A luta no mercado de leitores digitais segue acirrada. Depois da Barnes & Noble lançar uma versão wi-fi do seu dispositivo, o Nook e baixar o preço da versão 3G, a Amazon tratou logo de revidar para não ir ficar na lona.

Poucas horas depois da BN, a empresa anunciou redução nos preços do Kindle. A resposta foi necessária porque as ações da empresa tiveram uma rápida desvalorização na Bolsa de Nova Iorque após o anúncio da Barnes & Noble.

Assim, o preço do Kindle caiu drasticamente de 259 dólares para 189 dólares. Não se sabe se haverá uma guerra entre as duas livrarias. Até porque quem anda ganhando espaço nesse mercado de livros digitais é a Apple.

No fim, o que pode acontecer mesmo é que a Amazon e a Barnes & Noble acabem morrendo abraçadas. A Amazon, pelo menos, não depende apenas do Kindle, já que tem seu aplicativo de leitura para iPad e em breve também para Android e BlackBerry.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: Terra





CONTINUE NAVEGANDO: