Acer Travelmate B115P não utiliza cooler para refrigeração



  

Um dos maiores desafios da indústria é construir aparelhos cada vez mais finos e com um bom sistema de refrigeração. Nos smartphones isso não é tão necessário, mas nos notebooks e ultrabooks os coolers, como todo mundo conhece, ainda são um componente essencial no refrigeramento do equipamento, dissipando o calor. Mas parece que algo irá mudar.

A Acer aposta na sua construção em alumínio e na variação de TDP entre 7,5 e 10W, que é o potencial de dissipar calor. Isso tudo segundo a empresa ajuda a dissipar o calor, tornando o uso do cooler desnecessário. A novidade vem no lançamento do notebook Travelmate B115P. Mesmo sem o componente que existe nos notebooks e ultrabooks convencionais, ele não deixa de ser uma boa máquina para quem precisa de agilidade e rapidez.

Um SSD de 128 GB, com uma tela de 11,6 polegadas touchscreen e webcam em HD. Além disso, o processador é um Pentium Quad-Core com uma GPU bem básica da Intel HD. O sistema operacional é o novíssimo Windows 8.1 que está melhor ao usuário padrão do Windows e pesa apenas 1,19 kg, tornando-o assim um notebook com peso de ultrabook (um pouco mais pesado do que um tablet de 10.1 como o Samsung Tab 3 de 10.1) e uma espessura de 21,2 mm.

Anunciado neste mês de junho, o novo brinquedinho desembarca no Reino Unido em meados de julho, portanto mês que vem. O preço é de 349 libras, ou R$ 1.300 (sem impostos, claro).

A Acer provavelmente ainda não anunciou se o notebook chega em outros mercados além do Reino Unido.





Segundo a Acer ele é ideal, tanto para o setor educacional quanto para o de negócios, talvez por isso explica-se a leveza e a opção de não receber nenhum tipo de cooler, apostando em uma nova forma de dissipação de calor. Ele vem na cor black piano, como qualquer outro notebook básico.

Por Leandro de Souza

Acer Travelmate B115P

Foto: Divulgação



Compartilhar:

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *