Computadores Desktop Perderão a Preferência Entre Usuários nos Próximos Três Anos



  

O chefão do Google na Europa, John Herlihy, prevê que, em até três anos, os desktops perderão o posto de liderança entre usuários de computadores para os notebooks e smartphones, até se tornarem irrelevantes. À medida que os smartphones, por exemplo, possam rodar aplicativos cada vez mais complexos, e de maneira cada vez mais rápida, será natural que eles sejam mais usados, até pela praticidade.





No Japão, eles já são usados como maior fonte de pesquisa, não os PCs, afirma Herlihy. A partir de 1998, a Google tornou seus concorrentes desnecessários e, em vez de se acomodar como uma gigante dominante, Herlihy quer que a empresa trabalhe mais para manter sua posição e não se tornar obsoleta, um dia.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *