Nova geração de notebooks conta com telas de 13 e 15 polegadas, além de outras configurações interessantes.

A empresa Dell anunciou a nova geração de notebooks no formato 2 em 1 lançando a linha Inspiron 5000, que tem telas entre 13 e 15 polegadas, além de trazer diversas tecnologias avançadas, como a sexta gerações de processadores da marca Intel e reconhecimento facial. Além disso, também há a linha Inspiron 3000, que conta com modelos com tela de 11 polegadas.

Os computadores Dell Inspiron 5000 contam com uma tela sensível ao toque e Full HD, além de um novo desenho, com acabamento em cinza escuro. O peso é de apenas 1,62 kg para o modelo que tem 13 polegadas e armazenamento em SSD. Atribuído com medidas compactas da um aspecto de alta portabilidade para os aparelhos que disponibilizam uma autonomia que pode chegar a 9 horas de uso contínuo, através de apenas uma única carga.

Esta linha Inspiron 5000 proporciona um sistema de rotação de tela, de 360 graus, que faz com que o dispositivo possa ser utilizado de quatro modos: tablet, notebook, tenda e apresentação. Há opções com memória de até 8GB e armazenamento de 500GB ou então 1TB em opção com SSD. Os possui alto desempenho, através do uso de processadores de 6ª geração do Intel Core i3, i5 e i7.

Ficha técnica:

 Dimensões:

· Largura: 32,4 cm

· Profundidade: 22,48 cm

· Altura: 1,95 cm

· Peso: a partir de 1,62 kg

Processador: sexta geração do Intel Core i3, i5 ou então i7

Placa Gráfica: HD Graphics 520 Intel

– Tela:

Tamanho: 13,3 polegadas

Tipo: Touchscreen LED (amplos ângulos de visão)

Resolução: Full HD (1920 x 1080)

– Memória RAM: 8 Giga Bytes

– Características para digitação: Teclado retro iluminado no padrão ABNT2

– Hard Drive: HDD com 500GB ou então 1TB tendo opção com SSD

– Sistema Operativo: Windows 10 Home

– Portas de comunicação, conta com:

· 2 USB na velocidade de 3.0

· 1 USB na velocidade 2.0

· 1 conexão para microfone e fone de ouvido

· 1 leitor de cartão SD

· 1 porta HDMI 1.4

Rede:

· Bluetooth 4.0 (2.4/5.0 GHz) (2×2)

· Wireless 1820 WiFi padrão 802.11ac

Alimentado por bateria de 3 células com 42 Wh (integrada)

Além de tudo isso, oferece garantia Premium Support e Serviços profissionais.

Também a Dell anunciou a nova linha de notebook destinadas a jogadores de game: o Dell Inspiron 15 Gaming, que conta com chip gráfico NVIDIA e obviamente uma configuração de hardware muito boa para dar aos gamers um alto desempenho.

Por Filipe Silva

Dell Inspiron 5000


Modelo conta com processador Intel Core M e tem um bom consumo de energia.

No ano passado a Samsung fez o lançamento do notebook Style S40 no mercado brasileiro. O aparelho conta com um processador Intel Core M, o qual não se destaca por uma grande potência, mas também não tem um consumo alto de energia.

A sua tela é FULL HD de 12 polegadas. O notebook Style S40 é bem fino e conta com uma espessura de 1,2 centímetros. O seu peso é de 950 gramas. A Samsung lançou esse dispositivo para concorrer no mercado com o MacBook de 12 polegadas, da Apple, uma vez que as características de ambos são bem parecidas.

O Style S40 conta com a tecnologia Touchpad Logon, um recurso que possibilita que a pessoa troque a sua senha de acesso do Windows por um desenho que fica padronizado no touchpad. O sistema operacional do S40 é o Windows na versão 8.1, mas já conta, obviamente, com a atualização para a nova versão 10.

A bateria do notebook conta com uma boa autonomia. Dados da Samsung dão conta que o aparelho pode manter 90% da sua capacidade original mesmo depois de 1 mil ciclos da sua carga.

Em termos de memória RAM o Style S40 apresenta 8 GB e o seu armazenamento interno é via SSD com 256 GB. No seu lançamento, o preço inicial sugerido era de R$ 5.999. Porém, como tem especificações parecidas com o MacBook 12” da Apple, o qual custa R$ 8.499, o custo benefício do S40 pode ser bem agradável. Atualmente, o preço do S40 não mudou muito, sendo possível encontrar o aparelho com um desconto do valor inicial em no máximo R$ 300.

Dicas antes de comprar um notebook – Memória RAM:

Antes de definir o tamanho da Memória RAM do seu aparelho, o usuário deverá fazer algumas considerações do mercado atual. Para rodar hoje um Windows 8, por exemplo, que não é a versão mais nova do sistema operacional da Microsoft, é necessário que a sua memória RAM conte com 1 GB.

Porém, os padrões atuais aconselham que o notebook tenha, no mínimo, 2 GB de RAM para que assim, o desempenho do aparelho não seja prejudicado quando necessita operar aplicações mais pesadas sem travamentos. Se você é um heavy user, compre um notebook com 4 GB de RAM ou mais.

Samsung Style S40

Samsung Style S40

Fotos: Divulgação


Novo notebook custa de R$ 4.820 a R$ 5.999. Computador vem com processador Intel i5 ou i7, além de placa de vídeo com 4 GB de memória dedicada.

A Dell lançou recentemente sua nova linha de notebooks voltados para o público gamer, o Dell Inspiron 15 7000. O modelo conta com placa de vídeo Nvidia GTX 960M e 8 GB de memória RAM, capaz de executar a grande maioria dos games atuais em alta resolução e excelente taxa de frames.

O modelo conta com tela de 15 polegadas capaz de transmitir imagens em resolução Full HD. A versão essencial chega ao mercado brasileiro por preço estimado de R$ 4.820.

O modelo conta com processador Intel i5 ou i7 de 6ª geração. A placa de vídeo conta com 4 GB de memória RAM dedicados, ao contrário do que ocorre na maioria de notebooks comuns. O dispositivo também conta com disco rígido de 1 TB, capaz de armazenar vários arquivos e jogos.

A série 7000 também oferece conexão HDMI com suporte à resolução Ultra HD, USB 3.0, leitor de cartões, conexão Ethernet 10/100 e Wi-Fi. O cliente também poderá optar por substituir o disco rígido por um SDD de 128 GB ao realizar a compra no site oficial da empresa. O computador possui também autofalantes com tecnologia Waves MAxxAudio Pro.

É possível optar também entre o sistema operacional Windows 10 64 bits ou Linux Ubuntu. Ao escolher o sistema operacional do Linux o preço não sofrerá acréscimos, ao contrário do que ocorre ao escolher o Windows 10.

A Webcam do modelo promete conferências em 720p (HD) e possui microfone embutido. Os drivers GeForce Experience e Game Ready Driver também estão inclusos para garantir maior desempenho, otimização do sistema e programas de edição gráfica.

A bateria conta com autonomia de aproximadamente 10 horas. O design em preto fosco com o logo da empresa em vermelho chama bastante atenção e promete agradar ao público de todas as idades. Vale lembrar que o modelo pesa aproximadamente 2,5 kg.

A versão com Core i5 e sistema Linux possui preço de R$ 4.820 e com Core i7 R$ 5.619. Já a versão com Windows 10 varia entre R$ 5.199 e R$ 5.999.

O 15 7000 é o primeiro notebook gamer da Dell e sem dúvidas é a melhor opção para quem deseja ter um notebook de qualidade capaz de executar jogos com alto desempenho e com um bom custo-benefício.

Por Wendel George Peripato


Novo modelo da Lenovo pode ser usado como tablet e notebook.

O mercado de notebooks perdeu muito espaço nos últimos anos, graças ao mercado de smartphones, que cresceu em um ritmo aceleradíssimo, tomando o lugar que antes era não somente dos Notebooks, como também dos computadores de mesa. Porém, isso não significa que o mercado de Notebooks está morto, pelo contrário, muitos, principalmente a trabalho, ainda preferem os dispositivos, e as marcas seguem investindo nesse ramo, entre elas, a marca chinesa Lenovo, que anunciou seu novo dispositivo na MWC deste ano.

Como dito, o mercado de smartphones, acabou por abocanhar uma grande parcela do mercado de Notebooks, e exatamente por esse motivo, é preciso que as empresas se reinventem e busquem novas maneiras de atrair os consumidores para esses dispositivos. Um modelo que vem sendo usado nos últimos tempos e é extremamente atrativo para o consumidor, são os dispositivos ''2 em 1'', que podem tanto ser usados como um tablete e como um Notebook, e é essa linha que segue o Ideapad MIIX 310, da chinesa Lenovo.

O dispositivo foi anunciado durante a conferência da empresa na Mobile World Congress deste ano, tratando-se de um modelo de baixíssimo custo, o que pode até mesmo ajudar na popularização do dispositivo no Brasil, caso o mesmo seja lançado por aqui, custando apenas US$ 229, algo em torno de R$ 910, desconsiderando os impostos que poderiam ser cobrados sobre o aparelho.

O aparelho será lançado em junho deste ano, mas não há nenhuma previsão feita de lançamento para o mercado brasileiro.

Quanto às configurações de hardware, o dispositivo é até certo ponto, simples, contando com o processador Intel Atom X5 8300, 4GB de memória RAM, placa gráfica integrada ao dispositivo e um fator que pode ser considerado negativo, o tablet/notebook, estará disponível em versões com 64GB e 128GB, pouco para um dispositivo que se propõe a ser um ''2 em 1'', mas justificado pelo preço reduzido do dispositivo. A tela é Full HD e ele conta com o Windows 10.

Para que o tablet se torne Notebook, basta acoplar o teclado ao dispositivo. Mesmo com o baixo custo, o design também agrada, sendo compacto e bonito.

Por Isis Genari

Lenovo Ideapad MIIX 310

Foto: Divulgação


Os notebooks são muito utilizados atualmente, e para prolongar a vida útil deles basta adotar algumas medidas de cuidado.

Todos os aparelhos possuem uma vida útil e dependendo da forma como são conservados, sua vida útil poderá se prolongar ou diminuir. Os notebooks são cada vez mais utilizados atualmente, pois são computadores portáteis que trazem praticidade para seus usuários. O notebook, assim como todos os outros aparelhos eletrônicos, também irá funcionar por determinado tempo.

Descubra aqui como prolongar a vida útil de seu notebook:

Se você gosta de comer ou beber algo enquanto usa seu notebook, deve parar. O que tem se tornado um costume de muitas pessoas pode prejudicar seriamente o aparelho. Farelos de comida e líquidos derramados irão danificar, ou até mesmo inutilizar o teclado e o mouse. Se a quantidade de líquido derramada for grande, ele poderá deixar de funcionar completamente.

Diversos notebooks possuem atualmente uma tela de LCD. A tela que traz diversos benefícios para imagens mais nítidas não deve ser tocada. Dependendo da forma que alguém bate na tela, poderão surgir manchas irreparáveis nela. O mesmo vale para batidas fortes.

Outro costume muito grande entre os usuários de notebooks é utilizá-los diretamente ligados na tomada. Isso poderá viciar a bateria de seu computador, que ficará completamente dependente da tomada. O correto é ao menos uma vez por mês utilizar o aparelho até que a bateria acabe completamente, após isso, deixe-o desligado por 5 horas e depois carregue-o. Dessa forma, o sensor de carga da bateria não ficará descalibrado.

Quando for transportá-lo ele deve ser desligado. Se o notebook estiver ligado enquanto é transportado e bater em algo ou alguém, o HD poderá se riscar. Com um HD riscado há a grande possibilidade de que os arquivos nele sejam danificados e, por consequência, perdidos.

Ao adquirir um notebook, procure comprar também uma bolsa própria para transportá-lo. O transporte desses computadores em sacolas, mochilas, etc., inadequados poderá quebrar componentes externos e até mesmo internos do aparelho.

Há saídas de ar específicas em seu notebook para que ele não superaqueça. Por esse motivo, ele não deve ser utilizado em cima de almofadas, camas, sofás, ou outras superfícies que tampem completamente essas saídas. É importante evitar o superaquecimento, pois ele poderá até mesmo queimar o processador do computador.

Faça uma limpeza externa no aparelho com frequência. Utilize um pano seco e limpo para limpar a tela, assim como um pincel macio também seco e limpo para limpar o teclado e o mouse. Isso irá evitar o acúmulo de poeira. Nunca utilize produtos de limpeza ou panos molhados.

Evite a queima do notebook utilizando apenas fontes originais para carregá-lo. Fontes diferentes irão acarretar a queima do mesmo.

Se possível, faça uma manutenção preventiva uma vez ao ano, com alguém capacitado para fazê-la. Com o tempo o notebook poderá apresentar problemas e a manutenção é uma forma de preveni-los e proteger seus arquivos.

Se possuir dúvidas sobre alguma função ou algum recurso do aparelho, ligue para um técnico que entenda do assunto. Dessa forma problemas acidentais são facilmente evitados.    

Por Isabela Palazzo

Usando notebook

Foto: Divulgação


Aparelhos contam com processador dual-core e tela touchscreen. Preços variam de 5.999 a 7.999 rupias indianas.

A DataWind é conhecida mundialmente por fabricar dispositivos eletrônicos e distribuí-los em países em desenvolvimento. No início do mês, a empresa anunciou o lançamento de dois Netbooks de 7” e 10” com preço de lançamento de 5.999 e 7.999 rupias indianas, respectivamente.

O Netbook DroidSurfer 10” conta com tela sensível ao toque e resolução de 1024×600 pixels, além de sistema operacional Android 4.4.2 KitKat, processador Cortex A9 dual core de 1.6 Ghz e 1 GB de memória RAM.

Já o modelo de 7 polegadas conta com ecrã tátil com resolução máxima de 800×600 pixels, sistema operacional Android 4.4.2  e o mesmo processador utilizado no modelo de 10 polegadas. No entanto, o dispositivo possui apenas 512 MB de RAM.

Em geral, a grande diferença de ambos os dispositivos está no tamanho e resolução da tela, além da capacidade de armazenamento interno, que conta com 4 GB ou 8 GB, expansível por meio de cartão MicroSD. É possível acoplar mouse, teclado, disco rígido externo e pendrive por meio de conexão USB.

Ambos os modelos contam com conexão Wi-Fi e suporte ao Wi-Fi Hotspot, que permite ao usuário compartilhar sua rede com outros dispositivos por meio de conexão sem fio. Além disso, os modelos contam com câmera frontal de qualidade e bateria de boa duração com capacidade de 4000 mAh.

Os modelos estarão disponíveis através de diversas lojas do varejo indiano ainda esse ano. Além disso, os dispositivos chegarão ao mercado com acesso à internet gratuita e ilimitada por um ano.

O navegador utilizado em ambos os dispositivos é UbiSurfer, o qual não é capaz de reproduzir streaming de vídeos, áudio e realizar download. A DataWind adverte que o usuário que desejar liberar esses recursos deve contratar planos de internet separados, especificamente para isso.

Segundo a DataWind, toda criança tem direito a tecnologia, educação e informação, independente de seu nível social. E é exatamente por esse motivo que a empresa lançou seus portáteis na Índia, que possui a segunda maior população mundial.

Vale lembrar que a DataWind foi pioneira no lançamento de dispositivos móveis de baixo custo. Em 2012 a empresa lançou seu primeiro tablet, o Aakash, que podia ser encontrado com preço entre 35 e 45 dólares.

Além dos modelos de netbook, a empresa lançou no mês passado dois smartphones de entrada no mercado indiano: O  PocketSurfer 2G4X e o PocketSurfer 3G4Z, com preço de 2499 e 3999 rupias indianas, respectivamente.

Por Wendel George Peripato


Modelo é um tablet que pode ser usado como computador de mesa. Lançamento será na MWC 2016.

A integração entre os dispositivos móveis e os bons e velhos computadores de mesa, já foi um objetivo maior por parte de grandes e médias empresas no passado, quando o uso do software dos computadores ainda era maior por parte dos usuários.

Agora, algumas empresas parecem estar interessadas em investir novamente nessa tecnologia, é o caso da BQ, empresa pouco conhecida, mas que irá lançar em breve um tablet que promete ser, além do dispositivo móvel, também um computador de mesa.

Trata-se do BQ M10, que será apresentado na MWC (Mobile World Congress) 2016, que ocorre na última semana de Fevereiro em Barcelona, que fica no país natal da empresa fundada há 7 anos, em 2009: a Espanha.

O tablet, porém, não virá com o Android e sim com a versão mobile do Ubuntu, que vem ganhando atenção das empresas, tratando-se também de um sistema Linux, bem como o Android.

O tablet será lançado em parceria com a Canonical, empresa que é responsável pelo desenvolvimento do Ubuntu, e tanto a versão Mobile, como o tablet, quanto a versão como Desktop, rodarão o Ubuntu. Inicialmente, o projeto era para o lançamento do smartphone Ubuntu Edge, porém, como a empresa não conseguiu o investimento necessário para lançar o dispositivo, procurou apoio de outra empresa para lançar o projeto, que acabou se tornando um tablet.

O dispositivo será apresentado como um modelo intermediário para os usuários, contando com uma tela de 10,1 Polegadas, chipset da MediaTek, o  MT8163A ARM Cortex-A53 quad-core, 2GB de RAM, 7.280 mAh de bateria e 16GB de memória interna expansível com cartões microSD.

Para que o usuário possa aproveitar o máximo da experiência quando utilizar o dispositivo como um computador de mesa em um monitor externo, será possível conectar um mouse e teclado, via Bluetooth.

O destaque fica para a bateria, que deverá ter uma longa duração já que conta com uma bateria extremamente potente para os padrões atuais.

A BQ ainda não divulgou o preço de lançamento do aparelho, mas a expectativa é que o produto chegue ao mercado por 250 euros, ou pouco mais de R$ 1.000 na cotação atual do euro, desconsiderando os impostos, um valor extremamente salgado se levarmos em conta que o aparelho é intermediário e conta com um SO ainda não popular.

Por Isis Genari

BQ M10

Foto: Divulgação


Novos modelos irão concorrer diretamente com o MacBook 2015 da Apple. As vantagens da linha Gram em relação ao modelo da Apple são as entradas para cartão de memória micro SD e as saídas para USB 3.0 e HDMI.

O notebook que faltava no mercado para bater de frente com o MacBook 2015. Essa é a proposta da LG para seu novo modelo de laptops da linha Gram.

Depois de muitos anos de soberania do MacBook da Apple, espera-se já para este ano, uma competição mais acirrada pelo ramo dos notebooks, onde especialmente no mercado americano a Apple domina largamente.

Muito mais finos e leves do que outros modelos da marca, a LG quer concorrer com o MacBook 2015 de frente, colocando à disposição do público ainda neste mês o novo notebook.

As vantagens que o Gram tem em relação ao gadget da Apple são as entradas para cartão de memória micro SD e as saídas para USB 3.0 e HDMI.

Através do modelo de construção do laptop, utilizando entre outras ligas metálicas também o magnésio, proporciona que o laptop pese apenas cerca de 900 gramas. Isso coloca a nova linha mais perto da concorrente, pois os laptops da Apple são reconhecidos pela leveza, sendo que a Apple utiliza alumínio para a construção dos seus notebooks.

Porém, ainda que com essa parte leve do notebook, temos outra parte bem pesada, que são as suas configurações.

O notebook da LG vem ao mercado com duas versões diferentes de processadores, o Intel Core i5 e o i7, que juntamente com os 8 GB de memória RAM, e SSDs de 128 e 256 GB transformam o laptop em um concorrente à altura da marca, que hoje é soberana, Apple.

Todas as versões de tela do laptop vêm com tela full HD, um painel IPS e touchscreen (tela sensível ao toque), tudo isso com uma espessura de menos de meia polegada.

Embora a nova linha da LG ainda não tenha chegado ao Brasil, podemos ter uma base de preço se compararmos com os valores praticados no mercado norte americano, por exemplo, para o modelo de 14 polegadas com processador i5 o custo para compra é de US$ 999, já para o modelo com i7 ele pode chegar até US$ 1.399.

Por Igor Furraer

LG Gram

LG Gram

Fotos: Divulgação


Notebooks da linha Vaio começarão a ser produzidos no Brasil e têm previsão de começarem a ser vendidos em outubro.

A empresa de eletrônicos brasileira Positivo Informática anunciou que irá iniciar a produção de notebooks da linha Vaio no Brasil. A linha de computadores pessoais Vaio havia deixado o mercado brasileiro após o final da parceria com a marca japonesa Sony, em 2014.   

A expectativa é que os laptops comecem a ser vendidos no mercado brasileiro a partir do mês de outubro. Os computadores serão produzidos pela Positivo, mas terão todo seu desenvolvimento realizado pela Vaio. O suporte a atendimento dos consumidores que adquirirem o notebook da linha ficará a cargo da empresa brasileira.

De acordo com a Vaio, trata-se da primeira grande parceria internacional deste tipo realizada pela companhia desde a separação da Sony. Vale lembrar que em 2014 o conglomerado japonês de eletrônicos vendeu a Vaio para o grupo Japan Industrial Partners, o que fez com que a fabricante deixasse de fabricar computadores do modelo Vaio.   Algo que pode preocupar a Positivo no relançamento da linha Vaio no Brasil é o fraco desempenho que o mercado de PCs está sofrendo no mundo todo, em especial no mercado brasileiro.

De acordo com pesquisas e dados divulgados, a queda de vendas de PCs no País alcançou um recuo expressivo de 26% em 2014. Para este ano, a expectativa é que o mercado recue 27% em vendas no Brasil.   

O desempenho da Positivo também é preocupante. De acordo com a empresa de pesquisa de mercado IDC, a companhia sofreu um declínio de 31% nas vendas de computadores e tablets no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano passado.   

Na quinta-feira (20/08), após o anúncio de que a empresa fechou a parceria com a Vaio, as ações dispararam. Os papéis da Positivo mostraram uma alta de 8,29%, cotadas a R$ 1,96.   A linha de computadores Vaio é conhecida por ótimas configurações e excelente design, o que atrai consumidores dispostos a gastar um pouco mais por um produto de ótima aparência.

Os computadores da marca japonesa são destinados para diversos públicos, tanto para jovens, usuários básicos e usuários profissionais.

Por William Nascimento

Notebook Vaio

Notebook Vaio

Fotos: Divulgação


Novo modelo 2 em 1 da Dell chega ao mercado brasileiro custando a partir de R$ 3.149.

A fabricante americana de computadores Dell anunciou o lançamento do notebook híbrido Inspiron 15 Série 7000. Trata-se de um laptop 2 em 1 que chega pela primeira vez ao mercado brasileiro.

O computador é ultrafino (menos de 20 mm de altura) e apresenta um design bastante atraente e moderno. Com a carcaça em alumínio e pesando cerca de 2,1 kg, o Inpiron 15 Série 7000 possui quatro modos de uso: notebook, tablet, tenda e apresentação.   

Sua tela sensível ao toque é Full HD com tecnologia IPS, o que permite aos usuários um melhor ângulo de visão. O visor também tem rotação de 360 graus, o que é ideal para o uso em diversas ocasiões. Por dentro, o notebook da Dell é composto por um excelente hardware. Ele apresenta opções de processadores da quinta geração da Intel, o Core i5 e i7. O sistema operacional de fábrica e o Windows 8.1 ou o Windows 10.  

Para esbanjar potência, o laptop conta com 8 GB de memória RAM e um HD de 1 TB. De acordo com a Dell, a bateria tem uma autonomia de até 9 horas com apenas uma única carga, o que é excelente tendo em vista a pouca espessura do produto.   

Sua tela de 15 polegadas, maior em comparação à tela de 13 polegadas, permite um ganho de cerca de 40% de espaço útil. Isso é bastante interessante para os que gostam de ver filmes ou trabalhar com planilhas, imagens e vídeos.

Por enquanto, o Inspiron 15 Série 7000 só pode ser adquirido através do site da fabricante a partir de R$ 3.149.   

Abaixo você confere as especificações completas: 

– Processador: Intel Core i5 ou i7 de 5ª geração;

– Placa gráfica: Intel HD Graphics 5500;

– Tela: Touchscreen de 15,6 polegadas com resolução de 1920 x 1080 pixels;

– HD: 1 TB;

– Memória RAM: 8 GB;

– Sistema operacional: Windows 8.1 ou Windows 10;

– Peso: 2,1 kg;

– Dimensões: 38,19 cm x 25,25 cm;

– Espessura: 1,99 cm.

Por William Nascimento

Dell Inspiron 15 Série 7000

Dell Inspiron 15 Série 7000

Fotos: Divulgação


Utilizar um teclado externo e outros periféricos no notebook prolonga a vida útil do aparelho e traz benefícios até mesmo para a saúde.

A grande vantagem do notebook é a sua facilidade de ser transportado e além de ser tão mais prático que um computador desktop, o notebook apresenta um ótimo processamento, principalmente os notebooks atuais que contam com muito espaço em disco para armazenamento, ótimo poder de processamento e também, muita memória RAM.

Mas quem utiliza um notebook para trabalho sabe que às vezes faz falta adicionar um teclado externo e fazendo isso as vantagens são muitas!

O primeiro benefício em usar um teclado externo para notebook está justamente no fato de evitar o desgaste no teclado do notebook e se adicionar um mouse ao aparelho, melhor ainda, pois assim você irá "poupar" o notebook, utilizando somente o teclado externo.

Para quem trabalha digitando muito, vai sentir ainda uma melhora considerável, pois erra menos, já que evita inconvenientes esbarrões no mouse pad do notebook que acontecem quando se utiliza o teclado do próprio aparelho.

Outra vantagem no teclado externo para notebook está na distância que o usuário ficará da tela, já que é preciso respeitar uma distância mínima de 40 centímetros entre o monitor e os olhos. Digitando diretamente no teclado, não há como respeitar este limite e os olhos ficam muito próximos da tela, mas com um teclado externo você conseguirá manter o notebook a uma distância razoável, não prejudicando sua visão.

E com um teclado externo em seu notebook você estará reduzindo bastante o risco de que aconteçam lesões, pois irá ficar mais confortável, evitando aquelas posições que tão prejudiciais são para nosso corpo. Com isto você não vai mais sentir dores nos ombros ou pescoço e até mesmo no braço, depois de utilizar o notebook por um tempo mais prolongado. E há periféricos que ajudam a melhorar as posições do notebook, reduzindo inclusive o risco de lesões em tendões e até em nervos.

Um dos motivos que levam as pessoas a não comprarem um teclado externo para seu notebook é o fato delas quererem economizar, mas vamos analisar por outro lado: se você utiliza o teclado de seu notebook e ele estragar, o conserto ficará muito mais caro do que se acontecer com um teclado externo.

Os benefícios são muitos, pense bem que certamente você vai querer adquirir o quanto antes um teclado externo para o seu notebook.

Por Russel

Teclado externo no notebook

Foto: Divulgação


Novos modelos terão um botão exclusivo para acesso a Cortana.

A Toshiba está lançando uma linha de notebooks que foi projetada exclusivamente para receber o Windows 10, o novo sistema operacional da Microsoft e assim explorar todos os novos recursos que são oferecidos pelo SO. E uma das novidades da nova linha de notebooks da Toshiba é o botão disponível exclusivamente para a assistente virtual do Windows 10, a Cortana.

Toda a linha chega ao mercado com o sistema operacional Windows 8.1 instalado, mas assim que o Windows 10 for anunciado oficialmente, os usuários poderão fazer a atualização gratuitamente.

O anúncio foi no dia 22 de junho e serão 4 linhas:

– Satellite C, Satellite L, Satellite S e a híbrida Fusion sendo que cada versão terá um preço diferenciado e também um desempenho, por isso é bom que os usuários conheçam bem as 4 opções para escolher aquela que melhor irá lhe atender.

O Satellite C oferece modelos com 15" e 17" com opções de telas touchscreen. O processador pode ser o da Intel ou da AMD e o espaço de armazenamento varia de 8GB a 1TB. O preço ficará na média de R$ 1.217,00.

O Satellite L é a linha intermediária e as configurações variam, oferecendo caixas de som Skullcandy, tela 4K, Wi-Fi e memória de até 18GB com preço na média de R$ 1.633,00.

E para os usuários que precisam de um notebook de alto desempenho, o Satellite S chega para atendê-los com uma ótima configuração, tendo placa de vídeo dedicada NVidia, processador Intel Haswell e SSD e até o design é diferenciado pois é de aço escovado.  O preço, claro, será mais elevado que os demais, ficando acima dos R$ 2.200,00.

E tem ainda a linha Fusion, indicada para aqueles que gostam ou precisam utilizar o notebook como um tablet, pois a tela é touchscreen e capaz de girar em 360°. Com capacidade de até 12GB de memória, a linha Fusion oferece teclado retroiluminado e o preço fica na média dos R$ 2.000,00.

Nos Estados Unidos, os novos notebooks da Toshiba já estão nas principais lojas, mas os brasileiros terão que esperar porque a empresa não divulgou quando pretende lançar esta nova linha aqui no Brasil.

Por Russel

Notebook da Toshiba

Notebook da Toshiba

Fotos: Divulgação





CONTINUE NAVEGANDO: