O CB30-102 é o primeiro notebook da fabricante Toshiba desenvolvido para executar o Chrome OS projetado pelo Google. O Toshiba Chromebook CB30-102 não é um dispositivo, digamos,  emocionante de se ver, mas tem especificações que o diferenciam de Chromebooks rivais das fabricantes HP e Acer.

A tela de 13.3 polegadas do CB30-102 faz com que ele seja maior, se comparado a muitos outros Chromebooks. O CB30-102 é bem leve, pesando apenas 1,5 kg e com 20 milímetros de espessura. Tão leve que você não terá problemas para carregá-lo.

Construção:

O design do CB30-102 é em plástico prata, o que o deixou de certa forma “pobre” nesse ponto. Sua tampa possui uma textura leve e pontilhada, o que não apimentou muito no design deste Chromebook.
Os Chromebooks HP 11 e Acer C720 são a prova de que é possível ter um design bonito e que não fuja de um orçamento mais em conta, mas pelo menos o Chromebook da Toshiba é razoavelmente resistente.

Digitar no teclado do CB30-102 é bem confortável, suas teclas são bem espaçadas o que proporciona uma melhor experiência ao digitar.

Os alto-falantes do CB30-102 são encontrados na parte inferior da frente do dispositivo e são de uma potência surpreendente. São altos e a qualidade do som é incrivelmente boa. Não foram detectados graves nem ruídos, em determinadas vezes o seu som soou de forma um pouco metálica, mas mesmo assim a qualidade dos falantes do CB30-102 são melhores do que os de muitos outros notebooks encontrados no mercado atualmente.

O CB30-102, em comparação com outros notebooks Windows, tem poucas conexões de entrada, mas ele dá o essencial.

Ele possui leitor de cartão SD, tomada de microfone e fone de ouvido combinados, saída de vídeo HDMI e duas portas USB 3.0.

Atualmente as portas USB3.0 são bem úteis para aquelas pessoas que trabalham com arquivos grandes e pesados e que não querem se encher de vários SSD de 16GB (o que não é nada prático).

Por Jaime Pargan

Toshiba Chromebook CB30-102

Foto: Divulgação


Quase no final de janeiro, a Lenovo anunciou a sua nova aposta no mercado de notebooks. Trata-se do novo ThinkPad X131 que roda com o sistema operacional do Google, o Chrome OS.

O aparelho lançado pela Lenovo tem display com 11.6 polegadas, 1366 x 768 pixels de resolução, memória RAM de 1 GB ou 2 GB (à escolha do usuário), processador Intel – que ainda não foi revelado, leitor de cartões de memória, entrada USB e saídas de vídeo HDMI e VGA.

O novo produto veio para consolidar o fato de que a Lenovo não encara a linha ThinkPad como forte competidora no nicho de ultrabooks. Assim, o notebook foi anunciado como um dispositivo simples e com design básico, além de ser barato e ter foco nos estudantes. De acordo com a fabricante, o ThinkPad X131 tem uma bateria que é capaz de durar um dia inteiro de aula.

Além disso, tendo em vista que se trata de um Chromebook, os usuários não poderão armazenar arquivos, pois não há espaço, e assim terão que fazer o armazenamento dos arquivos na nuvem ou via pendrives, HD externos e cartões de memória.

O novo ThinkPad X131 começará a ser vendido em 26 de fevereiro pelo valor de US$ 429, mais ou menos R$ 726.

Por Guilherme Marcon





CONTINUE NAVEGANDO: