Messenger é a nova aposta do Facebook



  

Messenger busca mais interação e melhor expressão para os seus usuários

Aconteceu nos dias 25 e 26 de março, em São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos,  a F8, que é uma conferência tradicional do Facebook, voltada à desenvolvedores e outros profissionais que criam para o Facebook ou que o utilizam como meio de trabalho. A novidade ficou por conta da 'promoção' do Facebook Messenger, que ganhou do chefe, Mark Zuckerberg, o status de 'plataforma'. 

Com esse acontecimento, o Facebook  Messenger pára à frente no WhatsApp em termos de recursos similares e de aplicativos que dão o tom de divertimento às conversas via aplicativo.

Sendo chamado de  Messenger Plataforma (tradução livre), ele chega com um objetivo bem definido: ajudar os desenvolvedores a criarem aplicativos que se integrem ao Messenger para dar mais opções de interação e melhor expressão aos os seus  mais de 600 milhões de usuários, para que eles  tenham mais formas de comunicar-se, através de GIFs, fotos, clipes de aúdio e outros. 

A boa notícia: o Facebook anunciou que aproximadamente 40 aplicativos já estão em funcionamento para o lançamento, entre eles, alguns já bem conhecidos, como o Talking Tom, Meme Generator, Bitmoji e muitos outros.

Devido à essa mudança, haverá a possibilidade de um contéudo do aplicativo ser compartilhado em mensagens particulares ou em grupo. Aplicativos compatíveis poderãos ser baixados pelo Messenger, na App Store, Google Play ou mesmo na Windows Store.

Negócios pelo messenger





Uma boa notícia nunca vem sozinha, sempre traz outra. O Messenger se tornou tão importante no Facebook que desencadeou uma outra novidade: o Messenger para Negócios, que é parecido com o Facebook para Negócios. Ele vem para transformar o aplicativo e tidas suas funcionalidades em uma nova ferramenta para as empresas. Através dele,

o usuário poderá ser avisado do status de uma compra que tenha feito pelo Messenger, uma vez que o vendedor (site de onde comprou) tenha o recurso instalado. O usuário poderá ainda, contatar a empresa via app, caso precise de informações sobre o seu produto. Uma ótima ideia, que vem a somar e a facilitar a aproximação das empresas com os seus clientes.

Por enquanto, há apenas duas empresas com o aplicativo funcionando: Everlane e Zulily, mas para todas as outras, ele deve começar a funcionar em breve.

Por Elia Macedo

Foto: divulgação



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *