Outubro está sendo o mês de novidades da Apple. Somente neste mês durante um evento de tecnologia em San Francisco, a empresa apresentou sua nova geração de iPads, como o iPad Air e também o  MacBook Pro com tela de Retina de 13 polegadas e 15 polegadas que chegou para substituir os modelos anteriores, também de 13 e 15 polegadas.

Agora o MacBook Pro virá apenas com uma tela de Retina e os modelos de 15 polegadas começaram a ser vendidos no dia 22 de outubro. Já a venda do modelo de 13 polegadas ainda está sendo definida, mas a empresa pretende inseri-lo no mercado para compras no final de 2013.

O MacBook  de 13 polegadas com tela de Retina vai custar em média  US$ 1.300, já o de 15 polegadas com gráficos integrados vai custar US$ 2.000. Ambos com preços surpreendentemente menores que os modelos anteriores que eram de US$ 1.500 e US$ 2.200, respectivamente.

MacBook Pro de 13 polegadas – Especificações:

O novo MacBook Pro de 13 polegadas terá uma tela de Retina  com resolução 2560 × 1600 e um chip Dual-Core Intel Haswell integrado com Iris (HD 5100) gráficos. O novo modelo é um pouco mais fino e mais leve e aumenta a vida útil da bateria de sete para nove horas.

O armazenamento SSD integrado é agora PCI-e com base 60% mais rápida do que os MacBooks originais de 13 polegadas, também houve melhorias na conexão por Wi-Fi, e há uma tomada Thunderbolt 2.

MacBook Pro

Foto: Divulgação

MacBook Pro de 15 polegadas – Especificações:

O novo MacBook Pro de 15 polegadas terá tela de Retina  com resolução 2880 × 1800,  é equipado com um chip Quad-Core Haswell integrado com Iris Pro (HD 5200) gráficos, com a opção de gráficos discretos. A vida da bateria tem durabilidade de até oito horas.

A Apple não mencionou se o novo MBP de 15 polegadas é mais fino ou mais leve que os modelos anteriores.

Por Jaime Pargan


Quem estava esperando para comprar um MacBook, da Apple, no mercado brasileiro agora pode ter uma chance de efetuar a aquisição. Isso porque a fabricante reduziu o preço do MacBook Pro com display de Retina em todas as lojas brasileiras.

Esse anúncio foi feito logo na sequência da informação de queda dos preços no mercado norte-americano para o mesmo produto. Parece que essa redução nos preços foi motivada pela queda de valores que houve no Natal do ano passado, que chegou a quase 21%.

No território brasileiro, a queda do valor chega a cerca de R$ 1.300 e, com isso, o MacBook Pro com 13 polegadas e capacidade de armazenamento em SSD de 128 GB pode ser comprado nas lojas oficiais da Apple, incluindo a loja online, pelo preço de R$ 6 mil. A versão com armazenamento de 256 GB pode ser comprada por R$ 7 mil. Os preços anteriores eram R$ 7 mil e R$ 8.300, respectivamente.

Além da queda de preços, novas versões do MacBook Pro com 15 polegadas foram lançadas, sendo esta com processador de quatro núcleos com 2.4 GHz e 2.7 GHz, e também memória RAM de 16 GB. Os valores dessas versões variam entre R$ 10 mil e R$ 12.600.

Por Guilherme Marcon


O mundo da tecnologia está com mais uma novidade no seu mercado de ofertas, pois o computador portátil MacBook Pro – da Apple – surgiu com sua nova versão. Nesta inovação, o seu modelo básico possui Retina Display com 8 GB de memória RAM, que é soldada na placa-mãe, impossibilitando qualquer aumento na mesma por meio de outros dispositivos como cartões de memória.

Outra novidade deste novo aparelho é o armazenamento SSD que usa um encaixe, que é propriedade da Apple, e por isso nenhuma outra empresa que fabrica a SSD produz esse tipo de armazenamento.

A bateria deste computador portátil é colada na sua carcaça e sem parafusos (como nos modelos anteriores do MacBook). Sua tela possui componentes que são fundidos totalmente no aparelho segundo o site iFixit, o qual desmontou todo o aparelho.

Os editores deste site possuem o costume de desmontar cada novo aparelho que a empresa Apple lança e a escolha da vez foi o novo MacBook. Após esta ação, devido às inúmeras restrições desse computador portátil, o iFixit deu ao mesmo o coeficiente de reparabilidade 1  que é considerado o pior que qualquer gatget pode receber.

Por Ana Camila Neves Morais


O Apple Insider revelou algumas informações sobre o novo MacBook Pro, que provavelmente seguirá o perfil do MacBook Air, o notebook tão conceituado da Apple. Conforme eles, enquanto as concorrentes investem e tentam se igualar ao “conceito Apple”, a própria fabricante quer se distanciar ainda mais redesenhando de forma radical o seu MacBook Pro.

Caso haja uma confirmação mais concreta, os aparelhos poderão deixar de lado os grandes HDs e substituí-los pelos SSDs do MacBook Air, além dos drives óticos. A intenção é ampliar a fatia do mercado da Apple, adequando os seus computadores aos notebooks finíssimos que se tornaram cada vez mais a opção dos consumidores.

Primeiramente, a Apple irá reestruturar os modelos de 15 polegadas e depois os de 17 polegadas. Mas, ainda assim, o maior desafio é manter o preço “baixo”.  Porém, em contrapartida, a Apple simplesmente domina o mercado de carcaças de alumínio, e tendo em vista a escassez desse produto, os concorrentes acabam utilizando plástico, o que os torna inferiores.

De acordo com o Apple Insider, após serem lançados os ultrabooks da primeira geração do MacBook Air, a fabricante simplesmente duplicou a participação de mercado, pulando de cerca de 1,340 milhões de unidades para cerca de 3,700 milhões de unidades vendidas.

Com certeza será um grande salto para os computadores da Apple. Será que a concorrência conseguirá se manter?

Por Guilherme Marcon


A Apple lançou no dia 24 de fevereiro a linha de notebooks MacBook Pro que vem com processadores Intel de última geração quad-core e dual-core. O MacBook está disponível em 13, 15 e 17 polegadas a partir dos respectivos valores: R$3.599, R$6.699 e R$9.199.

O MacBook Pro de 13 polegadas pode ser comprado com o processador Intel Core i5 de 2,3GHz ou com o Intel Core i7 de 2,7GHz, garantindo mais velocidade de processamento, e se tiver com o Turbo Boost, o desempenho é dobrado em relação a sua versão anterior. Os modelos de 15 e 17 polegadas têm embutidos processadores de quatro núcleos, o que confere velocidades de até 3,4GHz.

Outro aperfeiçoamento foi referente à qualidade gráfica que é 3 vezes superior em relação à geração anterior do modelo, bem como a webcam FaceTime HD que produz imagens de vídeo de alta definição. Confira mais no site www.apple.com/br/macbookpro.

Por Andrea Gomes


Há poucos dias a Apple apresentou a nova linha de notebooks da empresa, os Macbooks Pro. Os novos modelos, equipados com processadores Intel Core i5 e Core i7 foram testados por um importante site americano que concluíram: alguns dos modelos podem ser até 38% mais velozes que seus antecessores.

Nesse caso, mais especificamente, estamos falando do modelo com tela de 15 polegadas. O mais interessante nos testes está no clock dos processadores. A versão antiga do notebook era equipada com um chip Core 2 Duo de 2.53 Ghz, já a nova versão trabalha a 2.4 Ghz. Mesmo assim o modelo mais novo ganhou disparado em todos os testes de desempenho.

O motivo para isso se deve às placas de vídeo da nVidia, que conseguiram 3 vezes mais frame rates que a anteriores. Além disso, os processadores iCore ganharam uma nova tecnologia chamada Turbo Boost, capaz de aumentar o ciclo de processamento temporariamente, chegando a 2.93 Ghz.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: MacWorld





CONTINUE NAVEGANDO: