O mercado de aparelhos tecnológicos está sempre em movimento, com lançamentos, novidades e opções de compra para o bolso do consumidor. São modelos, formas e funções cada vez mais distintas para agradar o cliente e abocanhar umas cifras a mais nos lucros.

De acordo com pesquisas, um dos produtos que mais saltaram no quesito “campeões de vendas” foi o tablet. Flexível, dinâmico e moderno, ele tem se tornado o queridinho dos brasileiros e vem eliminando das prateleiras outros artigos que já foram sucesso, como os computadores.

A Samsung, conhecida mundialmente por sua qualidade e requinte, lançou em Nova York sua nova linha de tablets “Premium”, intitulados de Galaxy Tab S. Por enquanto apenas dois modelos foram apresentados, um com 8,4 polegadas e o outro com 10,5.

A ideia é de colocar no mercado tablets mais leves e finos que o iPad Air, já que a espessura, é de 6,6 milímetros e peso de 298 gramas e 467 gramas, respectivamente.

No quesito resolução, a Samsung dá um show, sendo a resolução de ambos 2560×1600, na proporção 16:10.

O software utilizado pela marca é o Android 4.4 (Kit Kat), com algumas modificações feitas especialmente para incorporar as características da empresa. O diferencial também se dá, pelo uso da interface Magazine UX, para tablets que misturam a Touchwiz com alguns blocos dinâmicos.

Usam também processador Snapdragon 800, possui 3 GB de memória RAM e armazenamento que pode variar de 16 GB e 32 GB, com slot para cartão de memória de até 128 GB. Os tablets tem conexão Wi-fi, mas não há a possibilidade de conectá-lo com o celular.

Para os aficionados em tecnologia e estão sempre em busca de novidades, vale lembrar que esses modelos irão chegar primeiramente no mercado europeu e americano no próximo mês.

Ainda não se sabe exatamente quando chegaram no Brasil, quais serão os valores fechados para a comercialização de ambos, porém, se sabe que os valores sugeridos são de US$ 400 pela versão de 8,4 polegadas e US$ 500 pela de 10,5 polegadas.

Muita novidade ainda está pra surgir neste ano, fique atento!

Por Juliana Alves de Souza

Foto: divulgação


A família de tablets Android da Samsung acaba de ganhar mais dois membros. Durante a Consumer Eletronics Show (CES) 2014 em Las Vegas, a empresa apresentou o Galaxy TabPRO e o Galaxy NotePRO. Estes possuem a interface Magazine UX, uma versão da tecnologia TouchWiz utilizada em telas maiores, facilitando a organização de pastas e aplicativos. Caso já tenha utilizado o Flipboard, não haverá dificuldades para operar o Magazine UX. Há três tamanhos de telas disponíveis: 8.4, 12.2 e 10.1 polegadas.

Ambos os tablets virão com diversos recursos de software da Samsung, como o MultiWindow. Este permite que o usuário utilize quatro aplicativos em janelas separadas ao mesmo tempo na tela. Quanto a navegação na internet, os dois modelos terão acesso Wi-Fi, 3G E LTE. Lembrando que o tipo de conexão depende do país e da região onde o aparelho está localizado. O Galaxy NotePRO por possuir uma tela maior, terá suporte à caneta Spen, dando maior precisão aos movimentos. As novas telas com ou sem a caneta, são muito sensíveis ao toque.

As versões de 12.2 polegadas do NotePRO e do TabPRO possuem telas com resolução WQXGA (2560×1600 pixels), 2GB de memória RAM, processador quad-core Qualcomm Snapdragon 800 de 2.3 GHz e bateria de 9500 mAh.  Já os modelos de 8.4 e 10.1 polegadas diferem do anterior por terem respectivamente, baterias de 4800 mAh e 8220 mAh. A duração do tempo da bateria pode variar dependendo do uso do produto. A capacidade de armazenamento externo e a resolução da câmera não foram citadas.

Não há datas para o lançamento dos dois produtos aqui no Brasil e nem o custos para um usuário adquirir essa nova tecnologia. O preço de cada versão irá variar, dependendo do tamanho da tela desejada. Segundo a empresa Samsung, os dois modelos devem estar nas lojas ainda no primeiro trimestre de 2014 dependendo do país.

Por Danilo Gonçalves

Foto: divulgação


O vice-presidente de Telecom da Samsung, Silvio Stagni, anunciou que seus novos tablets o Galaxy Tab de 10,1 e 8,9 polegadas chegarão ao brasil em junho e julho deste ano, respectivamente.

Com a chegada dos novos tablets, o Galaxy Tab de 7 polegadas vai ficar R$ 100 mais barato. Porém, as duas versões do Galaxy Tab não virão com recursos de TV digital e analógica e nem suporte para chamadas de voz, funções presentes na versão de 7 polegadas.

Assim como o Galaxy Tab de 7 polegadas, os outros dois modelos também serão fabricados no Brasil. O tablet de 10,1 polegadas será vendido por R$ 1,7 mil, já o de 8,9 polegadas sairá por R$ 1,6 mil.

Com a chegada dos dois novos modelos a Samung pretende se tornar a maior fabricante de tablets do mundo.


Depois de estrear no mercado de tablets com o Galaxy Tab, em novembro nos Estados Unidos, as taxas de devolução do produto têm sido elevadas. Segundo o ITG Investment Research, que acompanhou as vendas em cerca de 6.000 lojas online, a taxa de retorno está em torno de 16%.

Analistas do ITG não explicaram as possíveis razões para a elevada taxa de retorno do Galaxy Tab e funcionários da Samsung não foram encontrados para comentar o assunto. Alguns blogueiros têm especulado que o alto número de devoluções pode estar relacionado com o sistema operacional. O Froyo, que roda no Galaxy Tab, é uma versão do Android e segundo o Google (fabricante do Android), é um sistema criado para rodar em smartphones, não em tablets.

O alto número de devoluções tem preocupado a Samsung, ainda mais considerando a taxa de retorno de seu principal concorrente o iPad: cerca de 2%.

Por A. Garcia

Fonte: Computerworld


A demanda por tablets parece que não irá acabar tão cedo. Depois de lançar moda e virar objeto de desejo ao redor do mundo, o iPad finalmente possui um concorrente à altura. O tablet produzido pela Samsung, o Galaxy TAB, já bateu a marca das 600 mil unidades vendidas em um mês, segundo a fabricante.

Segundo a Samsung, se as vendas continuarem neste ritmo, provavelmente ele feche com folga a marca de um milhão de unidades até 2011. Uma das vantagens do Galaxy e que pode colocá-lo no topo em breve, é o fato de já estar disponível em mercados emergentes, como o Brasil.

Ao contrário do iPad, lançado em abril e que é vendido em países selecionados pela Apple, o Galaxy se mostra mais acessível.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: IDG Now!


Os usuários do Galaxy Tab, da Samsung, que começou a ser vendido no Brasil dia 18 deste mês, poderão ler o conteúdo completo da Folha de São Paulo gratuitamente, por tempo limitado.

O acesso se dará por meio de um aplicativo da Folha, que acompanha o tablet. Inicialmente, o usuário terá acesso ilimitado a toda a produção jornalística da empresa, inclusive do jornal impresso, sem pagar nada, por um período de degustação. Terminado esse período, o uso do aplicativo será pago.

O aplicativo também pode ser usado em celulares que utilizam o sistema operacional Android 2.2. Para tanto, é necessário baixá-lo no Android Market, site de downloads do sistema.

O Galaxy Tab P100 está sendo vendido por preços que variam entre R$ 1.000 e R$ 2.000, de acordo com o plano e operadora escolhidos.

Por André Gonçalves


Já sabemos que os dias de paz do iPad, com ele reinando sozinho e absoluto no mercado estão com os dias contados. Embora alguns modelos de tablets até já apareçam aqui e ali, nenhum é um concorrente de peso. Esses, aliás, navegam num mar de promessas. Dell, RIM, HP e outros estão quase um no atrasados em relação à Apple, que fatura alto com seu tablet.

Pelo menos a Samsung é uma que já começou a se mexer. No Brasil, o tablet Galaxy Tab agora já tem dia certo para estrear: o dia 18 de Novembro. A data foi confirmada por executivos da empresa coreana. Com tela de 7 polegadas, o tablet da Samsung roda o Android 2.1 e tem duas câmeras. Seu preço será de 2700 reais, desbloqueado.

Apesar de mais caro e menor, o aparelho tem alguns recursos que o colocam em vantagem em relação ao iPad como as câmeras e o acesso à TV digital no padrão brasileiro.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: MacWorld





CONTINUE NAVEGANDO: