Brasileiros se perguntam o motivo de kindles (leitores digitais de livros) terem preços altos no país, assim como acontece com tablets, smartphones e outros produtos tecnológicos. Forma de economizar nos dias de hoje está nos sites que oferecem desconto em compras de eletrônicos.

Pesquisar representa o segredo para economizar na compra online. Ao usar cupom de sites que ofertam descontos, consumidores compra com menor preço acessórios eletrônicos, como leitores de livros digitais, ferramentas com importância fundamental nos dias de hoje, em principal ao levar em conta que livros digitais têm preços menores do que quantias cobradas por impressos.

Parte das obras literárias digitais é salva de forma gratuita, outra notícia que favorece na economia.

FNAC está entre as empresas com acordo nos sites que ofertam desconto. Na página da loja há ofertas à tecnologia que se direciona para a leitura. Exemplo, leitor eletrônico IRIVER RB02 2GB custa menos do que o Kindle Amazom, principal kindle Premium atualmente.

Livraria Cultura consiste em outra loja de livros com preços populares por conta dos sites que ofertam descontos. Atualmente, poucos e-commerce acarretam a variedade de leitores digitais à venda no site cultural.  Entre os tipos disponíveis se destacam os aparelhos da empresa KOBO, com preços inferiores ao comparar aos Kindles Amazon.

Cultura concede dez por cento de desconto nas compras via site. Ou seja, ao considerar a porcentagem do preço descontada com cupons de sites que ofertam descontos, então existe ainda maior queda do preço.

Lojas Americanas, Livraria da Folha e Martins Fontes também representam empresas que possuem acordos com sites de descontos para compradores de leitores de livros digitais.

Nesse sentido, antes de fazer a compra, procure saber se existem sites de descontos que possuem acordo com lojas que vendem os melhores leitores digitais de livros que existem no mercado nacional e internacional.

Por Renato Duarte Plantier

Foto: divulgação


Uma das invenções do atual mundo tecnológico que tem que obtido um número cada vez maior de adeptos, tornando-se cada dia mais presente nas mãos das pessoas é o Tablet. Esse aparelho, meio computador, meio smartphone, mas com muitas funções, aparece mais vezes no que diz respeito à comunicação devido à sua grande praticidade.

Uma pesquisa bastante interessante revelou o quanto tem sido relevante o uso do tablet no nosso cotidiano, assim como o quanto ele crescerá em número de usuários num futuro não muito distante. Trata-se do fato de que 50% das compras feitas por dispositivos móveis serão realizadas por tablets. Esse estudo revela ainda que deverá haver uma perda de espaço por parte dos smartphones, o que deverá deixar o tablet um aparelho cada vez mais popular.

A tela maior do tablet é que facilita a compra, uma vez que fica melhor para visualizar os produtos disponíveis para venda.

Observe abaixo alguns dos itens apontados pelo estudo realizado pela BI Inteligence:

 – US$ 30 bilhões. Esse será o valor que corresponderá às compras feitas por dispositivos móveis nos Estados Unidos, ou seja, 11,4% de toda venda online do país;

– 59% do tempo gasto em sites de compras são por meio de dispositivos móveis;

– Smartphones são usados apenas no meio do processo de compra online, tendo ela já sido iniciada via PC, enquanto que os tablets são usados na compra toda;

– Os varejistas, em sua maioria, ainda não possuem versão para tablet em seus sites. Isso acarreta no fato de que a maioria dos americanos se diz insatisfeita com as compras online;

– Usuários de tablet têm uma tendência a serem mais receptivos com anúncios publicitários.

O estudo completo, em inglês, pode ser acompanhado no seguinte link: www.businessinsider.com.

Vale a pena acompanhar o mercado e verificar se essa tendência será mesmo concretizada em algum tempo.

Por Mikhael Costa

Compras com Tablet

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: