores da HP o Slate 500 é como um computador com todas as suas funções na forma de um tablet. Outro dado que contribui para isso é o fato do sistema operacional ser o Windows 7, muito usado por empresas em computadores convencionais o que com certeza facilitará sua aplicação no ambiente empresarial, facilitando o seu uso e sua aceitação.

Seu processador é um Intel Atom, o mesmo usado em netbooks e aí está outra diferença em relação aos tablets concorrentes que utilizam chips padrão ARM, normalmente utilizados em celulares inteligentes.

O novo tablet da HP vem com tela de 8,9 polegadas, 64 GB de armazenamento, caneta especial e sistema multitoque. A autonomia da bateria é de cinco horas em uso. Possui wi-fi, no entanto não tem capacidade de conexão com redes de celulares de alta velocidade. E vem com duas câmeras, uma frontal e outra traseira e porta USB.

O preço também será um pouco mais caro do que o dos outros tablets: US$ 799 e já está a venda na loja online além da venda realizada pela equipe de vendas diretas da HP.

Por Mauro Câmara


Depois de comprar a Palm, e haver rumores de que o tablet Slate poderia não ser mais lançado (pelo menos com a pareceria de Microsoft e Intel), a HP acaba anunciar a renovação de sua linha de notebooks.

O grande destaque fica por conta da grande presença da AMD como fornecedora de chips para a companhia americana, que é a maior fabricante de PCs do planeta, e responde por 1/5 do mercado internacional de computadores, vende 120 notebooks por minuto.

Uma boa notícia é a redução de preço da linha Envy. Nos Estados Unidos, o modelo mais básico poderá ser encontrado por menos de mil dólares, 300 dólares mais barato que o preço anterior.

As versões atualizadas de seus notebooks Pavilion, Mini e Envy devem começar a ser comercializadas a partir do fim de Maio, início de Junho.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Terra


A primeira aparição do Slate, futuro tablet da HP, foi pelas mãos de Steve Ballmer na CES em Janeiro deste ano. De lá para cá, com exceção de um vídeo, quase nada se viu do dispositivo que foi apontado por alguns como único concorrente à altura do iPad.

Mas agora, talvez seguindo os passos do Courier da Microsoft (que foi engavetado), o projeto do Slate pode ser abandonado pela HP. Pelo menos o que se sabe é que a empresa abriu mão de utilizar o Windows 7 e, possivelmente, os chips da Intel. Motivo: os requisitos de memória e o consumo da bateria.

A verdade é que com a compra da Palm, a HP tem a faca e o queijo na mão para seguir o outro caminho, e utilizar a tecnologia daquela empresa para desenvolver um tablet de verdade. Assim como o iPad foi considerado um iPhonezão, ou seja, um iPhone gigante, a HP poderia fazer o mesmo e lançar um Palm Treo com tela maior.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: UOL


Parceria HP e Tim

Na compra do Netbook HP Mini 3G 1150BR com modem 3G integrado nas lojas Tim ou virtual Tim você ganha até R$400 reais  de desconto. Também ganha desconto os clientes que tiverem o Tim Web ilimitado, por mais de 10 meses.

O mini notebook tem modem 3G interno, processador Atom de 1,6 GHz, 1 GB de RAM, HD de 80 GB, tela de 10,1 (1024 x 600), Wi-Fi, Bluetooth, Ethernet e 2 portas USB, designer simples com vantagem no tamanho da máquina pois  proporciona facilidade de transportar para qualquer lugar.

O netbook custa R$1799,00  mas com a parceria HP e Tim o cliente pode comprar por R$1.399,00 e dividir em até 10 vezes sem juros. Vale a pena comprar um netbook quem não precisa usar muitos recursos, ou seja,  ele serve para quem  não necessita de aplicativos pesados bastando apenas  ter acesso a internet e utilizar os programas da Microsoft Office.





CONTINUE NAVEGANDO: