Estudo revela que Ficar mais Tempo em Pé Prolonga a Vida



  

Você passa a maior parte do seu dia sentado? Seja no trabalho, ônibus, carro, faculdade ou escola, é importante se movimentar, porque isso traz inúmeros benefícios para a saúde. Você sabia que ficar mais tempo em pé pode aumentar a sua expectativa de vida? É isso mesmo! Manter o corpo em movimento é fundamental para ter uma boa saúde.

Todos nós sabemos o quanto a atividade física é essencial para manter a boa forma e a saúde. Mas se você acha que não tem “tempo” para praticar um exercício, preste atenção nestas dicas e veja como pequenas mudanças podem ser incorporadas na sua rotina e fazer a diferença.

Um professor canadense chamado Peter Katzmarzky alertou que se as pessoas conseguissem reduzir o tempo que passam sentadas para menos de três horas por dia, seria viável ganhar, em média, até dois anos a mais de vida. Assim, se você passa a maior parte do tempo sentado, o risco de morrer é maior. Por isso, que tal levantar um pouco?

Porém, isso não vale apenas para os adultos, porque os jovens também precisam mexer o corpo. Muitos adolescentes passam horas na frente do computador ou sentado mexendo no celular e se esquecem da importância de fazer uma atividade física, o que é fundamental para a saúde. Seja jogar bola com os amigos, caminhar ou nadar, é essencial que os jovens façam uma atividade física que gostem.





Para combater o sedentarismo foi implantada uma medida simples em um congresso sobre atividade física no Brasil: foram utilizadas bancadas para que às pessoas pudessem visualizar as palestras em pé. O resultado desta medida? Extremamente positivo: os especialistas foram de acordo que isso faz muito bem a saúde e a palestra foi um sucesso.

As cidades também precisam se adequar e estimular a atividade física como, por exemplo, em Florianópolis, que foi considerada a cidade com pessoas mais ativas no Brasil. Depois destas dicas, vai fazer qual atividade física?

Por Babi



2 comentários em “Estudo revela que Ficar mais Tempo em Pé Prolonga a Vida

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *