Segundo informações que circulam pela internet, a gigante mundial Microsoft, está trabalhando para seu novo lançamento tecnológico: uma tela sensível ao toque que desperta no usuário sensações físicas de verdade. Uma tecnologia, principalmente, útil para o display de tablets e celulares.

De acordo com um dos responsáveis pelo projeto, baseado em conceitos de eletrovibração, a novidade "funciona como mágica" e pode ser aplicada de diversas formas.

Há alguns anos atrás não era nada comum ver alguém utilizando um dispositivo com tela sensível ao toque, especialmente um celular. Atualmente, smartphones, tablets, GPS e até mesmo monitores que fazem parte do dia a dia trazem telas do gênero. Seja na rua ou dentro de casa, em caixas eletrônicos espalhados pela cidade, por exemplo, não é tão incomum ver alguém usando os dedos (ou uma caneta especial) para manipular o conteúdo mostrado no display.

Apesar de ter caído nas graças dos fabricantes e utilizadores há pouco tempo, a história das telas sensíveis começou há cerca de 50 anos, na Inglaterra, com o inventor E. A. Johnson. De lá pra cá, o conceito evoluiu bastante por meio de contribuições de vários cientistas ao redor do mundo.

Os touchscreens “táteis” foram elaborados para possibilitar que os usuários tenham sensações como a do clique de um mouse, mas ao tocar na tela. O artifício é capaz de fazer, por exemplo, com que a pessoa “sinta” o “peso” virtual das pastas (conforme o seu número de arquivos) ao arrastá-las no visor.
 “É muito, muito legal. É pegar um pequeno pedaço de vidro e fazê-lo ser algo diferente. É quase como mágica”, diz o desenvolvedor.

Segundo ele, o projeto foi criado para proporcionar aos usuários uma experiência “multisensorial”, que difere dos mecanismos de interação “bidimensionais” existentes até hoje. Para isso, eles aplicaram voltagem à superfície do display, o que cria uma fricção entre os dedos do usuário e a tela.

No entanto, essa tecnologia ainda está no estágio inicial e não tem previsão de chegar a dispositivos finais, por enquanto.

Por Michelle de Oliveira

Novidade tecnol?gica da Microsoft

Foto: Divulgação


Parte dos usuários que digitam por horas em smartphones e tablets acha desconfortável o teclado virtual que eles oferecem. Estes ainda preferem o teclado físico, pois permite maior produtividade, precisão e conforto.

Recentemente a empresa norte-americana Tactus Technology inventou uma nova tecnologia que parece mágica, segundo diversos sites internacionais. Trata-se de botões que surgem na tela sensível ao toque na hora da digitação e desaparecem quando o usuário termina de digitar, voltando a ser uma tela plana touchscreen normal. Estas informações foram dadas pelo CTO da empresa, Micah Yairi, em Las Vegas, durante a Consumer Electronics Show (CES) 2014, em uma entrevista para o site Business Insider.

Essa nova tecnologia possui a capacidade de se adaptar a qualquer tela sensível ao toque. É possível implantar a nova tela apenas fazendo a substituição da camada superficial do dispositivo. Além disso, não é necessário uma adaptação na estrutura do aparelho no momento da substituição. Quando se toca na tela sensível, fluídos passam por diversos microcanais que expandem rapidamente a camada de polímeros, fazendo os botões surgirem. Estes só aparecem na hora da digitação, sendo inutilizáveis em aplicativos como jogos e desenhos.

Segundo a empresa, “a sensação de tocar é cinco vezes mais rápida que a da visão”. Dessa forma, o novo sistema vai agradar tanto usuários que gostam dos botões como os que não sentem falta deles. A tecnologia deve ser lançada ainda no ano de 2014, mas não há data prevista.

Ela deve ser incorporada em smartphones e tablets produzidos por diversas empresas nacionais e internacionais. Ainda não se sabe os custos para ter uma tela dessa em um dispositivo. Porém, ela ainda precisa de alguns polimentos antes de ser lançada no mercado.

Ainda está havendo estudos detalhados em laboratório para o seu ótimo funcionamento. A nova missão da Tactus é fazer com que o sistema já saia de série no futuro.

Por Danilo Gonçalves

Smartphone com botões que somem

Foto: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: