Alguns monitores, tanto aqueles antigos de CRT quanto os modernos de telas de plasma ou LCD, podem apresentar problemas para os desktops. São defeitos ou disfunções que são gerados pelo funcionamento contínuo ou pelo mau uso.

Alguns notebooks apresentam algumas falhas na tela, como a visualização do sistema comprometida em que o usuário tem mais dificuldade para utilizar o dispositivo e diagnosticar os problemas. Um dos problemas mais comuns é quando o monitor liga, mas a tela continua apagada. Esse defeito pode acontecer por causa de uma simples falha de conexão ou mau contato. O usuário precisa verificar se o cabo do monitor está ligado corretamente e se não há nenhum rompimento na sua extensão.

Caso o monitor não apresente qualquer problema de conexão, a falha pode ser em algum de seus componentes internos. Para conseguir o seu reparo, o usuário pode ligar na fabricante para verificar o seu prazo de garantia ou levar em uma assistência técnica especializada.

E quando o monitor desliga sozinho? O problema pode estar relacionado com a tensão na energia elétrica que é fornecida à tela ou com graves entupimentos em seu sistema de arrefecimento. Muitas vezes isso acontece quando o PC ou notebook fica inutilizado por um tempo. Para a recuperação da tela, o usuário precisa levar o monitor em uma assistência técnica para fazer uma higienização básica no interior do monitor ou do notebook, além de realizar uma checagem geral da atual condição dos itens internos do computador.

Alguns usuários reclamam do escurecimento da tela do computador. Isso pode ocorrer quando as lâmpadas do display do monitor queimam. O problema também pode ser mais simples do que muitos imaginam: pode ter ocorrido alguma alteração drástica nas configurações de brilho e contraste da tela. Para verificar se isso realmente aconteceu, basta o usuário ajustar as configurações de brilho e contraste nos botões da tela e no sistema de Calibragem de Cores do Windows.

Por Carolina Miranda

Monitores de computadores

Foto: Divulgação


Um dos problemas que afetam o computador e que deixa muitas vezes o usuário “na mão” é aquela história de o computador desligar sozinho. Esse problema pode ser desde uma pequena falha no sistema operacional até a situação de ter um item danificado no computador que esteja causando esses desligamentos automáticos e restarts.

O primeiro problema e talvez o mais comum que causa o desligamento do computador é o superaquecimento de componentes internos como placa de vídeo, placa mãe e processador. O computador desliga sozinho como forma de proteção para não ocorrer danos irreversíveis a esses itens quando eles chegam a uma determinada temperatura.

Para identificar se o desligamento está acontecendo por causa do superaquecimento, tanto em PC como em notebook, o usuário precisa verificar se o cooler do processador está funcionando corretamente. Caso o item esteja fazendo ruídos acima do normal ou esteja com muita sujeira, o usuário precisa urgentemente limpá-lo, ou, se não melhorar, substituí-lo.

Outra questão que faz com que o computador desligue sozinho é quando o usuário realiza a troca de algum componente. É importante certificar-se de que a fonte de alimentação do mesmo possui a potência necessária para alimentar todo o seu conjunto de hardware.

O usuário consegue calcular a potência média dessa fonte e saber se realmente ela suporta todo o conjunto. O usuário precisa informar a configuração da máquina que está sendo montada para que o utilitário aconselhe a quantidade de Watts necessária para suprir todos itens de hardware.

A memória RAM também pode ser um dos fatores que realizam o desligamento automático da máquina. O usuário precisa verificar se os pentes de memória estão bem encaixados ou até mesmo certificar que se as memórias estão livres de sujeira. O computador ou notebook também aceitam o uso de programas e softwares específicos para a verificação e resultados de diagnósticos. No caso do Windows 7, há uma Ferramenta de Diagnóstico de Memória. 

Por Carolina Miranda

Computador

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: