Baterias de Lítio barradas na alfândega



  

Para quem gosta e está acostumado a comprar computadores e eletrônico em geral pela internet, pode se preparar para gastar um pouco mais. Tudo isso porque as empresas aéreas deverão cumprir uma lei que impede transporte de baterias de lítio por conta de acidentes passados.

Com a proibição, o frete deve encarecer e o reflexo será, obviamente, no aumento dos custos de exportação, pois as empresas terão que desenvolver meios alternativos de transportes deste tipo de material.





A proibição não é bem vista pelos especialistas de informática, pois somente 40 acidentes ocorreram em uma estimativa de 2,2 bilhões de baterias transportadas.

Por José Alberi Fortes Junior.



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *