Facebook pretende hospedar sites de notícias



  

Rede social quer fazer com que seus usuários não precisem sair de seu sistema para acessar notícias de outros sites

O Facebook continua com planos de expandir seus negócios e não ser apenas uma rede social onde os usuários possam postar fotos, vídeos e memes, a empresa tem planos bem mais ambiciosos para seu futuro.

Hoje no Facebook podemos encontrar também diversas notícias que são postadas principalmente pelos veículos de comunicação que mantêm um perfil na rede social. E divulgar notícias nas redes sociais tem sido uma ótima forma para que estes veículos de informação possam fazer com que seu material chegue a um número bem maior de pessoas.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, está atento a todo este conteúdo publicado na rede social e tem planos de hospedar estes sites de notícias. Zuckerberg já se reuniu com diversas empresas de comunicação para lhes apresentar o projeto e estudar as melhores formas de viabilizar este seu objetivo.

A intenção de Zuckerberg é que o material produzido pelas empresas de comunicação fique armazenado no Facebook. Atualmente são postadas "chamadas", ou seja, só uma parte da notícia é publicada e para ler a matéria na íntegra, o usuário precisa clicar no link e ser redirecionado para o site da empresa de comunicação, ou seja, o usuário "deixa" o Facebook e é isso que Zuckerberg não quer que aconteça mais.

O projeto de Zuckerberg é ousado, mas seria um grande passo para o Facebook que deseja manter os usuários sempre no seu próprio "ecossistema".

Hoje o que existe é uma "parceria não combinada", onde os veículos de comunicação geram conteúdo em seu site e usam o Facebook para atrair os usuários.





Ter o conteúdo completo do material informativo dentro do Facebook seria bom para a própria empresa que manteria seus usuários sempre conectados ao sistema e seria bom também para os usuários que não precisariam ficar saindo do Facebook toda hora para lerem as notícias nos diversos sites.

O problema agora é apresentar para as empresas de comunicação qual seriam as vantagens para elas.
O grande desafio do Facebook é justamente este, criar um modelo de negócio que traga vantagens também para os portais de notícias.

Porém, grandes empresas já demonstraram interesse no projeto do Facebook, como o New York Times, a National Geographic e até o BuzzFeed.

Apesar das dificuldades e incertezas, o projeto já se mostrou interessante e atraiu a atenção dos profissionais da área. Em breve o Facebook começará os primeiros testes e o público poderá experimentar esta nova plataforma de notícias, que se der certo vai atrair os sites de notícias do mundo todo.

Por Russel

Facebook

Foto: Divulgação



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *