Apple atualizou a linha de Macbooks e iMacs



  

Mudança feita nos Macbooks faz com que o aparelho acesse arquivos com mais agilidade.

A gigante fabricante de aparelhos eletrônicos Apple está atualizando os seus produtos de 15’’ e os iMacs, atualização esta que havia sido feita nos componentes dos Macbooks de menor porte incluindo os modelos Air.

A principal mudança que foi feita no Macbook de 15” foi a inserção de 4lanes de PCle para SSD da máquina, o que faz com que o aparelho acesse arquivos com maior agilidade, outra novidade foi a inclusão de uma nova placa de vídeo, a qual tem um modelo mais caro do que a que era utilizada nos modelos anteriores. A velha placa de vídeo Nvidia GeForce GT 750M  foi substituída pela nova placa de vídeo AMD Radeon R9 M370X, a qual tem 2GB de memória do tipo GDDR5.

A única notícia que os consumidores irão achar ruim é a de que ainda não foi dessa vez que Apple fez a atualização dos processadores de suas máquinas, ou seja, todas irão continuar com a utilização da arquitetura da Intel Haswell. Os modelos que têm os preços mais acessíveis e não possuem a placa da AMD também não foram agraciados com nenhuma melhoria de performance de CPU ou, até mesmo de GPU, quando usamos como parâmetro os Macbooks que tiveram lançamento feito a mais de um ano. Ao que tudo indica a Apple irá ignorar as CPUs do modelo Broadwell e a tendência é que a empresa siga direto para o modelo Skylake, que é modelo que a Intel está preparando para ser lançado ainda neste ano.

A Apple acabou fazendo um bom negócio para os consumidores, uma vez que além de fazer a atualização do Macbook, ela ainda reduziu 200 dólares do preço do iMac com tela de retina, aparelho que agora custa 2.300 dólares. Outra novidade que a empresa lançou foi uma versão mais acessível desse mesmo iMac sem a disponibilização do Fusion Drive e com um processador um pouco mais lento, aparelho este que tem o preço de 2.000 dólares, contudo se o cliente não abrir mão do Fusion Drive é possível equipar esta versão com um 1 TB, o que faz com que o consumidor ainda consiga economizar 100 dólares.





Por Adriano Oliveira

Macbook da Apple

iMac

Fotos: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *