Skype – Vírus Cavalo-de-tróia



  

A Karpesky, empresa russa especializada na produção de softwares para segurança na internet, descobriu um potencialmente nocivo cavalo-de-tróia que se espalhará pelo Skype. Recentemente, a microsoft aposentou o Windows Live Messenger, solicitando aos usuários a migração para o Skype. É nesse processo de substituição onde os usuários ficam vulneráveis ao ataque.

O usuário recebe mensagens contento texto como "sua foto não está muito boa" ("Your photo isn’t really that great") e ao clicar no link apresentado é redirecionado a um site que baixa automaticamente módulos maliciosos para o PC. O email é recebido por alguém de sua lista que foi infectado e o vírus faz o mesmo utilizando sua conta e assim por diante.

Segundo a Karpesky, o malware tenta roubar senhas da vítima e pode inclusive instalar um gerador de Bitcoins na máquina infectada, tornando o sistema lento e instável.  Chegaram a contar mais de 170 mil cliques e possíveis infecções em uma única hora.





O principal sintoma de que o computador está infectado é alta na taxa de processamento, ou seja, o computador ficar frequentemente utilizando toda sua capacidade. Se isso acontecer, o usuário precisa de um bom antivírus para detectar e resolver o problema.

Por Bruno Hardt



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *