Nova versão da suíte de aplicativos da Microsoft será lançada no segundo semestre do próximo ano.

Como todos sabem, os desenvolvedores de tecnologia melhoram seus produtos praticamente todos os anos. A notícia mais atual do ramo veio da Microsoft, nessa terça-feira, 26/09. Em seu evento Ignite 2017, ocorrido em Orlando, a empresa anunciou ao público a nova versão do já conhecido pacote Office.

O novo Office 2019 tem previsão para o próximo ano, no segundo semestre. De acordo com a empresa, as versões de teste serão disponibilizadas na metade de 2018 e seis meses depois, o pacote estará concluído e pronto para ser vendido.

A compra da nova suíte de produtividade acontecerá de forma diferente em relação à versão atual no mercado. Enquanto o Office 365 disponibiliza pacotes anuais de assinatura, com pagamento mensal, o novo Office 2019 terá pagamento único, em apenas uma taxa. Depois de realizar o pagamento, o usuário poderá utilizar todos os aplicativos do pacote sem taxas mensais. Os preços do novo Office ainda não foram divulgados.

Atualmente a Microsoft fornece pacotes para uso doméstico, para uso individual e também o pacote para empresas, esse último dividido em Business Essentials, Business Premium e Business, de acordo com cada tipo de negócio. É provável que o pacotes e preços se mantenham parecidos, mas ainda é difícil saber ao certo.

Uma das maiores apostas do Office 365, a versão atual do pacote da Microsoft, é a possibilidade de acesso à nuvem de 1 TB em qualquer dispositivo e qualquer lugar. Dessa forma o usuário pode encontrar todos os documentos, músicas, vídeos e imagens armazenados no OneDrive quando precisar. O novo pacote de produtividade foi desenvolvido especialmente para empresas que não utilizavam o sistema e para pessoas que não se sentem à vontade usando a nuvem, e será uma ferramenta de grande valia para usuários como profissionais de TI, que preferem manter todos os seus arquivos e aplicativos no PC.

Com lançamento previsto para o ano que vem, o pacote Office 2019 contará com os já conhecidos aplicativos Word, Power Point, Excel e Outlook. Todos os anos pequenas modificações são realizadas no Word, como mecânismo de correção ortográfica. A nova versão terá alguns novos recursos, mas manterá todas as funções básicas. As ferramentas de desenho também receberão upgrades, com sensibilidade à pressão, replay de desenho e novos efeitos.

A Microsoft tornou público novidades sobre as canetas Stylus, para laptops e tablets com sistema Windows, além das novas animações Morph e Zoom para apresentação no PowerPoint. O Excel apresentará fórmulas novas e outros gráficos, tornando a experiência com o programa mais simples e eficaz. Além de apresentar upgrades nesses apps, ainda terá soluções para os aplicativos voltados para empresas, como SharePoint, Exchange e Skype for Business.

É esperado que o Office 2019 chegue ao mercado com diversas versões, tanto para Mac quanto para iPad, assim como no pacote atual, mas até o momento, pouco se sabe a esse respeito.

Entre as principais características do Office 365, está a possibilidade de instalar os apps em vários dispositivos, como PC e smartphone. Segundo os desenvolvedores, o Office 2019 poderá ser instalado em apenas um computador.

Assim como aconteceu em todas as versões anteriores, é esperado que o design dos programas mude um pouco, mas não foi apresentado ao público nenhuma prévia acerca do visual do novo pacote. O mais provável é que ainda não tenham escolhido o aspecto definitivo, ou talvez o projeto ainda esteja no começo.

Segundo a Microsoft, o novo pacote Office receberá algumas modificações de tempos em tempos, mas em determinado momento, novas ferramentas não serão incluídas nos programas. A última grande modificação ocorreu em 2015, quando foi lançado o Microsoft Office 2016. Novas informações sobre o Office 2019 serão anunciadas nos próximos meses.

Fabio Santos


Software possui interface simples e promete agradar bastante os gamers de plantão.

De nada adianta você ser um bom jogador e possuir pessoas de talento te apoiando em um determinado jogo online caso o seu próprio time não consiga realizar uma boa comunicação. Equipes que possuem poucos recursos acabam muitas vezes conseguindo bater outros times superiores, pelo simples fato de conseguir conversar bem e ter suas táticas coordenadas tanto de defesa quanto de ataque.

Sendo assim, é melhor ter softwares com grande qualidade no momento de contatar sua equipe pela rede. Ainda são usadas as opções como TeamSpeak e Skype por diversas pessoas com tal objetivo, porém, um software chamado Curse Voice está conquistando seus espaço e parece ser mais apropriado para os jogadores online.

Possui Interface acessível

Recentemente seus desenvolvedores modificaram a interface do Curse ficando ainda mais bonita e ainda sem exigir muitos recursos de seu computador. Por meio de um clique único você consegue iniciar uma chamada de voz, conferir lista de amigos online e iniciar conversas através do chat.

A aplicação permite também o acesso rápido aos textos que possuem detalhes com relação as suas atualizações recentes e certas dicas referentes a jogos que possam lhe interessar. Além disso, o mesmo ainda aponta de forma simples quais foram os perfis que você conectou ao sistema e também apresenta contatos que talvez o usuário conheça e queira adicionar.

Recompensas nos jogos

Uma das maneiras que seus desenvolvedores acharam para conseguir chamar a atenção dos outros jogadores foi através de parcerias firmadas com desenvolvedoras de games. Já pode ser visto o primeiro resultado de um acordo realizado em Smite, que oferta skins e gemas extras para os que fizerem certa partidas utilizando o Curse Voice.

Os itens que são ofertados possuem características estéticas e não acabam desequilibrando o jogo, o que pode ser visto com bons olhos. Apesar de ainda não existir qualquer outro título que ofereça benefícios parecidos, acredita que será ampliado este sistema de recompensas muito em breve, isto é, você pode ser recompensado por utilizar o software e ainda acaba não pagando nada por isso.

Se você joga na rede, comece a fazer uso do Curse Voice e tenha acesso a esses benefícios.

FILIPE R SILVA


Confira aqui uma lista com os melhores antivírus gratuitos de 2016.

Você sabia que VOCÊ é o melhor antivírus para o seu computador? Sim, isso é verdade! Se você tiver cuidado onde navega e quais arquivos baixa, raramente você terá problemas. Essa é uma das formas de se manter longe de criminosos da Internet e softwares maliciosos. Mas, não há nenhum problema em se pedir uma ajuda a mais para os programas antivírus. Afinal, todo cuidado ainda é pouco. E cuidado nunca é demais.

Mas, se você não pode comprar uma solução completa, fique por dentro de quais são os 5 melhores antivírus gratuitos de 2016. Os softwares aqui listados são indicados para computadores que não estejam em rede, isto é, apenas para uso doméstico. Caso você tenha uma empresa o melhor mesmo é fazer a aquisição de um software pago. Confira abaixo!

Avast Free Antivirus 2016

É considerado um dos melhores gratuitos. Está há muito tempo no mercado e é bem conhecido por bloquear phising e malwares. Com ele você pode fazer exames automáticos em busca de problemas em relação à segurança, além de outras ferramentas como a de limpeza de sistema.

AVG Antivirus Free

Ótima opção para quem não quer ou não pode gastar em um software pago. Traz um bom desempenho a phising e faz o trabalho de examinar o computador para procurar problemas de segurança. Além disso, conta com uma ferramenta que previne que você seja rastreado por sites.

Bitdefender

Ele é o mais discreto e roda no background, exigindo mínimas configurações e perfeito para quem não entende muito de tecnologia. Já está há algum tempo no mercado e remove arquivos maliciosos, além de proteção contra malwares e phising.

Check Point ZoneAlarm

Traz um firewall resistente para a navegação, além da opção de colocar arquivos em nuvem, com até 5 GB, proteção de identidade e monitoramento em tempo real.

Panda Free Antivírus

Não tão conhecido, o Panda Free Antivírus é um dos melhores antivírus gratuitos que se tem disponível. Os responsáveis por ele afirmam que o programa consegue resultados de benchmark até melhores dos que os softwares pagos concorrentes. Realiza serviço de monitoramento, disco de recuperação, além de análise da USB.

Kika Akita


Confira aqui o que fazer para usar o Windows Photo Viewer no Windows 10.

O aplicativo de foto oficial do Windows 10 não vem se mostrando como um recurso muito popular entre os usuários da Microsoft. O antigo Windows Photo Viewer é considerado melhor que Foto for Windows 10 atual, então seria possível obter o Photo Viewer de volta?

O aplicativo Fotos for Windows 10 vem com vários recursos, ele é capaz de classificar automaticamente suas fotos em álbuns, também vem com ferramentas de edição de imagem para melhorar e aumentar suas fotografias. Mesmo assim não parece fazer sucesso. Alguns usuários do Windows 10 ainda preferem o antigo Windows Photo Viewer. Caso você seja uma destas pessoas, saiba que será possível reutiliza-lo.

Se você atualizou seu computador a partir do sistema Windows 7 ou Windows 8.1 operacional, o Windows Photo Viewer pode ainda estar escondido fora da vista no computador depois de ter sido trocado pelo aplicativo Photos.

Uma maneira de verificar se você ainda tem o Windows Photo Viewer é através do botão direito do mouse em um arquivo de foto, selecione o comando Abrir no menu contextual e verifique se o Windows Photo Viewer está na lista de programas para usar em vez do aplicativo padrão. Se estiver disponível, você poderá usá-lo para abrir o arquivo neste momento ou ir para a área de sistema no Windows 10 em aplicativos, Configurações e selecionar Windows Photo Viewer como aplicativo padrão para fotos.

Se você instalou uma nova versão do Windows 10 no computador e não fez o upgrade de uma versão mais antiga do Windows, o Windows Photo Viewer não estará disponível e desta forma ficará mais difícil de obter o aplicativo. Vários sites direcionados para Windows publicam instruções para restaurar o Windows Photo Viewer em seu computador, mas para isso você precisa alterar seu Registro do Windows. A partir deste ponto, caso queira se arriscar a recomendação é fazer um backup do sistema no caso de haver erros. Se mesmo assim desejar proceder os sites informam que você estará a seu próprio risco, sem garantia de sucesso.

Mas se você decidir seguir em frente sem o Windows Photo Viewer, a loja de aplicativos da Microsoft Windows tem vários programas de edição de imagem, incluindo o Fhotoroom e o Adobe Photoshop Express, que estão livres e com algumas extensões pagas para recursos adicionais. Se você preferir um programa de foto viewer mais ágil, poderíamos recomendar aplicativos como o XnView, Imagine Picture Viewer, IrfanView e FastStone Visualizador de Imagens, todos tipicamente usados para abrir e ver imagens em uma ampla variedade de formatos de arquivo.

Roberto Linck Pontes


Novo app para Mac promete facilitar a vida dos usuários e desbancar o WhatsApp Web.

É indiscutível que o Whatsapp conseguiu seu lugar a luz, após 7 anos de seu lançamento e a compra realizada pelo Facebook, trazendo ainda mais investimentos para o app. Milhões de pessoas usam o aplicativo diariamente para conversar com seus amigos, fazer novos amigos, resolver questões escolares e profissionais, sendo extremamente útil e indispensável para grande parte dos usuários de smartphones hoje.

Entretanto, um questionamento feito por praticamente todos os usuários é a respeito do uso do aplicativo no computador, já que muitos utilizam o app com tanta frequência que não conseguem ficar longe do mensageiro nem mesmo quando estão no seu desktop. Atualmente, temos como opção o Whatsapp Web, que roda por meio do navegador do usuário, porém, agora podemos contar com um app próprio para o Whatsapp em nossos desktops, ao menos, se você é um dos usuários do Mac, SO de Apple.

Trata-se do aplicativo FreeChat, que oferece as mesmas opções presentes no Whatsapp Web, bem como traz aos usuários do Mac outras vantagens, como o fato de ser um app, o que permite que você não precise manter uma aba com o Whatsapp Web aberto, ainda tendo como grande vantagem diante de outras opções alternativas o fato de não contar com muitos anúncios em sua interface, um enorme ponto positivo para o app.

Por enquanto, infelizmente o programa está disponível apenas para os usuários do SO Mac, não havendo nenhuma informação quanto a um possível lançamento para Windows ou até mesmo Linux, mas certamente para os usuários que contam com o Mac em seu desktop, vale o teste.

Com o FreeChat, será possível arrastar fotos de seu desktop para o app, podendo enviar para seus amigos, bem como responder de maneira rápida as mensagens e bloquear notificações de grupos e amigos, funções já presentes na versão nativa do Whatsapp para os dispositivos móveis e que acabam por facilitar a vida dos usuários.

O FreeChat é completamente gratuito, o que é ótimo, além de ser bem avaliado entre os usuários que possuem o programa, sendo uma boa opção para aqueles que desejam permanecer conectados com o mensageiro mais querido do mundo mesmo quando não estão em seu smartphone.

Por João Trajano


O aplicativo foi pensado para desenhistas profissionais

Os usuários do iPad agora podem contar com um poderoso aplicativo, capaz de transformar um simples tablet em uma poderosa ferramenta de desenho profissional. É o Astropad, um aplicativo exclusivo para iOS e Mac que, certamente, será muito bem-vindo para quem gosta de desenhar, inclusive os desenhistas profissionais.

E o melhor de tudo é que, com o Astropad, o usuário não precisará investir em um hardware adicional. Matt Ronge e Giovanni Donelli, responsáveis pelo desenvolvimento do aplicativo, são engenheiros e também funcionários da Apple. Graças a eles, agora o iPad pode se transformar em um trackpad, capaz de aceitar as canetas de vários outros fabricantes.

Transformar o iPad em um touch-tablet é um desejo antigo e agora, finalmente, estes usuários poderão contar com esta grande facilidade.

O Astropad não é nenhuma novidade neste sentido, pois já existem no mercado diversos aplicativos que prometem esta transformação do iPad, mas nenhum conseguiu tanto êxito como o Astropad! O aplicativo é tão eficiente que conseguiu deixar para trás até o AirPlay da própria Apple.

O Astropad é um aplicativo que foi desenvolvido para funcionar em sintonia com uma conexão Wi-Fi e o tempo de resposta oferecido entre a tela e a caneta é de 60fps. O aplicativo conta ainda com o acelerador GPU do Mac, assim, o computador é responsável pelo bom desempenho do trabalho, construindo um código de montagem ARM no iPad e este é o segredo para garantir maior durabilidade da bateria.

Outra vantagem do Astropad, é que o aplicativo oferece uma imagem com qualidade superior a imagens obtidas pela exportação do Adobe PhotoShop, mesmo que seja exportada em alta resolução.

O aplicativo Astropad tem sua versão gratuita que pode ser baixada gratuitamente no endereço: https://itunes.apple.com/app/id934510730

A versão para Mac custa US$ 49,99 e a versão educacional tem o valor de US$ 19,99 podendo ser baixada no site: http://astropad.com/buy – os desenvolvedores do Astropad oferecem 7 dias gratuitos para o usuário testar o aplicativo e, então, se decidir pela compra ou não.

Mas com a facilidade oferecida pelo Astropad, dificilmente alguém vai deixar de comprá-lo, principalmente depois de experimentar e comprovar sua eficácia.

Por Russel

Foto: divulgação


A Microsoft já disponibilizou gratuitamente os aplicativos do pacote Office para os usuários de tablets com o sistema operacional Android e agora está buscando mais usuários para a sua plataforma que enfrente pesada concorrência entre estes dispositivos.

Desde o dia 29 de janeiro que o pacote Office pode ser acessado gratuitamente em mais uma tentativa da Microsoft de tornar o seu pacote de serviços mais utilizado nos dispositivos móveis. E a empresa até já anunciou uma nova versão para o Office que será exclusivo para estes aparelhos, inclusive será compatível com tela sensível ao toque.

Outra novidade anunciada pela Microsoft foi um aplicativo que torna o Outlook compatível com iPhones e iPads. O Outlook já foi um dos programas de e-mail mais utilizado no mundo e fazia imenso sucesso quando os computadores desktop dominavam o mercado, pois já vinha acoplado ao Windows. Mas agora, com um grande número de pessoas deixando o computador de lado para usarem exclusivamente os smartphones e tablets, a Microsoft vem se adaptando à nova realidade e quer inclusive, conquistar os milhões de usuários dos aparelhos da Apple.

Apesar da Microsoft estar investindo pesado no mercado de aparelhos móveis, a empresa ainda encontra-se bem atrás da Apple e do Google, mas o presidente-executivo da Microsoft, Satya Nadella, está apostando nestes novos produtos para conseguir conquistar uma parte maior deste mercado.
A disponibilização do uso do Office gratuitamente é uma atitude desesperada da empresa que por décadas foi contra liberar o pacote para ser usado de graça, mesmo diante da concorrência que o pacote tinha entre os usuários de computadores. O problema é que no PC, o Office dominava de forma absoluta, porém, entre os smartphones e tablets, o Office é pouquíssimo usado.

Um dos lançamentos mais esperados para este ano é o Windows 10 que promete revolucionar o mercado e a Microsoft vai aproveitar a ocasião para lançar o Office compatível com tela sensível, esperando assim, uma maior adesão por parte dos usuários.

Por Russel

Office para tablets

Office para tablets

Fotos: Divulgação


A falta de tempo hoje torna difícil até manter uma agenda tradicional, daquelas de papel, que geralmente ganhamos ao final de todo ano. Abrir a agenda, localizar data e horário, tudo isso toma tempo. E economizar tempo é um dos desafios dos homem moderno, onde toda tarefa deve ser rigorosamente pensada e planejada.

Existem softwares e até aplicativos para celulares que nos auxiliam. Com poucos cliques ou toques agendamos compromissos, abrimos cadernos de anotações e nos programamos para as mais variadas tarefas.

Tem uma reunião às 08:00? Dentista as 09:30? Precisa discutir com um funcionário algum tema importante? Tudo isso pode ser feito com auxílio de programas simples, que rodam simultaneamente em smartphones, notebooks, PC´s, tablets, entre outros.

Eles permitem o gerenciamento de todas as suas tarefas, das mais simples às mais complexas, deixando o usuário à vontade para criar o que desejar.

Uma das novidades destes programas é que eles podem ser sincronizados a outros usuários, ou seja, duas ou mais pessoas podem compartilhar o mesmo caderno de notações, inclusive adicionando novas anotações, sendo tudo compartilhado simultaneamente.

Basta que todos usuários lembrem de acessar o aplicativo, porém, contam com sinais visuais e sonoros que não nos deixam esquecer o compromisso.

O Evernote é um exemplo. Tem como símbolo o elefante, que é tido como um animal inteligente e que jamais esquece as coisas. O Evernote pode ser baixado gratuitamente em smartphones com Android e roda muito bem também em notebook e computadores de mesa (Desktops).

Tudo que faz sucesso ganha concorrência e com o Evernote não foi diferente. Já existe no mercado um outro organizador pessoal que está fazendo sucesso: o SpringPad.

Já começa com uma vantagem: é mais leve. Avisa automaticamente atualizações e sincronizações feitas. Apesar das pequenas diferenças, ambos são bem parecidos e atendem as funções a que se propõe. Cabe ao usuário testar ambos e ver qual se encaixa mais às suas necessidades.

Por Luciana Viturino

Foto: divulgação


No início de outubro foi lançado pelo Groupon um aplicativo que pretende devolver parte do dinheiro gasto pelos consumidores como incentivo para que gastem mais no site, uma forma de fidelizar os clientes do site.

A estratégia é uma continuidade da reestruturação da empresa que se viu perdendo parte de seus clientes devido ao aumento da concorrência no mercado do gênero. O aplicativo usa a plataforma 'Snap' e é conhecida como 'cash back'. Por enquanto apenas americanos e canadenses poderão desfrutar das vantagens do programa, e não temos data para ser aplicado aqui no Brasil. A ideia é usar a estratégia varejista denominada “cash back” para devolver aos compradores parte do dinheiro gasto ou recompensas em valores por utilizar algum dos serviços do site.

Como funciona: os produtos promocionais são divulgados através de um mailist de cadastro dos usuários, e também através dos itens promocionais indicados no aplicativo do site. Nesse momento o consumidor já é informado sobre o valor que poderá ter de reembolso. Mas não é tão simples receber o reembolso. O comprador deverá retirar uma foto do recibo para comprovar e controlar os valores. Os valores são cumulativos e ficam disponíveis em um perfil do comprador no aplicativo. Quando atingir o valor mínimo de 20 dólares o valor pode ser creditado em conta corrente. Embora a preferência é que o mesmo valor seja gasto novamente no site de compras. Amarrando o consumidor ao site, garantindo uma certa fidelidade conquistada com o benefício.

Dessa forma, com o lançamento do "Snap", o site de compras coletivas Groupon passa a competir, pelo menos nos Estados Unidos, com outros aplicativos como, por exemplo, o "cash back", ou como Chekout 51, ou Ibotta, Grocery IQ, Receipt Hog e Saving Star, entre outros. No Brasil, um sistema semelhante é o startup Meliuz que tem o objetivo de reembolsar os consumidores que comprarem em sua plataforma.

Por Vivian Schetini

Groupon

Foto: Divulgação


Um dos grandes sucessos da atualidade são sem sombra de dúvida os aplicativos para smartphones, tablets e vários outros aparelhos de última geração. O grande sucesso dos aplicativos está ligado ao fato dos mesmos integrarem de forma positiva os diversos aparelhos eletrônicos já disponíveis.

É através destas ferramentas que os usuários podem encontrar mais funcionalidades para seu respectivo aparelho, dessa forma, o mesmo não se torna repetitivo e chato.

Um dos aplicativos de sucesso na atualidade é justamente o WhatsApp, que assim que surgiu logo fez um grande sucesso em todo o mundo, adquirindo em poucos milhões de clientes. No entanto, se você ainda não o conhece, saiba que o WhatsApp é um aplicativo multiplataforma de mensagens instantâneas.

O mesmo fez enorme sucesso devido a sua praticidade, pois além de mensagens você ainda pode enviar imagens, vídeos e mensagens de áudio. Além disso, para usufruir do WhatsApp você apenas necessita ter acesso a internet, o uso dele é gratuito.

Sendo esta uma ferramenta de grande sucesso mundial é bastante comum que muitas pessoas queiram usá-lo diariamente, dessa forma, se mantendo atualizado e em constante interação com seus amigos e familiares por meio da ferramenta.

Caso você também queira usar o WhatsApp em seu Tablet, saiba que isto também é possível e o procedimento de instalação é bastante simples. Na continuação desta matéria você saberá como realizar o procedimento.

Para realizar a tarefa você deverá possui um telefone celular e seu tablet com acesso a internet. Em seguida, você deverá baixar o aplicativo WhatsApp por meio de loja de apps correspondente ao tablet e deverá instalá-lo. Quando abrir o aplicativo e na instalação ele solicitar um número de celular, basta fornecer o número de seu aparelho celular.

Após receber o SMS de ativação em seu celular, basta usar o mesmo para ativar o aplicativo em seu tablet e pronto, você já poderá usar o WhatsApp sem nenhum problema.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


A tecnologia está tão presente em nosso dia a dia que, na atualidade, possui um iPhone, iPad, Tablet ou qualquer aparelho bastante avançado se tornou algo bastante comum e quase que necessário.

O grande sucesso desses produtos com tecnologia agregada é justamente quanto a grande quantidade de empresas que atuam na fabricação e venda do mesmo, além disso, as várias funcionalidades e atrações que os aparelhos oferecem também chamam bastante à atenção de muitas pessoas.

Vale ressaltar que, para que o seu iPhone ou iPad esteja totalmente integrado e disponha de muitas atrações para que você não venha a ter que usar as mesmas ferramentas, que acabam sendo repetitivas, é sempre bom baixar novos aplicativos e jogos.

O grande diferencial desses produtos altamente tecnológicos é justamente quanto ao fato dos mesmos armazenarem de forma prática e rápida jogos e aplicativos que irão deixar o próprio aparelho ainda mais interessante.

Dentre os milhares de jogos que podemos encontrar para download, sejam eles pagos ou gratuitos, podemos destacar o DragonVale. Como o próprio nome já deixa claro, esse é um game voltado a dragões, e não pense que são dragões horríveis e ameaçadores, são dragões fofinhos e bem amigáveis.

Através do game você criar diferentes espécies de dragões, visando se tornar um verdadeiro campeão. Segundo o iTunes, que disponibiliza o jogo, através dele você encontra:

– Dezenas de dragões adoráveis para criar;

– Uma ilha mágica que você constrói no céu;

– Habitats personalizados que abrigam os dragões;

– Corridas de dragões onde poderá ganhar grandes prêmios;

– Calçadas e decorações para o deleite de seus visitantes;

– Fazendas para plantar petiscos para dragões;

– Visual colorido com animações fantásticas;

– Uma trilha sonora original Renascentista;

– Suporte para Game Center e Facebook para visitar outros parques e trocar presentes.

A grande notícia é que o mesmo é totalmente gratuito, ou seja, você não precisa gastar nada para instalá-lo em seu aparelho eletrônico. Para instalar o jogo é necessário ter instalado previamente o iOS 5.0 ou posterior. O game é compatível com iPhone, iPad e iPod touch. 

Para baixá-lo, basta acessar o site oficial iTunes.

Por Bruno Henrique

Foto: divulgação


Antigamente algumas pessoas criavam vírus inofensivos. Era a época em que a rede do computadores era bem menor e alguns usuários criavam os chamados “vírus do bem”, que continham mensagens divertidas, que podiam assustar ou mesmo ajudar internautas ao redor do mundo. Infelizmente hoje os tempos são outros.

Na verdade, a maioria dos usuários que são mais novos não devem se lembrar desses primeiros “vírus” que correram o mundo. O primeiro deles foi o Harmless Specimen. Ele foi criado em 1971 e era um malware inofensivo que enviava mensagens aos computadores “infectados”. Os poucos equipamentos que existam naquela época recebiam um texto dizendo “Eu sou o estranho (creeper): me pegue se puder”. O vírus não causava nenhum dano a máquina, apenas rodava nos computadores que já continham uma cópia dele para entrar em outros.

Outro que não causava nenhum problema aos computadores ficou conhecido como o vírus “drogado”. Ele foi visto pela primeira vez em 1988 na Nova Zelândia e enviava uma mensagem aos usuários: “Seu computador está Drogado agora. Legalize a maconha”.  Já o Cruncher fazia um “bem” aos internautas. Ele usava um algoritmo que compactava o arquivo infectado que liberava mais espaço no disco rígido do computador. Para desfazer o feito, o usuário conseguia facilmente descomprimir o arquivo.

O vírus mais inteligente e mais do “bem” que se conhece é o Welchia. Ele ajudava a eliminar o vírus Lovesan, conhecido também como Blaster. Se o Welchia encontrasse o vírus maligno, ele apagava o Blaster do HD. Além disso, o vírus do “bem” ainda analisava se existia algum resquício do vírus e se existia alguma atualização que poderia reparar a vulnerabilidade que deixou o computador disponível a invasão. Se o Welchia não encontrasse mais nada que pudesse levar risco ao equipamento, ele próprio iniciava um download a partir do site da fabricante e logo após se autodestruía.

Por Carolina Miranda


Na última quarta-feira, 10 de julho, a Google iniciou o processo de liberação da atualização do Google Maps para tablets e smartphones com sistema Android. A nova versão do aplicativo conta com uma interface reformulada e com grandes melhorias nas funcionalidades do serviço. O novo Google Maps vem com grandes novidades anunciadas pela companhia durante o Google I/O para a versão web, como exibição otimizada de construções e novas cores.

A nova versão contará com a opção “Explorar”, que irá oferecer aos usuários uma experiência de descoberta de lugares novos de maneira fácil e rápida. Sem precisar digitar nada, o usuário terá apenas que tocar na caixa de pesquisa e o aplicativo dará dicas de locais próximos, como hotéis, lugares para fazer compras e restaurantes.

Os usuários também terão uma navegação aprimorada com o novo Google Maps. Segundo a companhia, além dos recursos atuais oferecidos pelo serviço em questão das condições de transito, ele apresentará novas informações sobre problemas nas vias caso haja algum. O aplicativo também terá integração com o Google+, assim como acontece com a versão da web.

A Google liberará a atualização do Google Maps gradativamente aos usuários com Android 4.0.3 ou superior e, em breve, liberará para os aparelhos da Apple com iOS 6.

Por Felipe Santos Bonfim


Um dos maiores sites de relacionamentos que existe hoje é o Facebook, sendo possível afirmar que essa é uma rede social acessada com uma grande frequência no Brasil e em todo o mundo.

A maioria dos usuários do Facebook hoje desejam deixar o seu perfil personalizado, e a maneira mais fácil de conseguir isso é através do modo de exibição conhecida como Linha do Tempo, na qual é possível deixar uma foto de capa e outra foto no perfil.

Porém, ainda existem aqueles usuários que preferem usar o modelo antigo de perfil para o Facebook, e se você é um deles e deseja nesse momento desativar a Linha do Tempo da sua rede social, veja abaixo o passo a passo para realizar esse procedimento.

A primeira coisa que se deve fazer é baixar o TimeLine Remove no seu computador. Depois acesse a sua página do Facebook, e veja logo no canto superior direito uma imagem do aplicativo.

Ao clicar nessa imagem é possível ativar ou desativar a sua Linha do Tempo do Facebook quando desejar, sendo essa uma das ferramentas mais usadas no momento. 

Por Josiane Fernandes de Jesus


Para você que gosta de criar álbuns de fotos no seu iPad mais sem esquecer de dar aquele retoque caprichado nas imagens o Over HD é o aplicativo certo. Além de correções na qualidade das fotos o usuário pode também inserir legendas com um grande número de fontes diferentes tornando o álbum personalizado ao seu estilo.

O forte do aplicativo de fato são as fontes, pois também é possível que as suas fotos se tornem apenas planos de fundo para os textos, que pela variedade de tipos de letras podem ter resultados fantásticos. Os textos podem ser inseridos em diferentes posições e com diversas cores.

É possível compartilhar o resultado final no seu Twitter, Facebook, Instagram, Flicker ou e-mail de forma simples, pelo próprio aplicativo.

O aplicativo pode ser baixado na App Store e custa apenas US$ 0,99.

Existem diversos aplicativos com funções similares, mas este merece uma atenção especial pelo capricho no desenvolvimento e suas funcionalidades, além de proporcionar resultados ótimos com poucos toques na tela.

Com ele você vai fazer bonito no seu Instagram.

Por Bruno Hardt


Na tentativa de impulsionar a utilização do sistema operacional Windows, a Microsoft começou a incentivar os desenvolvedores de aplicativos a criarem apps para a Microsoft Store.

Atualmente, o iOS e o Android já atingiram a marca de mais de 700 mil aplicativos para cada, enquanto que a Microsoft conquistou apenas 100 mil apps. Assim, de acordo com o site SlashGear, a dona do Windows começou a promoção de diversas visitas guiadas com foco nos profissionais que desenvolvem aplicativos e querem conhecer melhor qual é o potencial que as plataformas da Microsoft podem ter.

Nessas visitas, são apresentadas todas as vantagens de se desenvolver um software para o Windows. Ainda, a Microsoft começou a deixar a sua infraestrutura de programação à disposição dos programadores, para impulsionar e facilitar o desenvolvimento de aplicativos.

Essas medidas adotadas começaram a surtir efeito, principalmente em questão da imagem da companhia, pois diversos desenvolvedores começaram a falar bem do profissionalismo que a Microsoft tem com relação à sua plataforma. Entretanto, ainda não começou a haver um aumento significativo no número de apps disponíveis na Microsoft Store. Uma das hipóteses é que existe um sistema operacional para computadores, outro para smartphones e ainda uma outra alternativa para tablets com arquitetura ARM, o que deixa grande parte dos desenvolvedores com um “pesadelo” nas mãos.

Por Guilherme Marcon


No início do mês de dezembro o Google informou que o seu software Google Apps deixará de ser gratuito para pequenas empresas.

Com isso, os empresários que quiserem continuar usando esta ferramenta importante de produtividade deverá pagar 50 dólares por usuário por ano para utilizar o Google Apps com processamento de texto, ferramentas de apresentação, e-mail e ferramentas para criação de planilhas.

 

Com relação a seus clientes individuais, o Google informou que irá manter seus produtos gratuitos como Gmail, mas novos recursos presentes na versão premium serão fornecidos apenas mediante o pagamento das taxas definidas pelo seu controlador.

Fonte: Reuters

Por Ana Camila Neves Morais


A Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica) firmou na semana passada termo de compromisso com o Ministério das Comunicações e com as empresas de celulares LG, Motorola, Samsung, Sony e LG.

O acordo é parte do programa de inclusão digital do governo federal e busca a criação de aplicativos no país.

Para isso serão realizadas três ações importantes: o compromisso dos fabricantes criem aplicativos no Brasil, combate à venda de celulares não homologados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e diminuição de impostos sobre os aplicativos para a oferta de preços mais baratos aos consumidores finais.

Fonte: Valor Online

Por Ana Camila Neves Morais


No último dia 21 de novembro de 2012 a Samsung anunciou a atualização do Android presente no seu aparelho Galaxy Note 10.1.

Com isso, o tablet da Samsung terá como sistema operacional o Android em sua versão 4.1 Jelly Bean além de outras melhorias.

O pacote de modificações do Galaxy Note 10.1 – com o nome de Premium Suíte – consiste além da nova versão do Android em melhorias como o Air View (que mostra mensagens de textos e vídeos sem que eles sejam abertos), o Quick Command no qual é possível escrever no tablet de forma manual e a versão atualizada do Photoshop Touch.

Outras funcionalidades que foram melhoradas no Galaxy Note 10.1 são o Easy Clip que permite o corte de imagens, melhorias no uso de SPen e SNote bem como a inserção de recursos de multijanela que permite a abertura de mais de um aplicativo na mesma tela do tablet.

Todas as melhoras do pacote Premium Suíte já estão disponíveis para update na Alemanha e em pouco tempo devem estar sendo oferecidas em outros países como o Brasil.

Por Ana Camila Neves Morais


Como muita gente já conhece, o LinkedIn é uma rede social voltada para redes profissionais, que foi lançada em 2003.  Tendo em vista o seu crescimento estrondoso e a sua popularidade entre os profissionais do mundo todo, a empresa resolveu lançar um aplicativo para iPad que é compatível com a tela de alta resolução do novo tablet da Apple.

O novo aplicativo possui uma interface muito simples e faz a integração de todas as informações que são essenciais para os usuários em apenas uma página. E também, o app consegue sincronizar-se com o calendário do iPad para manejar datas de eventos e reuniões.

Tendo em vista que a companhia demorou muito para lançar uma versão do seu aplicativo para o iPad, ela teve o máximo cuidado com o design e com a usabilidade do programa. Sendo assim, além do suporte para alta resolução, o novo aplicativo do LinkedIn também possui compatibilidade com a tecnologia multigestos, para facilitar ainda mais a navegação dos usuários.

Ainda, como hoje os iPads são muito utilizados por profissionais, como vendedores e diretores de empresas, já era hora de o LinkedIn expandir o seu aplicativo para outros dispositivos móveis. Com isso, o app é totalmente gratuito e está disponível para download na App Store em várias línguas, incluindo o português brasileiro.

Por Guilherme Marcon


Para quem não quer correr o risco de perder páginas, textos e vídeos para uma leitura posterior, o Read It Later, que agora será chamado de Pocket, promete ser uma ótima solução. Isso porque ele salva links de vídeos, páginas e textos para que estes sejam vistos ou lidos posteriormente.

Com a intenção fazer com que seus aplicativos continuem fazendo parte dos mais populares do mercado, seus desenvolvedores decidiram fazer grandes reformulações para deixá-los com um conteúdo muito mais atrativo, como ícones, fontes e painéis muito mais bonitos, além de cores muito mais suaves, tornando muito mais fácil a leitura e o acesso às informações.

A mudança não foi pela queda de usuários, tendo em vista que o número destes que permanecem ativos chega a 4,5 milhões, mas aconteceu para manter a posição de mercado, ou até mesmo elevá-la.

Entre as mudanças que foram feitas no aplicativo, sem dúvida a mais interessante é poder filtrar sua lista por tipos de conteúdo. Além de que a visualização de vídeos no site YouTube ficou muito melhor, quando comparada ao aplicativo anterior.

O Pocket já está disponível para as plataformas iOS, da Apple, e Android, do Google, nas suas respectivas lojas oficiais, sendo que agora é totalmente gratuito. E também, o app pode ser baixado para o Kindle Fire e para o Google Chrome

Por Guilherme Marcon


Recentemente surgiu um novo aplicativo para o iPad, da Apple, que remete muito aos conceitos que estavam sendo desenvolvidos pela Microsoft em seu super tablet. O nome deste era Courier e tratava-se de um tablet com tela dupla (duas telas lado a lado) como se fossem duas páginas de um livro aberto, nas quais os usuários poderiam pesquisar informações, organizá-las ou armazená-las utilizando apenas as pontas dos dedos. O projeto foi abandonado após Steve Jobs lançar o iPad em 2010.

Através desse conceito, ex-funcionários da Microsoft que trabalharam no desenvolvimento (ou quase) do projeto Courier criaram um aplicativo para o iPad, chamado de Paper, que traz vários conceitos do projeto “morto” de tablet da Microsoft.

O novato Paper, desenvolvido pela empresa FiftyThree, é um aplicativo para desenhos artísticos e anotações em uma interface simples e prática, oferecendo algumas ferramentas como caneta, lápis e pincel, e também diversas formas de papel virtual para serem utilizadas. Além disso, o Paper permite que os trabalhos artísticos sejam compartilhados nas redes sociais.

Informações do site oficial da empresa indicam que o principal executivo da FiftyThree, Georg Petschnigg, foi uma das pessoas que participou da criação do Pioneer Studios, onde a Microsoft desenvolveu o Courier. Além disso, os outros quatro fundadores da empresa também eram funcionários da “dona do Windows” na parte de desenvolvimento de produtos.

Por Guilherme Marcon


Alguns desenvolvedores muitas vezes precisam baixar aplicativos do Android para seus computadores com o objetivo de trabalhar em cima deles, sendo estudando a sua forma de desenvolvimento ou até mesmo modificando, isso para aqueles aplicativos que permitem isso.

Uma maneira fácil de fazer isso é pelo próprio navegador Google Chrome, através de uma extensão que foi lançada recentemente, o APK Downloader.

Primeiramente o usuário deve fazer o download da extensão, que está disponível na Chrome Store. Depois disso, é necessário fazer o seguinte procedimento: entrar nas propriedades do navegador (clicando com o botão direito do seu mouse no ícone de atalho) e depois digitar o comando “–ignore-certificate-errors” (sem aspas) no campo “destino”.

Se tudo der certo com a instalação da extensão, quando iniciar o navegador ele abrirá uma tela que pede o endereço de e-mail do seu cadastro no Android Market e também a senha e o DEVICE ID, que deve ser conseguido no seu telefone celular. Depois, basta acessar o endereço do Android Market e fazer o download do aplicativo.


Está disponível para este mês os 6 novos aplicativos projetados para tablets. Eles levam o nome de aplicativos Apps Adobe Touch:

Adobe Photoshop Touch: é o principal deles. Possui uma versão do Photoshop otimizada para iPad;

Adobe Debut: é uma ferramenta de apresentação idealizada para mostrar os arquivos da suíte de aplicativos do Adobe. É ótimo para apresentações aos clientes direto do tablet. Terá suporte a múltiplos formatos de arquivos;

Adobe Proto: possui ferramentas e protótipos para criar sites e aplicativos web. O usuário poderá compartilhar ideias com profissionais do mundo todo. Permite a edição de CSS e interação com o Adobe Cloud;

Adobe Collage: permite combinação de imagens, desenho e texto e enviá-las para qualquer serviço online. É ideal para a criação de mídia mista, possui também função caneta para desenhar sobre as imagens;

Adobe Kuler: possui ferramentas que permitem a criação, compartilhamento e exportação de diferentes esquemas de cores;

Adobe Ideas: um aplicativo de desenho vetorial, podendo usar uma caneta ou o próprio dedo para criar desenhos. Depois é possível transferir os trabalhos para os programas da suíte criativa ou para o Adobe Cloud.

Os novos aplicativos Adobe Touch funcionam em Tablets com Android 3.1 (Honeycomb) e o lançamento para iOS deverá ocorrer no início de 2012

O Adobe Photoshop Touch funciona apenas com tablets com Android 3.1 com telas a partir de 8,9 polegadas que tenham resolução de 1280×800 e edição de imagens de até 1600×1600 pixels.

Por Dorcas Rosicler

Fonte: Makeuseof


Depois de mais de ano de existência, eu me pergunto: do que mais o iPad é capaz? A impressão que tenho é que o tablet da Apple esgotou seu leque de possibilidades. Mas me engano. Eis que o tablet parece cumprir uma antiga promessa da tecnologia, a de substituir o papel. Quer ver mais um exemplo disso? A FAA (órgão americano responsável por regularizar a aviação naquele país) acabou de aprovar o uso do iPad no lugar das cartas de navegação.

A aprovação vale para a Executive Jet Management, uma empresa responsável pelo gerenciamento de aeronaves e cartas de navegação, e que desenvolveu um aplicativo para iPad. Para ser aprovado, o aplicativo passou por três meses de testes. Isso incluiu o uso do tablet por 55 pilotos em 250 voos.

Com isso, o iPad poderia ser usado para ajudar a operar um avião em caso de pane nos sistemas da aeronave. Normalmente, nessas situações, os pilotos recorrem aos mapas em papel. Por outro lado, durante o período de testes, nenhum problema desse tipo ocorreu.

Por Maximiliano da Rosa


Para quem ainda não sabe, ebook é a abreviação de Eletronic Book, como são chamados os livros digitais. É uma tendência cada vez mais crescente nos dias de hoje, em que os livros em papel estão virando peças raras.

Os livros digitais são a cada dia mais acessados e baixados pelos usuários através dos mais diversos dispositivos, como notebooks, celulares, smartphones e tablets. Que tal criar seus próprios livros eletrônicos? Com uma ferramenta bastante útil e ao mesmo tempo simples, você poderá criar um ebook facilmente e em pouco tempo.

O aplicativo Sigil possui opções básicas para edição de textos. Há também a opção para criar a capa de seu ebook, bastando apenas clicar em Insert, escolher a imagem e salvar. Você pode fazer o download do Sigil no site: ziggi.uol.com.br/tag/sigil-ebook.

Por Monique Mota


Quer aumentar a memória do seu computador de maneira simples e sem dor de cabeça? Esse pelo menos é um sonho de milhares de internautas.

O Dropbox é um aplicativo que permite um HD virtual de 2GB, que dá para acessar como uma pasta do próprio computador. É muito simples instalá-lo e para salvar os arquivos é somente arrastá-los à pastinha.

Para aumentar a capacidade e expandir o limite de memória, é só convidar os amigos ou pagar pelo serviço. Dá até para abandonar o pen drive e toda a parafernália e trocar pelo aplicativo (pelo menos em algumas ocasiões).

Vale à pena ter esse aplicativo, o que vai lhe garantir mais espaço para guardas documentos e maior organização de seus arquivos.

Acesse www.getdropbox.com

Juliana Alves


Os usuários do Galaxy Tab, da Samsung, que começou a ser vendido no Brasil dia 18 deste mês, poderão ler o conteúdo completo da Folha de São Paulo gratuitamente, por tempo limitado.

O acesso se dará por meio de um aplicativo da Folha, que acompanha o tablet. Inicialmente, o usuário terá acesso ilimitado a toda a produção jornalística da empresa, inclusive do jornal impresso, sem pagar nada, por um período de degustação. Terminado esse período, o uso do aplicativo será pago.

O aplicativo também pode ser usado em celulares que utilizam o sistema operacional Android 2.2. Para tanto, é necessário baixá-lo no Android Market, site de downloads do sistema.

O Galaxy Tab P100 está sendo vendido por preços que variam entre R$ 1.000 e R$ 2.000, de acordo com o plano e operadora escolhidos.

Por André Gonçalves


O Banco Itaú sabe mesmo como se tornar indispensável para seus correntistas e clientes corporativos. Depois de entrar maciçamente no nicho de cambio on-line para empresas, o Itaú agora se tornou o primeiro banco brasileiro a ter um aplicativo exclusivo no Ipad, novidade que está chegando no Brasil e a cada dia vem conquistando mais adeptos, como este que vos escreve.

Com o aplicativo é possível localizar a agência, caixa eletrônico mais próxima do cliente, observar os indicadores do mercado, como Bovespa, cotação do dólar e índice Down Jones, além de claro controlar sua conta.

O Itaú não sabe mesmo brincar. Está dando um banho de tecnologia e rapidez.

Por Victor Gonçalves


Se o iPad já é um sucesso, agora os fãs de tecnologia têm mais um motivo para não largar o tablet. Oficialmente, a revista Playboy anunciou a disponibilidade de um aplicativo com conteúdo exclusivo para o aparelho da Apple. Custando 4,99 dólares, qualquer usuário pode ter as “coelhinhas” em versão digital.

A App Store, que geralmente é rigorosa na seleção dos aplicativos, deu luz verde ao da Playboy, porém meninos, saibam que não há conteúdo com nudez. Apenas fotos sensuais, matérias e entrevistas estão disponíveis.

Chamado de Playboy HD for iPad, o aplicativo oferece todo este conteúdo, além de papéis de parede e vídeos sobre os bastidores da revista do mês.

Por Camila Porto de Camargo

Fonte: Tudo Celular


O iPad veio à tona e, à primeira vista, chegou até a ser motivo de piada. Pouco tempo passou desde o seu lançamento e, quem diria, o tablet da Apple caiu nas graças dos apaixonados por tecnologia. Tanto é que todos os dias vemos um novo uso para ele. Agora, os beneficiados da vez foram os músicos.

Eu já estudei um pouco de música e posso falar que parar de tocar para passar as páginas de uma partitura é um saco! Quem já foi a um concerto sabe como é: num determinado instante, os instrumentos silenciam e tudo o que se ouve é aquele folheado chato.

O AirTurn for iPad vem solucionar esse incômodo e tornar a vida do músico mais fácil. Tudo funciona com o auxílio de dois pedais que se conectam ao iPad via bluetooth: basta pressionar um dos pedais com o pé para passar para a página seguinte ou retornar para a anterior.

O aparelho ainda está sendo desenvolvido e deve ser lançado no último trimestre de 2010.

Por Antonio Lúcio


O iPad acaba de romper mais uma barreira, e permitirá que a tecnologia ande de mãos dadas com a religião. E quem tornou isso possível foi o padre italiano, Paolo Padrini. O sacerdote criou um aplicativo para o tablet da Apple que contém todas as instruções para um padre rezar a missa.

O missal é artigo essencial para a realização da celebração, e estará disponível na App Store gratuitamente com todos os textos para um ano inteiro de trabalho. O aplicativo para iPad, na verdade, não chega a ser inédito no gênero. O mesmo padre que criou esse aplicativo, já havia feito algo parecido com o iPhone há cerca de dois anos, com o iBreviary.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: G1


O pacote de aplicativos para escritório Documents To Go é velho conhecido dos usuários de smartphones. Disponível há algum tempo em versões para diferentes SOs portáteis, a suíte se estabeleceu como uma boa alternativa ao Microsoft Office como ferramenta de escritório móvel.

O software possibilita a edição de arquivos por preço pequeno, e pode até ser gratuita se for usada apenas para visualizar documentos do Word, ou planilhas do Excel, além de arquivos PDF.

A boa notícia para os usuários é que o pacote ganhou uma atualização e agora também está disponível para o iPad. Com isso tablet da Apple tem tudo para ser mais que um simples tablet, e pode se transformar numa poderosa ferramenta e adentrar o ambiente corporativo de vez.

A suíte pode ser baixada em duas versões na App Store, ao preço de 8 e 12 dólares para versão Premium e Office, respectivamente.

Por Maximiliano da Rosa

Fonte: MacMagazine





CONTINUE NAVEGANDO: